Notícias da Região
Avalie este item
(0 votos)
Eucalipto: Riqueza do Vale

Eucalipto: Riqueza do Vale

Jan 29, 2021 Escrito por

Plantio de eucalipto contribui para o desenvolvimento econômico e sustentável da região do Vale do Jequitinhonha, por meio de empresas como a Aperam BioEnergia  

 

O estado de Minas Gerais, por sua história, localização e dimensões, reúne muitas vocações e riquezas. Desde a gastronomia até o agronegócio, passando pela cultura, as paisagens, inúmeras belezas naturais e seu povo hospitaleiro, são muitas Minas em uma. É possível observar como cada região cultiva e reforça com orgulho aquilo que faz de melhor, se desenvolvendo social e economicamente em torno de suas principais riquezas. No Vale do Jequitinhonha, para além da riqueza cultural plenamente reconhecida, fruto da criatividade e resiliência de seus moradores, temos também as plantações de eucalipto, que há quase cinco décadas vem gerando empregos, desenvolvimento e contribuindo para a sustentabilidade do setor industrial mineiro.

A região reúne importantes empresas que atuam na produção florestal e silvicultura de eucalipto, colocando o Vale do Jequitinhonha no mapa da sustentabilidade no Brasil e no cenário internacional. De acordo com dados do IBGE de 2019, Minas Gerais é o maior produtor de carvão vegetal do Brasil. O estado tem ainda o maior valor de produção da silvicultura no país, R$ 4,4 bilhões, sendo que Itamarandiba integra o grupo de 10 municípios brasileiros que concentraram os maiores valores de produção em silvicultura no ano de 2019. A Aperam BioEnergia é uma dessas empresas que desenvolve no Vale um trabalho sério e relevante com o eucalipto.  

A Empresa renovou, em dezembro, seu certificado internacional de sustentabilidade junto à FSC® (Forest Stewardship Council®), que é um dos mais importantes do sistema produtivo florestal do mundo. A recertificação, que vem sendo renovada desde 2013 e é válida pelos próximos cinco anos, confirma as boas práticas adotadas pela Aperam BioEnergia no manejo florestal, responsabilidade social e transparência. A atividade da Empresa é ainda fiscalizada e monitorada por autoridades ambientais, seguindo todos os requisitos necessários para sua atuação. 

Para Edimar Cardoso, diretor da Aperam BioEnergia, as florestas de eucalipto possuem um papel importante para o desenvolvimento socioeconômico da região e também na manutenção do solo, do ar, da água e preservação de matas nativas. “Investimos constantemente em pesquisa, tecnologia e boas práticas de gestão, com visão 360° que envolve nossos colaboradores e a comunidade. Nossas equipes são motivadas e prova disso é que também no final de 2020 conquistamos a primeira posição no ranking Lugares Incríveis para Trabalhar, na categoria Agronegócio”, destaca o diretor.   

Dentro das práticas de inovação e melhorias periódicas dos processos, a Aperam BioEnergia vem otimizando a gestão de recursos hídricos na região aproveitando o período de chuvas para realizar todo o processo de plantio das florestas renováveis. Anualmente são plantados 6 mil hectares, gerando mais de 270 empregos diretos e indiretos na área de Silvicultura nos municípios de Capelinha, Itamarandiba, Minas Novas, Turmalina e Veredinha.

A Empresa possui também 32 piscinões com capacidade para armazenar cerca de 260 mil metros cúbicos de água de chuva, que são reaproveitadas e usadas nos processos florestais.

A Aperam BioEnergia desenvolve ainda projetos de pesquisa como o de melhoramento genético para produção de mudas e sementes. Por meio do programa, ao longo de 40 anos, a Empresa vem selecionando espécies e efetuando cruzamentos entre Eucaliptus Corymbia cada vez mais produtivos e com maior eficiência no uso da água e nutrientes. Aliado ao cultivo responsável, com plantio das mudas no período chuvoso, essa prática traz ainda mais benefícios para a região. 

Segundo estudos realizados pela Indústria Brasileira de Árvores (IBA), em períodos chuvosos, a floresta, seja ela natural ou plantada, funciona como um amortecedor para o solo. Parte da chuva é interceptada pelas copas e troncos, chegando ao solo com menos impacto e infiltrando maior volume de água, o que permite o reabastecimento dos lençóis freáticos e evita erosões.

