ArcelorMittal BioFlorestas celebra 67 anos e renova seu compromisso com o desenvolvimento econômico e socioambiental

Jan 26, 2024 Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

A ArcelorMittal BioFlorestas, empresa do Grupo ArcelorMittal que produz carvão vegetal a partir de florestas renováveis de eucalipto, completa neste mês 67 anos de operação. A história da companhia tem sido marcada pelo pioneirismo do negócio, pela gestão ambiental responsável, pelo desenvolvimento de soluções inovadoras e pela contribuição para o crescimento socioeconômico das comunidades no seu entorno.

Presente em 15 municípios mineiros e com sedes administrativas em Martinho Campos, Carbonita, Vazante, Dionísio e Juiz de Fora, a ArcelorMittal BioFlorestas nasceu em 1957 como Companhia Agrícola e Florestal Santa Bárbara (CAF) a partir de um plano de reflorestamento pioneiro entre as siderúrgicas no Brasil. Quase sete décadas depois, o vanguardismo segue orientando a atuação da empresa, que tem hoje um papel fundamental para que as ações do Grupo ArcelorMittal ligadas à descarbonização do processo produtivo do aço sejam alcançadas.

Atualmente, ela é responsável pela geração de 300 mil toneladas de carvão vegetal por ano para atender a demanda da usina da ArcelorMittal em Juiz de Fora e conta com cerca de 110 mil, onde 59% são destinadas ao plantio de florestas, 32% a reservas ambientais e 9% são compostas por estradas e estruturas.

 

Compromisso sustentável e atuação social

Para além da atuação estratégica para os negócios do Grupo, a ArcelorMittal BioFlorestas tem também um compromisso com as comunidades e com o meio ambiente. A empresa realiza o mapeamento, a manutenção e a conservação dos ecossistemas naturais nas regiões em que atua, incluindo mais de 35 mil hectares de preservação permanente e reserva legal. Outras iniciativas, como o trabalho de recuperação de nascentes e a implantação de corredores ecológicos, reduzem a fragmentação dos habitats e possibilitam a sustentação da biodiversidade existente nestes territórios.

Além disso, a ArcelorMittal BioFlorestas promove, via atuação da Fundação ArcelorMittal, a educação, o esporte e a cultura, por meio de mais de uma dezena de programas realizados nos 15 municípios onde está presente.

Nesses 67 anos, são milhares de famílias impactadas por mudanças econômicas locais, novas oportunidades de trabalho e geração de renda. “A ArcelorMittal tem como propósito produzir aços inteligentes para as pessoas e o planeta. As nossas operações contribuem com o desenvolvimento da região e está na nossa essência a busca constante de soluções e alternativas para ter produtividade, mas sempre com melhor aproveitamento dos recursos naturais com foco na sustentabilidade, enfim, queremos ser solução em carvão vegetal para o grupo ArcelorMittal e atuar como importante fonte na redução de emissão de CO2”, destaca Fabrício Amaral Poloni, gerente-geral de Operações da ArcelorMittal BioFlorestas. 

 

Investimento em inovação

A ArcelorMittal BioFlorestas entende que precisa estar cada vez mais preparada para responder às tendências ambientais e sociais que estão transformando o contexto em que a empresa opera. Nesse sentido, tem investido cada vez mais na inovação. Um bom exemplo disso está no aplicativo desenvolvido em parceria com o AçoLab e a startup Sipremo para sustentar o Manejo Integrado de Pragas em florestas de eucalipto. Por meio dessa solução de predição de ataques, a empresa potencializou o uso de inimigos naturais e não utiliza químicos em suas operações de combate à pragas há quase dois anos.

“A inovação e o pioneirismo marcaram a história da ArcelorMittal BioFlorestas. Desde que iniciou suas atividades, com a introdução do carvão vegetal no processo de produção do aço, a unidade demonstrou a importância em contribuir com uma produção de aço sustentável e competitiva. Além do aplicativo de predição de pragas que criamos por meio da inovação aberta em parceria com o AcoLab, que reforça nossa agenda ESG, a inovação está presente também no fortalecimento de nossa cultura de segurança, evidenciada pelo desenvolvimento dos dispositivos de segurança para máquinas pesadas que estão implantados em diversas operações da ArcelorMittal no Brasil”, ressalta Marcos Paulo Barcelos, Gerente Geral RZM, Logística, Tecnologia, Engenharia e Manutenção da ArcelorMittal BioFlorestas.

 

SAIBA MAIS SOBRE O PROCESSO DE PRODUÇÃO DO CARVÃOVEGETAL 

A produção de carvão vegetal se inicia com o melhoramento genético do eucalipto para gerar árvores robustas, de crescimento rápido e com características adequadas ao processo industrial a que se aplica. O ciclo de formação da floresta dura aproximadamente sete anos. Por meio do processo de fotossíntese, as florestas retiram da atmosfera, em um ano, cerca de 2,4 milhões de toneladas de CO 2 , o equivalente à emissão de 1,9 milhão de automóveis. “Este é um processo que exige planejamento e eficiência na execução, uma operação com cerca de 1,1 mil empregados próprios, trabalhando de forma sincronizada”, completa Poloni.

Os gases gerados nos fornos são direcionados para os queimadores, onde ocorre o processo de eliminação do gás de efeito estufa conhecido como metano, reduzindo assim a emissão de gases em 99%. Atualmente, 53% dos fornos estão conectados a queimadores. A meta é chegar aos 100%. Além disso, as operações da ArcelorMittal BioFlorestas são reconhecidas e certificadas pelo FSC® (Forest Stewardship Council® (FSC-C110889), entidade internacional que certifica o bom manejo florestal.

Sobre a ArcelorMittal - Maior produtora de aço do Brasil e líder no mercado global, o Grupo ArcelorMittal tem cerca de 150 mil empregados, sendo 17 mil no Brasil, e atende a clientes em 155 países, com o propósito de criar aços inteligentes para as pessoas e o planeta. A empresa tem unidades industriais em sete estados (CE, ES, MG, MS, RJ, SC e SP), além de unidades de distribuição e serviços em todo o país, sendo a única do setor no Brasil a contar com a certificação ResponsibleSteel. 

As plantas brasileiras têm capacidade de produção anual de 7 milhões de toneladas de minério de ferro e de 15,5 milhões de toneladas de aço bruto, com aplicação nas indústrias automobilística, de eletrodomésticos, construção civil e naval, dentre outras. A empresa atua, ainda, em áreas diversificadas como geração de energia para consumo próprio, produção de biorredutor renovável (carvão vegetal a partir de florestas renováveis de eucalipto) e tecnologia da informação.

Redação

O Vale Hoje - A mesma qualidade para diversas realidades!

Website.: www.ovalehoje.com.br E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
HomeNotícias da RegiãoBarroso Contabilidade: O QUE É A DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA?