Educação
Avalie este item
(0 votos)
Homenagem: Escola Municipal Ursinhos Carinhosos passa a se chamar Escola Municipal Professor Raymundo Nonato

Em homenagem a um dos expoentes da educação no Município de Itamarandiba, Raymundo Nonato Fernandes, que também tinha notável currículo que decorre pelos principais centros de reflexão e estudo de Minas Gerais, a Escola Municipal Ursinhos Carinhosos passou a se chamar Escola Municipal Professor Raymundo Nonato, conforme a Lei de Nº 3062/2023; aprovada pela Câmara Municipal e sancionada pelo prefeito Luiz Fernando Alves em 21 de agosto de 2023.

Segundo o chefe do executivo municipal, a homenagem se justifica pela extensa atuação do profissional Raymundo Nonato, que faleceu em 2020, aos 91 anos. Dentre os feitos em prol de Itamarandiba está seu envolvimento na criação do Ginásio Francisco Badaró, hoje Escola Estadual São João Batista.

O prefeito Luiz Fernando Alves fez questão de destacar, ainda, a magistral sabedoria do itamarandibano Raymundo Nonato, célebre gestor que mais instalou escolas públicas no Brasil. Alves explicou que as Escolas Municipais de nossa região, do restante de Minas Gerais e do Brasil, além das Estaduais, devem muito de sua qualidade e renome ao admirável professor. “Filósofo, psicólogo, educador, pedagogo e historiador; esse era Raymundo Nonato Fernandes; um homem à frente do seu tempo! Batizar esse educandário com seu nome é maneira de perpetuarmos o legado deste grande benfeitor. Tal homenagem mantem viva sua memória e eterniza os feitos que moldaram nossa história. Sendo assim, é mais que justo o reconhecimento ao notável professor itamarandibano que, além de contribuir para a educação brasileira, levava sempre consigo o nome de Itamarandiba, dando-a conhecer por todos os lugares em que passava.”, enalteceu o prefeito Luiz Fernando.

Edificada no bairro Bom Jesus, a Escola Municipal Raymundo Nonato possui três pavimentos, recebeu aparelhamentos modernos e estrutura invejável que a torna educandário modelo em Itamarandiba. Funcionando em dois turnos (matutino e vespertino), a nova estrutura conta com 13 salas de aulas que atenderão 540 alunos da Educação infantil e Ensino fundamental (anos iniciais).  

Ao todo são 2.256,00 m² de área construída que além das salas de aulas, comporta elevador, sala para reforço pedagógico, biblioteca, dispensa, lavanderia, espaço externo, cozinha, refeitório, secretaria, direção, supervisão pedagógica, almoxarifado, quadra poliesportiva coberta, banheiros masculino e feminino para servidores, banheiro masculino e feminino para alunos e banheiros adaptados para pessoa com deficiência (PcD).

As obras da nova unidade de ensino estão nos últimos detalhes para a grande inauguração que acontecerá no dia 05 de fevereiro de 2024.

Biografia - Professor Raymundo Nonato Fernandes

Nascido em 24 de setembro de 1928, Raymundo Nonato Fernandes era o filho mais velho da Sra. Maria Catarina e Sr. Olimpio Fernandes, este professor e maestro da banda de música da cidade. De família numerosa, oito filhos, como muitos fizeram, mudaram-se para Belo Horizonte, em busca de trabalho e de educação para as crianças.

Terminando seus primeiros estudos em Itamarandiba, Raymundo Nonato foi matriculado no Seminário de Diamantina, origem principal da sua profunda religiosidade e grande conhecimento em teologia e filosofia. Com o tempo, despertou seu interesse pela história, principalmente pela história ligada a Minas Gerais e história da educação.

 

CURRÍCULO

O currículo do professor Raymundo Nonato Fernandes é espelho da sua vocação e verdadeira devoção à educação.

Professor adjunto na Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).  Foi Professor titular da cadeira de Filosofia no Instituto de Educação de Minas Gerais (IEMG), onde foi Diretor Geral de mais de 7 mil alunos e criou o Curso Superior de Pedagogia, em 1970.