De acordo com Rayanne Oliveira, especialista em manejo florestal da Aperam BioEnergia, “a ideia que o eucalipto empobrece o solo é um mito, na qual as universidades e centros de pesquisas vêm desmistificando ao longo dos anos. No ciclo da floresta há grande decomposição de folhas, galhos, entre outros resíduos que contribuem com o acúmulo e reservas de nutrientes, favorecendo a qualidade do solo florestal. Todo esse aporte de resíduos melhoram as condições químicas do solo, pois funcionam como reservas estratégicas de nutrientes. A distribuição dos resíduos florestais dentro dos talhões protegem também o solo, dos impactos diretos das gotas de chuva, favorecendo a infiltração da água e diminuindo riscos de processos erosivos. Além disso, todo esse acúmulo de matéria orgânica contribui para a presença de microrganismos, que é um importante indicador de qualidade e vida dos nossos solos”, detalha.

Outro ponto que merece destaque é o trabalho que a Aperam BioEnergia realiza continuamente para o controle biológico de pragas, visando proteger o meio ambiente e todo o ecossistema local. A Empresa é referência nacional na criação de inimigos naturais. Os inimigos naturais são criados em laboratório e liberados no campo para se alimentarem das pragas. Atualmente, realizamos o controle biológico na totalidade de nossas florestas e o controle químico é feito quando necessário. A Aperam BioEnergia fornece ainda, de forma gratuita, aos seus vizinhos, os inimigos naturais para o controle de pragas que atingem suas plantações. 

 

 

Avalie este item
(0 votos)
Itamarandiba recebe o seu primeiro Usucapião Extrajudicial

A cidade de Itamarandiba/MG recebeu o seu primeiro Usucapião extrajudicial.

Segundo informação dos Advogados Antônio Salvo, Vanessa Fernandes e Yussef Dayrell, a Usucapião consiste em um modo originário de aquisição de propriedade, de um bem que decorre da posse prolongada no tempo.

É um dos meios também usado pra promover a regularização de um imóvel que foi adquirido onerosamente e não foi possível promover o registro, respeitando alguns requisitos previstos na legislação.

O advogado Antônio Salvo salienta que o procedimento já estava liberado desde a entrada em vigor do Novo Código de Processo Civil em 2015 mas tal prática ainda não havia sido adotada na Comarca.

O procedimento da Usucapião extrajudicial é realizado em Cartório de Notas e Registro de Imóveis e necessita de um advogado para acompanhar todo o procedimento administrativo.

A grande vantagem de se optar pelo procedimento extrajudicial é o prazo para a sua conclusão. Em média 1 ano desde o atendimento inicial do cliente interessado até a sua finalização com o registro do bem.

Considerada a morosidade do Judiciário, a Usucapião Extrajudicial tem-se mostrado uma boa alternativa para aqueles que buscam agilidade no processo de regularização de seus bens.

Matéria atualizada em 29/01/2021 às 11:17

Avalie este item
(0 votos)
Aperam BioEnergia tem vaga aberta em Capelinha

A Aperam BioEnergia está com vaga aberta para o cargo de Supervisor de Manutenção Mecânica para atuar no município de Capelinha

A Aperam BioEnergia está com vaga aberta para o cargo de Supervisor de Manutenção Mecânica para atuar no município de Capelinha. Os interessados devem ter formação em engenharia mecânica, conhecimentos em informática, especialmente nas ferramentas Google e Excel, além de carteira de habilitação categoria B.

O profissional será responsável por planejar e supervisionar as atividades da equipe de manutenção, buscando melhorar continuamente os processos junto aos mecânicos, além de supervisionar as manutenções corretivas, preventivas e preditivas de máquinas, equipamentos e carretas de transporte de madeira. Será ainda necessário acompanhar o cumprimento de normas e procedimentos de saúde, segurança e meio ambiente garantindo a conformidade às certificações já alcançadas pela empresa, elaborando procedimentos, parâmetros técnicos e padrões de serviços que contribuam para o desenvolvimento de sistemas e do processo produtivo da unidade, nos aspectos relacionados à manutenção.

 

As inscrições devem ser feitas online, por meio do site da aperambioenergia.com ou enviando currículo para  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. , colocando no assunto Vaga para Supervisor de Manutenção Mecânica, até o dia 31 (domingo).

 

Avalie este item
(0 votos)
Aperam doa 4 mil litros de álcool em gel para unidades de saúde do Vale do Jequitinhonha

A luta contra a Covid-19 segue ativa no Vale do Jequitinhonha. A região, que voltou para a onda vermelha no último dia 30 de dezembro, vem registrando altas nos números de casos de doença e autoridades reforçam a necessidade de cuidados redobrados entre a população dos municípios.Para auxiliar nas medidas de cuidados e prevenção entre profissionais da saúde e pacientes, a Aperam BioEnergia, por meio da Fundação Aperam Acesita e projeto Aperam Bem Maior, mobilizou esforços para doar 4 mil litros de álcool em gel aos municípios onde a empresa atua.

