Política
Avalie este item
(0 votos)

Aconteceu na noite desta sexta-feira (26/07), no Salão de Festas do Clube Florae, uma audiência pública com intuito de discutir o Plano Plurianual do município-(PPA) 2014-2017, que consiste na elaboração de metas para o município executáveis nos próximos quatro anos, o plano deverá ser elaborado pelo poder Executivo e enviado para votação na Câmara de Vereadores.
Estiveram presentes o Sr. Erildo do Espírito Santos Gomes - Prefeito de Itamarandiba, o Vice- Prefeito – Valdessí Fernandes, representantes do poder legislativo como Vice – Presidente da Câmara – Jacinto De Fátima e demais vereadores, representantes de Sindicatos, Polícia Militar, Associações, Servidores Públicos, Produtores Rurais, Entidades filantrópicas como APAE e AAMAR, Representante da OAB, Líderes religiosos, Comerciantes e várias pessoas da sociedade Itamarandibana.
A reunião foi conduzida pelo Chefe de Gabinete - Sr. Alberto Veras Gomes Junior, que passando a palavra ao Prefeito Erildo, este cumprimentou todos os presentes e falou sobre sua gestão e os feitos realizados durante os sete primeiros meses de governo, apresentando melhorias já alcançadas em diversos setores. A população compareceu em grande número, sendo que horas antes da reunião, estes se inscreveram para apresentar sugestões ao PPA.
Foram recebidas recomendações de diversos segmentos da sociedade como, ACIAI/CDL, Associação dos Pequenos Produtores Rurais da Comunidade de Pinheiros, Associação de Apicultores de Itamarandiba (APITA), Associação dos Moradores do Bairro Primeiro de Maio, Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Conselho Municipal de Saúde, AMBJE, SINDISITA, Associação do Córrego Fundo e Adjacentes, Associação da Lagoa do Bonga e Canela Dema, Grupo de Jovens “Resgate do Pai” e o Sr. Ronaldo de Jesus como morador do Distrito de Contrato.
Após dado o pontapé inicial, o governo municipal firma o compromisso de valorizar a participação popular, observando as várias situações levantadas na reunião como o Projeto de construção de rede pluvial em ruas do Bairro Primeiro de Maio, restauração da Igreja do Rosário e outros patrimônio histórico, melhorias para os moradores do Bairro Bom Jesus em diversas áreas, melhorias para funcionários públicos municipais, reestruturação do Hospital Municipal e outras melhorias na área da Saúde, reformas de estradas e melhoria na área de educação na localidade de Córrego Fundo entre outras recomendações feitas pelos inscritos.
Vale ressaltar a importância da participação popular, pois é para os cidadãos que se destinam as melhorias buscadas, e são estes que conhecem suas necessidades sendo assim, apresentar sugestões é colaborar com a construção de uma cidade melhor, proporcionando melhor qualidade de vida para toda a comunidade.
 

Avalie este item
(0 votos)

Em Reunião Extraordinária, Câmara autoriza parcelamento da Prefeitura junto a CEMIG Distribuição S/A na manhã desta segunda-feira (22), onde se fizeram presentes o Presidente da Câmara - Eduardo Moreira e os Vereadores; Vanderlei Carneiro Fernandes, Sebastião Antônio Amaro, Jair Francisco Lopes, Antônio de Pádua Lemes, José de Fátima Meira, Jacinto de Fátima Alves e Sebastião de Oliveira.
A fim de discutirem e aprovarem o Projeto de Lei que visa à contratação por parte da Prefeitura de Itamarandiba através da CEMIG a aquisição de 530 (quinhentos e trinta) braços para iluminação pública equipados com luminárias fechadas e lâmpadas a vapor de sódio de 100 watts, para serem instaladas em postes de diversas ruas do Município de Itamarandiba.
Em uma negociação com a CEMIG a Prefeitura através do Prefeito Erildo Gomes conseguiu que a obra fosse parcelada. A instalação de luminárias nas ruas de Itamarandiba é de extrema importância, pois a falta de iluminação pública nas ruas contribui significativamente para as práticas de crimes.
Além da criminalidade a falta de iluminação prejudica os moradores que trafegam à noite pelas ruas sejam para trabalho ou estudo, dificultando o trajeto até seu destino.
Vale ressaltar que o Projeto apenas instala braços e luminárias em postes já existentes, uma vez que essa foi à preocupação de muitos vereadores presentes.
Para o caso de pontos que não existem postes fixados como exemplo as intermediações da Creche São Geraldo, Avenida que liga ao Parque de Exposições e outros mais existentes, há um procedimento para implantação dos mesmos, na qual o pedido é encaminhado a Prefeitura e posteriormente para a CEMIG, que fará a execução do serviço na extensão da rede.
 

