Política
Avalie este item
(0 votos)
Prefeitura de Itamarandiba faz levantamento da demanda habitacional do Município

A Prefeitura de Itamarandiba, por intermédio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social (SEMDAS), deu início, na manhã desta segunda-feira (08/01), o levantamento da demanda habitacional do Município; tornando possível a realização do sonho da casa própria para quem realmente necessita.

Com objetivo de esclarecer dúvidas e fornecer orientações sobre os procedimentos necessários para ser um dos beneficiados de casas populares, a Prefeitura promoveu, na Casa da Cultura, encontro que contou com a participação de aproximadamente 300 pessoas e presença do prefeito Luiz Fernando Alves, vice-prefeito Lete Monteiro, secretária municipal de Desenvolvimento e Assistência Social, Gabriella Gandra Bié,   presidente da Câmara Municipal, Claudinei Fernandes – “Ney Barrela” –  secretários municipais e vereadores.

O vice-prefeito Lete Monteiro fez questão de destacar a importância do projeto que visa oportunizar o sonho de muitas famílias que é ter a casa própria. Contudo, ele pediu que ao preencher o formulário as pessoas sejam sinceras e completou: “Esse levantamento é apenas o início de algo que tem o potencial de transformar vidas, de construir um futuro onde os itamarandibanos possam ter um lugar para ser chamado de seu lar. Que sejamos felizes nesse propósito!”.

Ao ressaltar ser nesse primeiro momento apenas o levantamento do déficit habitacional; um estudo para conhecer a realidade das famílias de baixa renda, o prefeito Luiz Fernando explicou que a iniciativa da Prefeitura de Itamarandiba é passo significativo para atender as necessidades habitacionais da população local.  “Esse levantamento será ferramenta poderosa que nos permitirá mapear a demanda pela casa própria. Com ele vamos entender as aspirações de nossos conterrâneos e planejar ações eficazes para transformar o sonho da casa própria em realidade. É a partir deste levantamento, que a Prefeitura irá buscar parcerias com os governos Estadual e Federal para viabilizar possíveis financiamentos de programas habitacionais”.

Interessados em preencherem o questionário devem procurar a Casa da Cultura localizada à Praça Largo do Souza, Nº 87, no centro da cidade. O formulário será disponibilizado até sábado (13/01) e a equipe da SEMDAS ficará de prontidão para atender a população das 08 às 17 horas, horário ininterrupto. Ao se deslocar ao local do cadastro é extremamente importante que a pessoas tenham em mãos documentos pessoais de todos os moradores da residência (CPF e Identidade) e comprovante de endereço.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Itamarandiba

Avalie este item
(0 votos)
Prefeitura de Itamarandiba constrói e entrega Posto de Saúde à Comunidade de Lagoa do Bonga

Levar dignidade e conforto para um atendimento humanizado. Estes são os principais requisitos priorizados pela Prefeitura de Itamarandiba na construção do Posto de Saúde Manoel Coelho Sobrinho - “Nêgo Coelho”, na Comunidade de Lagoa do Bonga. 

Executada pela Prefeitura de Itamarandiba, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde, a obra, que dentre construção e aparelhamento teve investimento de aproximadamente 200 mil reais, trará mais comodidade e segurança para os usuários e profissionais da saúde que ali trabalham.

A construção da Unidade, que antes funcionava em local improvisado, era reivindicação antiga da população que agora terá espaço com consultório médico, recepção, banheiros adaptados para atender deficientes físicos, sala de triagem, sala de curativos e injeções, cozinha e almoxarifado.

Presente ao ato inaugural, o prefeito de Itamarandiba, Luiz Fernando Alves, ressaltou que o novo Posto vai proporcionar melhorias no atendimento à população que necessita dos serviços de saúde em Lagoa do Bonga e região. Ele, destacou, ainda, que a construção simboliza, mais uma vez, o incansável trabalho da equipe da atual gestão municipal na busca incessante por melhorias que ofertam excelência e atendimento humanizado aos itamarandibanos. “A execução e entrega dessa obra é um marco na saúde da comunidade, visto que conseguiremos atender a demanda de atendimentos de saúde com médico e enfermeira a cada 2 meses. Isso impactará positivamente na vida da população que não mais terá a necessidade de se deslocar até a sede do município.”.