Os produtos já foram entregues nesta semana aos municípios de Itamarandiba, Minas Novas e Capelinha e em breve chegarão também às cidades de Turmalina e Veredinha. 

“Para nós, da Aperam BioEnergia, unir esforços com a comunidade, com o poder público para juntos cuidarmos da nossa gente é muito gratificante. Sabemos que vai ser de forma coletiva que vamos vencer esse momento difícil, que ainda não terminou. Precisamos continuar alertas e vigilantes nos cuidados com a saúde. A higienização das mãos com álcool em gel é uma das proteções sugeridas pelas autoridades no combate ao vírus. Com essa entrega, queremos reafirmar nosso compromisso de que estamos juntos nesta luta, lado a lado com as comunidades onde estamos inseridos”, destacou Geraldo Vitor, gerente executivo regional de Capelinha. 

A diretora administrativa do Hospital Municipal Geraldo Ferreira Gandra de Itamarandiba, Alda Alves Bié Pimenta, afirma que as doações foram muito bem vindas, principalmente por se tratar de uma instituição pública que mantém uma gestão bem controlada dos seus recursos financeiros. “Essa doação tem valor para o hospital, que pode remanejar a verba que seria destinada a compra desses insumos para outras áreas de igual necessidade, e também tem muito valor para os pacientes, que usufruem dessa benfeitoria por meio da higienização de nossos ambientes. Já havíamos recebido no ano passado doações de capotes, máscaras e outros insumos da Aperam e ficamos muito felizes com essa nova parceria”, ressalta a diretora.

A empresa vem realizando desde o início da pandemia ações periódicas para minimizar os impactos da pandemia no Vale do Jequitinhonha e Vale do Aço. O projeto Aperam Bem Maior foi criado pela Aperam, juntamente com a Fundação Aperam Acesita, e atua em frentes distintas, destinando recursos para ajudar no atendimento das necessidades emergenciais da comunidade, ações voluntárias, geração e disponibilização de conteúdo cultural para o público e outras ações internas que motivam a solidariedade. 

Os esforços são direcionados ao atendimento de instituições de saúde, sociais, e até mesmo aos empregados da Aperam BioEnergia e seus familiares. Com as ações, a empresa fortalece junto com os municípios a corrente do bem, buscando formas para amenizar as dificuldades causadas pelo coronavírus, estimulando internamente os empregados, assim como outros membros da comunidade, a contribuírem com aquilo que estiver ao alcance.

 

Avalie este item
(0 votos)
Aprenda a tocar violão em Itamarandiba com o professor Walisson Silva

Walisson Silva é professor de violão a oito anos, começou a tocar o instrumento aos 13 anos, desde então apaixonado pelo violão, vem buscando cada dia mais aprender e aperfeiçoar neste e em outros instrumentos.

Atualmente ministrando aulas para vários alunos de diversas faixa etária, explica sobre o tempo de aprendizagem na arte de tocar violão. “O aprendizado em si não é difícil como muitos pensam, basta ter um método eficiente e prático de ensino para seguir, um método que você entenda e consiga colocar em prática cada lição ensinada pelo professor.” Relatou Walisson. 

“De um certo tempo pra cá, passei a ensinar o que eu sabia para alguns alunos, desde então me apaixonei também pela arte de ensinar que hoje além de ser o meu trabalho é uma coisa que eu faço com muito carinho e gratidão.” Disse Professor Walisson Silva.

Atendendo crianças a partir de 05 anos e adultos. Para agendar um horário basta entrar em contato pelo telefone ou WhatsApp, (38) 98812-0878. Faça uma visita à Rua Aluízio Andrade Câmara, N° 155, Centro de Itamarandiba, próximo a Igreja Matriz. Horário de funcionamento de 08:00 às 20:00.

Avalie este item
(0 votos)
Keilla Costa lança site para vendas de casas e lotes em Itamarandiba e região

Quando se fala em venda de casas e lotes, logo vem à mente, Keilla Costa. Com escritório situado a Rua Diamantina, N° 428, oferece um ótimo espaço para negociar, para comprar e vender seu imóvel.

Mas o escritório Keilla Costa não para de inovar. Traz para Itamarandiba e região o mais novo site, para anunciar casas e lotes, com mais praticidade e alcance em todo Brasil.

Com uma plataforma sofisticada o site oferece facilidade, praticidade e comodidade. Veja como ficou acessado o link a baixo, e quando pensar em anunciar sua casa ou lote, procure o escritório Keillla Costa www.keillacosta.com.br  

 

 

{{galo}} {{face}} {{zero}}
HomeNotícias da RegiãoDireito em Destaque: Pandemia e aluguel empresarial: O que fazer?