Avalie este item
(0 votos)

Vereadores e representantes do Executivo participaram de uma reunião juntamente com o representante da Cemig Sr. Reinaldo Vilela – Agente de Relacionamento com o Poder Público para resolver o problema do abastecimento de energia elétrica no município de Itamarandiba. A reunião aconteceu nesta quinta-feira (11/04) na Câmara Municipal e foram expostos os problemas detectados e suas soluções. A Cemig está começando no início de 2013 o reforço do sistema dos alimentadores para atender o município de Itamarandiba e a zona rural, com a construção de quatro (04) bancos de reguladores de tensão para melhorar o nível da energia elétrica em Itamarandiba. Também paralelamente está sendo elaborado um projeto de construção de um alimentador expresso com a contenção de 34,5KV, esse alimentador irá ligar a subestação de Capelinha ao município de Itamarandiba reforçando o sistema em aproximadamente 5MVA e que segundo o representante da Cemig dará para suportar a carga até que se comece a construção da subestação de energia que está prevista para 2017. Os investimentos que já estão sendo feitos têm o valor de quatro milhões de reais, e conta com a previsão para o termino das obras em meados de 2014, caso não haja nenhuma interferência como embargo judicial ou problema ambiental. “Vão ser instalados quatro reguladores de tensão, com isso vai triplicar o nosso atendimento que irá passa para 34KV. A preocupação da Câmara é que há vários anos a população reclama e agora través do encontro com o Sr. Reinaldo a pedido até mesmo da intervenção do Senhor Prefeito, nós tivemos na Câmara para tratar desse assunto é ficamos muito satisfeitos com a explanação do Sr. Reinaldo e colocou-se a disposição do município para qualquer eventualidade” disse Eduardo Cesar Moreira – Presidente da Câmara.

Avalie este item
(0 votos)

Câmara Municipal de Itamarandiba / Minas Gerais é composta por treze Vereadores com a função de legislar e fiscalizar. Os Projetos de Lei são enviados pelo Poder Executivo Municipal para o Poder Legislativo Municipal, onde a Câmara através de suas Comissões Permanentes estudam os Projetos , emitem parecer, e estes são submetidos a votação. A Mesa Diretora é formada pelo Presidente da Câmara – Eduardo Cesar Moreira .......já as Comissões Permanentes são compostas pelos seguintes Vereadores:

COMISSÃO DE LEGISLAÇÃO, JUSTIÇA E REDAÇÃO FINAL
Presidente: Sebastião Antonio Amaro
Relator: Jair Francisco Lopes
Membro: José Adauto Carneiro

COMISSÃO DE FINANÇAS, ORÇAMENTO E TOMADA DE CONTAS
Presidente: marcos Antônio Moraes
Relator: Antônio de Pádua lemes
Membro: Vanderlei Carneiro Fernandes

COMISSÃO DE EDUCAÇÃO, SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL
Presidente: Sebastião de Oliveira
Relator: José de Fátima Meira
Membro: Valdir Santos Teixeira

COMISSÃO DE OBRAS PÚBLICAS E SERVIÇOS URBANOS
Presidente: Jair Francisco Lopes
Relator: jacinto de Fátima Alves
Membro: Ciderley Nunes Cena

COMISSÃO DE SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE
Presidente: Claudiney das Almas Cena
Relator: Sebastião de Oliveira
Membro: Valdir Santos Teixeira

 


Os Vereadores não podem apresentar Projetos de Lei que gerem despesa ao Executivo, sendo esta atribuição do próprio Poder Executivo, e a Câmara legisla, ou seja, aprecia e vota o Projeto. Os Vereadores apresentam Indicações ao Prefeito, sendo estas sugerindo medidas de interesse público, específicas e fundamentadas, dispensando parecer das Comissões. Apresentam Requerimentos, que solicitam apresentação de documentos, informações a cerca de procedimentos realizados pela administração. A Câmara Municipal possui seu Regimento Interno que trata de sua função institucional, legislativa, fiscalizadora, administrativa, de assessoramento, além de outras.
 

Pagina 86 de 86

 

{{galo}} {{face}} {{zero}}
HomePolítica