A inauguração desta importante conquista aconteceu no sábado, 02 de dezembro, e além do prefeito Luiz Fernando, foi prestigiada pela secretária municipal de Saúde, Alda Bié, presidente da Câmara Municipal, Claudinei Fernandes – “Ney Barrela”, procurador-geral do Município, Pedro Afonso Fernandes Filho, coordenadora da Atenção Primária, Ana Paula Campos, diretor da Fundação Hospitalar, Antônio Andrade, secretários municipais, Gabriel Santos, José Adilson Oliveira, Geraldo Prado,  representando a família do homenageado “Nêgo Coelho”, Sra. Anita Coelho e moradores de Lagoa do Bonga e regiões circunvizinhas.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Itamarandiba

Avalie este item
(0 votos)
Programa Universidade nas Comunidades leva saúde e bem-estar à população de Itamarandiba

O Programa Universidade nas Comunidades, uma parceria entre Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Prefeitura de Itamarandiba e Conselho Regional de Enfermagem (COREN), promoveu, durante 04 dias, na cidade itamarandibana, uma série de ações voltadas ao bem-estar e saúde da população local.

Tendo início na terça- feira, 07 de novembro e finalizando os trabalhos na sexta-feira, dia 10, o projeto, que conta com carreta consultório, levou atividades promovidas pela Pró-reitoria de Extensão e Cultura (Proexc) da UFVJM juntamente com os profissionais da Prefeitura.

Ofertadas gratuitamente, as ações incluíram atendimentos odontológicos na unidade móvel, inserções de Dispositivo Intrauterino (DIU), exames eletrocardiogramas com laudo, dermatoscopias, retinoscopias, radiografias digitais, visitas domiciliares para rastreamento de câncer bucal em acamados e escovação supervisionada. Os acolhimentos foram pré-agendados pelas Unidades de Saúde do Município e atenderam as necessidades da comunidade.

De acordo com a professora da UFVJM e coordenadora do Programa Universidade nas Comunidades, Helisamara Guedes, o evento foi muito bem organizado e conseguiu integrar a Universidade aos serviços de saúde; o que possibilitou qualidade da assistência à saúde e melhoria da formação profissional. “Considero o resultado como muito positivo, inclusive falo com convicção que superou as nossas expectativas! Agradeço a Prefeitura de Itamarandiba e toda equipe da Secretaria de Saúde pelo apoio e parceria de sucesso.”.

Em Itamarandiba, o Programa Universidade nas Comunidades contou com a participação de servidores da Secretaria Municipal de Saúde e 30 profissionais da UFVJM; sendo 7 professores, um médico e vários alunos. A mobilização resultou na realização de 126 retinoscopias, 106 dermatoscopias, 109 eletrocardiogramas, 101 atendimentos de odontologia, 25 à puérperas, 20 atendimentos de crianças e 50 consultas de enfermagem com inserção de DIU, neste procedimento houve a capacitação de 02 enfermeiras de Itamarandiba que darão seguimento à essa ação. Além disso, foram realizadas 30 visitas domiciliares para rastreamento de lesões bucais e promovido orientações em saúde com palestras e apresentações teatrais aos pacientes do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) e às comunidades escolares: Centro Municipal de Educação Infantil (CEMEI) Consola Gusmão e Escola Estadual João Silvério.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Itamarandiba

Avalie este item
(0 votos)
Prefeitura de Itamarandiba inicia distribuição gratuita de sementes de feijão e milho para 2 mil famílias agricultoras do Município

Na primeira semana de novembro, a Prefeitura de Itamarandiba, por intermédio da Secretaria Municipal de Agricultura, deu início à distribuição gratuita de sementes de milho e feijão aos membros das Associações dos Pequenos Produtores Rurais existentes no Município. A ação faz parte do Programa Municipal de Fomento Agrícola-2023/2024 que foi idealizado pela Prefeitura itamarandibana e visa beneficiar aproximadamente 02 (duas) mil famílias agricultoras.

Com recurso próprio foram adquiridas cerca de 03 (três) toneladas de sementes que já começaram a serem entregues aos presidentes das Associações e estes estão encarregados de repassar a quantidade ideal para cada associado.

De acordo com o secretário de Agricultura de Itamarandiba, Herculano Campos Gusmão, o programa tem por finalidade ofertar oportunidades ao pequeno produtor rural; provando assim, mais uma vez, o compromisso da Prefeitura em melhorar a qualidade de vida da população do interior do município.

Já receberam as sementes as Associações das seguintes localidades:

  • Serra dos Martins/Amaros
  • Ribeirão Vermelho
  • Padre João Afonso
  • Barra do Setúbal
  • São Bartolomeu
  • Penha de França
  • Lagoa do Bonga
  • Campo Grande
  • Canela D’Ema
  • Dom Serafim
  • Santa Joana
  • Pedreiras
  • Pinheiro
  • Contrato
  • Penedo
  • Setúbal
  • Canjuru
  • Bonfim
  • São Gil

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Itamarandiba  

Avalie este item
(0 votos)
Vereador Douglas Gandra consegue 80 mil reais para E.E. Mestre João Silvério

Na tarde desta quinta-feira, 27 de julho, o vereador Douglas Gandra recebeu a notícia de que uma demanda de seu mandato como vereador foi liberada para a Escola Estadual Mestre João Silvério.

