Prefeitura e Comitê Municipal de Enfrentamento da Covid-19 debatem reforço nas estratégias de prevenção ao coronavírus em Itamarandiba

Mai 19, 2020 Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Uma nova reunião do Comitê Municipal de Enfrentamento e Contingenciamento da Covid-19 foi realizada, na manhã deste 19 de maio, com o objetivo de avaliar as ações estratégicas de enfrentamento da pandemia de coronavírus no Município.

Na pauta da reunião, teve destaque os desafios logísticos e o aperfeiçoamento da estrutura de atendimento a eventuais pacientes com manifestações sintomáticas mais gravosas da doença que demandem internação e ou remoção hospitalar a outros municípios de referência.

Com o avanço da COVID-19 no interior do Estado e com a recorrência da confirmação de casos positivos da doença nos municípios integrantes da regional de saúde de Diamantina, o Comitê Municipal ressaltou a importância do aperfeiçoamento continuo das estratégias definidas pelo Município para garantir o atendimento hospitalar, de forma segura e tempestiva, com o estabelecimento e revisão dos fluxos previstos de atendimento, aí especialmente no trato dos pacientes que exijam estabilização e permanência em leitos semi-intesivos no próprio município ou transporte para tratamento em leitos de UTI nos municípios de referência, conforme pactuação e regulação do Sistema Único de Saúde.

O atendimento médico-hospitalar inspira grande preocupação num cenário de pandemia ocasionado por doença infectocontagiosa, sobretudo porque se deve garantir o atendimento necessário à recuperação do paciente e de forma que o seja também o mais estratégico e seguro possível para impedir o contágio dos profissionais e do ambiente hospitalar como um todo.

Nesse sentido, observando-se as estratégias já definidas pela regional de Saúde, o Hospital Municipal passa a ser referência de média complexidade para a região circunvizinha no intuito de desocupar as unidades hospitalares das microrregiões de saúde de nossa região, as quais estarão referenciadas para atendimento aos casos de coronavírus mais graves.

O Município poderá assim receber pacientes para realização de outros procedimentos que não relacionados à COVID-19, como é o caso de obstetrícia e outras pequenas cirurgias por exemplo, permitindo assim desafogar os serviços médicos em hospitais da regional que estarão dedicados ao atendimento dos casos graves da COVID-19, contribuindo-se sobremaneira para evitar o colapso do sistema de saúde regional.

O Comitê Municipal avaliou positivamente a estratégia já adotada pela gestão da Secretaria Municipal de Saúde no sentido de adquirir novos equipamentos aptos a incrementar a capacidade de resposta de saúde local com a instalação de alguns leitos semi-intesivos que possibilitarão a estabilização de pacientes, seja no leito hospitalar e ou em unidade móvel, ganhando-se tempo e melhores condições técnicas para o primeiro atendimento e transporte para tratamento fora do domicílio naqueles casos em que se evidenciar a necessidade de unidade de tratamento intensivo-UTI.

O Comitê Municipal cuidou de avaliar ainda a contenção da propagação do coronavírus no Município, aí especialmente com relação às medidas de isolamento e monitoramento de pessoas que tiveram contato com o primeiro paciente testado positivo para a COVID-19, conforme divulgado no último 12 de maio, ao passo que a Secretaria Municipal de Saúde tem aplicado os protocolos definidos pelo Ministério da Saúde para conter a propagação da doença e a configuração de estágio de transmissão comunitária local.

De acordo com representantes da Secretaria Municipal de Saúde ficou mantida a previsão de aplicação de testes rápidos a todos que tiveram contatos diretos com esse único paciente testado positivo, ainda que assintomáticos, ou seja, mesmo daqueles que não apresentarem quaisquer sintomas da doença até o término do isolamento social prescrito. Além disso, a Secretaria Municipal de Saúde informou que todas as pessoas que mantiveram contato com o paciente e já manifestaram sintomas característicos de contágio estão sendo assistidas por equipe médica referenciada, inclusive com a coleta de swab que é um teste para a COVID-19.

Já o Comitê ressaltou a importância das pessoas que foram notificadas e que seguem em isolamento cooperarem e seguirem detidamente as orientações repassadas, bem como a necessidade permanente da população de uma maneira geral atentar-se a redobrar os cuidados de higiene, a utilização de máscaras, a evitar ter grupos de conversa nas ruas e aglomerações mantendo-se o distanciamento social de 2 (dois) metros entre pessoas e sair de casa apenas se estritamente necessário.

No que se refere, porém, a apreciação de novos pleitos de flexibilização do funcionamento de algumas atividades, especialmente do comércio, o Comitê Municipal formou consenso pela suspensão da liberação de novas atividades, conquanto mantem-se aberto à participação de segmentos interessados para ouvir e debater as propostas que poderão oportunamente ser apreciadas e deliberadas pelo Comitê.

Por fim, o Comitê manteve a orientação ao Executivo Municipal de manutenção das barreiras sanitárias, podendo a qualquer tempo rever tal orientação, além de deliberarem por continuar suspensa, por prazo indeterminado, a execução das atividades do transporte intermunicipal de passageiros no Município.

Redação

O Vale Hoje - A mesma qualidade para diversas realidades!

Website.: www.ovalehoje.com.br E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

{{galo}} {{face}} {{zero}}
HomeNotícias da RegiãoNesta matéria a advogada Sabrina Ferreira responderá as dúvidas de nossos leitores relacionadas ao direito do consumidor ao adquirir um produto defeituoso