Notícias da Região
Avalie este item
(0 votos)
Passeata em comemoração ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial é realizada em Itamarandiba

Foi realizada nesta quarta-feira, 18/05/2016, uma passeata em comemoração ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial, que é um movimento que teve seu inicio marcado em 1987. Ainda no mesmo ano estabeleceu-se o lema do movimento: "Por uma sociedade sem manicômios", e o dia 18 de maio foi definido para comemorar este movimento em todo o país desde então.

A passeata teve como ponto de partida a praça Tancredo Neves, às 8:00, e teve fim em um encontro com os participantes na câmara municipal, onde foram mostradas ao publico as diferenças entre o tratamento oferecido aos internos de antigamente e os que hoje fazem parte do CAPS.

O Movimento da Luta Antimanicomial faz lembrar que como todo cidadão estas pessoas têm o direito fundamental à liberdade e a viver em sociedade, além do direito a receber cuidados e tratamentos sem que para isto tenham que abrir mão de seu lugar de cidadãos.

O Movimento tem como meta a substituição progressiva dos hospitais psiquiátricos tradicionais por serviços abertos de tratamento e formas de atenção dignas e diversificadas de modo a atender às diferentes formas e momentos em que o sofrimento mental surge e se manifesta. Esta substituição implica na implantação de uma ampla rede de atenção em saúde mental que deve ser aberta e competente para oferecer atendimento aos problemas de saúde mental da população de todas as faixas etárias e apoio às famílias, promovendo autonomia, descronificação e desinstitucionalização.

O Movimento caracteriza-se pelo seu caráter democrático, contando com a participação ativa e efetiva dos usuários de serviços de saúde mental, seus familiares, profissionais, estudantes e quaisquer interessados em defender uma postura de respeito aos diferentes modos de ser e a transformação da relação cultural da sociedade com as pessoas que sofrem por transtornos mentais.

Avalie este item
(0 votos)
Prazo para tirar título de eleitor para eleições deste ano vence nesta quarta

O prazo para transferir o título de eleitor ou pedir a emissão do documento pela primeira vez (no caso de jovens com mais de 16 anos) termina nesta quarta-feira (4). Isso porque a solicitação deve ser feita até 151 dias antes da votação, que acontece em outubro, como estabelece o calendário eleitoral.

Quem está com o título cancelado por ter deixado de votar no último pleito também tem até esta quarta para regularizar a situação.

Neste ano, o primeiro turno das eleições municipais, que vão definir os novos prefeitos e vereadores, está marcado para o dia 2 de outubro. Nas cidades em que houver segundo turno, ele ocorrerá no dia 30.

Documentos necessários
Para tirar um novo título, é preciso apresentar documento oficial com foto e comprovante de residência. Quem completar 16 anos até a data do 1º turno pode requerer o documento, mas não é obrigado. Homens com mais de 18 anos também devem levar o certificado de quitação do serviço militar.

Transferência
Quem tem título mas mudou de cidade ou estado e quer pedir a transferência do domicílio eleitoral deve levar o título, um documento com foto e um comprovante de residência – é necessário residir no novo domicílio há pelo menos três meses. O prazo também vale para o eleitor que mudou de residência dentro do próprio município (já que o local de votação poderá ser alterado).

Regularização
Quem deseja regularizar a situação perante a Justiça Eleitoral deve comparecer ao cartório mais próximo de casa munido de documento oficial com foto e comprovante de residência. Além disso, é preciso pagar a multa por turno que deixou de votar.

Fonte: G1

Avalie este item
(0 votos)
População faz filas em postos de saúde em Itamarandiba para vacinação contra a H1N1

A Vacinação da H1N1 em Itamarandiba começou nesta segunda-feira, 02 de maio.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que devido a aplicação de provas do Concurso Público da Prefeitura Municipal de Itamarandiba, no sábado, a campanha de vacinação contra a gripe H1N1, na sede do município teve seu início hoje, 02. Informou ainda que todas as Unidades de Saúde, que possuem salas de vacinação, estarão aptas a atender a população.   

Poderão encaminhar-se aos postos para receber a vacina, idosos a partir dos 60 anos, crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos de idade, trabalhadores da área de saúde, gestantes, mulheres que tiverem filho (até 45 dias após o parto), portadores de doenças crônicas não transmissíveis, indígenas, presidiários, funcionários do sistema prisional e adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medida socioeducativa.

Para receber a vacina é necessário apresentar o cartão de vacinação e documento de identificação. Em 2016, dez pessoas já morreram vítimas de gripe no Estado de Minas Gerais. Quatro delas pelo vírus H1N1.

Avalie este item
(0 votos)
Após diversos dias sem chuva em Itamarandiba, ela volta a cair hoje, com previsão para os próximos dias

O município de Itamarandiba teve diversos dias de estiagem, e hoje, 28 de abril de 2016, no período noturno a chuva voltou a cair na cidade. 