“Com grande satisfação comunico que foi liberado e creditado o valor de R$80.000,00 para a Escola Estadual Mestre João Silvério, emenda disponibilizada pelo deputado estadual Gustavo Valadares a meu pedido. Esse recurso será usado para a manutenção da escola, modalidade manutenção predial, conforme cartilha previamente divulgada pela SEE/MG. Estamos investindo cada vez mais na Educação de Itamarandiba”. Disse o vereador Douglas Gandra. 

O vereador informou que, continuará buscando recursos não somente para educação, mas, para a saúde, esporte, infraestrutura e demais áreas como vem fazendo em seu mandato.

Avalie este item
(0 votos)
Prefeitura de Itamarandiba promove reunião para discutir pleito de criação da Microrregião em Saúde

A Prefeitura de Itamarandiba realizou na quinta-feira, 13 de julho, encontro para debater com entidades da sociedade civil os serviços de assistência em saúde no Município itamarandibano, com ênfase na apresentação da proposta de criação de Microrregião de Saúde em Itamarandiba, que atenderá, também, Carbonita, Coluna e possivelmente Frei Lagonegro, se houver a adesão deste Município.

A criação da Microrregião em Saúde é defendida pela Prefeitura de Itamarandiba, Conselho Municipal de Saúde, Fundação Hospitalar Dr. Afonso Pavie (FHAF), Hospital de Itamarandiba e Câmara Municipal. O pleito, feito junto à Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG), através da Superintendência Regional de Saúde (SRS) Diamantina, é conduzido pelo prefeito de Itamarandiba Luiz Fernando Alves, que tem se empenhado para conseguir ofertar mais essa grande benfeitoria que certamente trará melhorias significativas para a assistência em saúde para os Municípios. Alves ressaltou ser a primeira vez que Itamarandiba pleiteia a criação da nova microrregião de saúde e que o processo já conta com o apoio de Municípios vizinhos e do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (COSEMS). “A proposta de criação de Microrregião é um processo realizado junto ao Governo do Estado sendo feito a cada três anos. Nosso pedido já é bem recebido pelos gestores de Saúde do Jequitinhonha e brevemente será apresentado para análise do Estado de Minas Gerais.”, diz. 

O prefeito explicou aos presentes que o Sistema Único de Saúde (SUS) possui uma estrutura hierárquica de atendimento (baixa, média e alta complexidade) e regionalizada; sendo assim a criação de uma microrregião de saúde permitirá ao Município a concorrer uma série de investimentos, como a instalação de determinados serviços e equipamentos que apenas estão disponíveis para Municípios sedes de Microrregião, isso refletirá positivamente no aperfeiçoamento dos serviços de baixa e média complexidade; contribuindo para suprir o vazio assistencial da região.

Atualmente, a Macrorregião de Saúde do Jequitinhonha é composta pelas Microrregião em Saúde de Araçuaí, Serro, Capelinha/Turmalina/Minas Novas e Diamantina. Assim, a criação da Microrregião em Saúde Itamarandiba permitirá agregar alguns Municípios vizinhos, de maneira especial Carbonita e Coluna, assegurando maiores recursos para a melhoria do atendimento dos serviços prestados pelo Hospital Municipal Geraldo Ferreira Gandra e Hospital de Itamarandiba. Investimentos como a implantação de centro de especialidades médicas estadual, de hemodiálise, de centro de terapia intensivo (CTI), dentre outros, atualmente só estão disponíveis para Municípios sede de microrregião demonstrando-se assim a importância da instalação de uma Microrregião em Saúde em Itamarandiba para o aprimoramento e fortalecimento da saúde pública da região.

A reunião, que aconteceu às 18 horas no Plenário da Câmara Municipal, contou com a participação de representantes de diferentes entidades da sociedade civil, de membros do Legislativo Municipal, do Conselho Municipal de Saúde, do corpo médico e representantes da Fundação Hospitalar Dr. Afonso Pavie, do Hospital de Itamarandiba e da população de forma geral. Dentre os presentes estavam: prefeito Luiz Fernando, presidente da Câmara, Claudinei Fernandes “Ney Barrela”, secretário Municipal de Saúde, Antônio Andrade, presidente do Conselho Municipal de Saúde, Jacinto Roque dos Santos, diretor executivo do Hospital de Itamarandiba, Raimundo Lima, diretor Clínico do Hospital de Itamarandiba; diretor técnico da FHAP, Dr. Tales Macedo, e os médicos Dr. Miguel Lopes e Dr. Henrique Marski.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Itamarandiba

Pagina 1 de 96
HomePolítica