Na Associação Mineira de Ação Educacional foi membro do Conselho Superior e diretor da Revista AMAE Educando. Foi inspetor do Conselho Estadual de Educação e reitor da Fundação Universitária Mineira de Artes. Depois do período como reitor, dedicou-se na criação do Centro de Referência do Professor tendo, para tanto, liderado a restauração do prédio histórico da Secretaria da Educação, na Praça da Liberdade, fundando um misto de museu e centro de aperfeiçoamento para professores.

Foi sócio do Centro de História da Medicina da UFMG e associado efetivo da Arcádia de Minas Gerais. Participou de vários congressos internacionais na área de educação, chegando a chefiar a delegação brasileira em encontros promovidos pela Organização dos Estados Americanos em Washington e Paris.

Nos seus últimos anos, tinha orgulho de ser membro do Instituto Histórico e Geográfico do Estado de Minas Gerais.

Gostava de ser chamado de Professor Raymundo. Professor! Essa era a forma de tratamento que julgava enobrecer uma pessoa. O Professor Raymundo era um notável orador. Mas nunca falava de si. Suas falas caminhavam por Platão, Aristóteles, Cícero, ou pelos caminhos da educação. Seu grande orgulho foi ter fundado escolas, muitas escolas, principalmente durante o período em que foi Presidente da Campanha Nacional de Escolas da Comunidade, que tinha centenas de escolas pelo Brasil.

Uma história que merece destaque foi a do Ginásio Francisco Badaró em Itamarandiba. Para cumprir as muitas exigências do Ministério da Educação, empenharam-se na empreitada o Professor Raymundo e Carlos Dalmo Moreira. Além dos obstáculos políticos e burocráticos, que foram superados, o Professor Raymundo foi designado Diretor da escola e tinha que, mensalmente, viajar para Itamarandiba. Em suas memórias disse que o gesto seria uma retribuição à Diocese, pelos estudos no Seminário de Diamantina. Aos filhos contava apenas histórias sobre o orgulho que tinha por ter nascido em Itamarandiba e por ter fundado escolas.

Aos 91 anos, no dia 01 de abril de 2020, professor Raymundo Nonato Fernandes faleceu deixando-nos imenso legado na área socioeducacional.  

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Itamarandiba

Avalie este item
(0 votos)
V Sarau Literário na Escola São João Batista Celebra o Romantismo Literário

Na noite de sexta-feira, 24 de novembro, a Escola Estadual São João Batista brilhou com o V Sarau Literário, uma iniciativa das professoras de Língua Portuguesa do Ensino Médio Matutino, Rita Corrêa e Valdene Oliveira, e da professora de Educação Física, Patrícia Pires.

O evento foi uma viagem encantadora ao universo do Romantismo Brasileiro, uma escola literária que desempenha papel crucial no ensino médio. Autores renomados como José de Alencar, Gonçalves Dias, Álvares de Azevedo, Bernardo Guimarães, Castro Alves, e Visconde de Taunay foram destacados, representando a riqueza cultural e identidade diversificada do Brasil pós-independência.

As apresentações envolveram teatro, música, coreografias e declamação de poemas, todos inspirados no Romantismo Brasileiro. Personagens clássicos de obras como "Iracema", "Inocência", "A Moreninha", "Noite na Taverna" e "Escrava Isaura" ganharam vida graças ao talento dos alunos, que proporcionaram momentos de interpretação e irreverência.

A poesia romântica e contemporânea também foi homenageada, com alunos encenando trechos de obras e declamando poemas das três gerações do movimento literário. A atmosfera romântica culminou em uma bela coreografia ao som da música "Inclassificáveis" de Arnaldo Antunes e foi encerrada com um elegante Baile de Gala.

Um toque especial marcou o final do Baile, quando casais entregaram mudas de rosa como símbolo do amor presente em todas as gerações do Romantismo. A metáfora destacou a importância de cultivar e cuidar do amor, assim como se faz com uma muda que, ao ser bem cuidada, floresce e encanta.