Para amanhã, 29, o site Clima Tempo marca uma precipitação de 5mm, com sol com muitas nuvens durante o dia e períodos nublados, com chuva a qualquer momento.

Segundo informações do site Clima Tempo, a previsão é que chova ainda mais nos próximos dias. Veja a previsão:

Avalie este item
(0 votos)
Obras de recapeamento da Rua Senhor Franklin deixa trânsito impedido em vários pontos no bairro 1° de Maio

Foi dado início a uma obra de recapeamento na Rua Senhor Franklin, bairro 1° de Maio, realizada pela Prefeitura através da empresa terceirizada Construtora Caldeira LTDA.

A Prefeitura informou em seu site oficial que as obras iniciaram na manhã desta segunda-feira 25 de abril e que o recapeamento será feito por uma nova camada asfáltica e com isso cerca de 1km da via ficará intransitável nos próximos dias.

O ponto que está sendo trabalhado em um primeiro instante é o trecho entre a Rua Independência e Rua do Longuinho. Os motoristas terão que fazer outra trajetória para acesso ao Centro da cidade, já que a via é uma das principais e mais utilizadas para tal percurso. Quem vem do “Trevão” e pretende ir ao Centro, deve percorre a Rua Diamantina até o ponto próximo ao “Restaurante Elesbom” e virar a direita, para chegar à região central.

A previsão para o término das obras não foi divulgada, apenas a conclusão do trecho entre a Rua Independência e Rua do Longuinho, está previsto para 15 dias.

Avalie este item
(0 votos)
Advogado Thiago Andrade responde dúvidas de nossos leitores relacionadas à estabilidade da gestante no emprego e licença maternidade

...

E você caro leitor tem alguma dúvida ou sugestão para a nossa próxima edição? Então mande um e-mail para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. e sua dúvida poderá ser respondida nesse espaço

 

Itamarandiba Hoje:Existe diferença entre licença maternidade e estabilidade da gestante?

Dr. Thiago:Boa pergunta. Sim, claro! Estabilidade é a garantia de emprego, mesmo contra a vontade do patrão. Quem tem estabilidade só pode ser demitido por justa causa. No caso da gestante a estabilidade inicia na concepção e termina 05 meses após o parto. Já a licença maternidade é o período em que a mulher não trabalha, mas continua recebendo os salários. A licença maternidade é, em regra, de 120 dias e pode começar em qualquer um dos 28 dias anteriores ao parto (vai depender do atestado médico) de forma a completar quando se finda o período de 120 dias.

Itamarandiba Hoje:É verdade que a licença maternidade da empregada pode ser prorrogada por mais 60 dias?

Dr. Thiago:Em alguma circunstância, sim. Bem, a Lei 11.770/2008, que instituiu o Programa Empresa Cidadã, diz que a pessoa jurídica tributada com base no lucro real poderá deduzir do imposto devido, em cada período de apuração, o total da remuneração integral da empregada nos dias de prorrogação de sua licença-maternidade. Assim, em tese é possível a prorrogação do prazo da licença maternidade em mais 60 (sessenta) dias. Contudo, nem todas as empresas podem participar desse programa e, mesmo as que podem, não estão obrigadas a fazê-lo.

Itamarandiba Hoje:A empregada que descobre que ficou grávida no curso do aviso prévio tem direito à estabilidade?

Dr. Thiago:Essa pergunta já gerou muita controvérsia, mas hoje o entendimento dominante é que a empregada tem direito à estabilidade no emprego, sem prejuízo do salário, mesmo que a ciência da gravidez tenha acontecido durante o cumprimento do aviso prévio.

Itamarandiba Hoje:E se a empregada descobrir que estava grávida após ser demitida? Se não avisou o patrão, ela tem estabilidade?

Dr. Thiago:O que vale é a data da concepção. Em outras palavras o desconhecimento do estado gravídico pela empresa ou mesmo pela gestante, no ato da demissão, não afasta o direito à estabilidade no emprego. O fato gerador do direito da gestante ao emprego, sem prejuízo dos salários, surge com a concepção, independentemente da ciência do estado gravídico pelo empregador. Assim, uma vez confirmada à gravidez, mesmo que após a rescisão do contrato de trabalho, conforme o caso concreto, o empregador poderá ser obrigado à reintegra-la no emprego ou indenizar a empregada gestante.

Itamarandiba Hoje:Qual providencia o Senhor recomenda para nossas leitoras que eventualmente se enquadrem em uma das situações abordadas nesta entrevista?

Dr. Thiago:Recomendo que procure orientação junto a um advogado de confiança, pois o seu caso pode conter peculiaridades que não tenham sido abordadas nessa matéria. Para finalizar agradeço mais uma vez o convite e me coloco à disposição para esclarecimento de outras dúvidas dos leitores.

 

{{galo}} {{face}} {{zero}}
HomeNotícias da RegiãoNovembro Azul: Saúde bucal dos homens