O Sarau, intitulado "Sarau do Romantismo Literário: um aprendizado sobre o amor na literatura e afins", foi mais do que uma simples celebração. Foi uma experiência educativa, mergulhando os participantes na rica herança literária brasileira e reforçando a ideia de que o amor, assim como a cultura, deve ser cultivado para perdurar através das gerações.

Avalie este item
(0 votos)
Escritora itamarandibana terá livro solo lançado na Bienal no Rio de Janeiro 2023

A escritora Maria Jordânia de Oliveira, de 25 anos, residente desde os 4 anos de idade em Itamarandiba-MG terá seu primeiro livro solo "O abraço de um sonho" lançado pela Rubi Editorial na Bienal Internacional do Livro no Rio de Janeiro em setembro deste ano.

A autora não estará presente pessoalmente, contudo, seu livro estará à venda e exposto para apreço dos leitores.  A escritora é coautora e organizadora de diversas antologias. Tem publicações no Brasil e exterior. E coleciona títulos nacionais e internacionais referentes a sua contribuição com a cultura e literatura.

Em 2022 recebeu o Título Honorífico de Embaixadora Imortal da Paz pela Organização Mundial dos Direitos Humanos e o Prêmio Personalidade do Ano em París por uma editora brasileira. A escritora já deu aulas onlines gratuitas de Escrita Criativa para 20 escritores de diferentes regiões do Brasil.

Seu livro "O abraço de um sonho" é um compilado de contos, crônicas e poemas durante sua trajetória literária. E no dia 4 de novembro o livro será lançado em uma tarde de autógrafos no Centro Social Mali Martin. Ter seu primeiro livro solo em um evento de grande proporção e com quase um milhão de leitores para a escritora é um prazer imensurável!

 

Avalie este item
(0 votos)
MudaMundo realiza oficinas para professores em Itamarandiba

Na segunda quinzena de maio, chega o Teatro MudaMundo, também patrocinado pela Aperam na região

 

O projeto MudaMundo está no  Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, para sua primeira temporada. Esta semana, o projeto chega em Itamarandiba, depois de ter passado por Minas Novas, Turmalina, Veredinha e Capelinha. Nessa primeira etapa, acontecem as oficinas de sensibilização para professores no Vale do Jequitinhonha, que seguem até o dia 5 de maio (confira agenda abaixo). Em um próximo momento, as cidades de Timóteo e Coronel Fabriciano, no Vale do Aço, também receberão o projeto.

 

O MudaMundo, que nasceu há mais de 16 anos com o propósito de colaborar com os educadores no resgate de valores em sala de aula, contempla ainda a distribuição de 44.400 livros da série MudaMundo, de autoria de Caio Riter, para as bibliotecas escolares dos municípios, 7.400 kits incluindo cadernos com sugestões de atividades para o professor, além de apresentações teatrais. A temporada de sessões do teatro tem início na segunda quinzena de maio, encenadas pelo grupo mineiro Real Fantasia.

 

A iniciativa aposta no fomento do protagonismo infantil e no papel disseminador de bons exemplos do professor. Nas histórias da série de livros, a personagem principal é o menino João, um garoto muito esperto, sempre pronto a auxiliar os outros e incomodado com injustiças. Por meio das aventuras do João e de seus amigos, são transmitidos conceitos de respeito ao próximo, de cuidados com o meio ambiente e com as cidades onde vivemos. João deseja mudar o mundo, tornando-o mais solidário, a partir de pequenas atitudes no seu dia a dia.

As atividades são patrocinadas pela empresa Aperam por meio da Fundação Aperam Acesita. A instituição incentiva o desenvolvimento de projetos e ações sociais diretamente ligados a melhoria das condições de vida das comunidades localizadas no Vale do Aço e no Vale do Jequitinhonha, que são áreas de abrangência e atuação da Aperam. “As práticas propostas pelo projeto MudaMundo, ao valorizar o papel do professor e ao promover consciência ambiental e valores cidadãos, compactuam com os objetivos da Fundação Aperam Acesita”, afirma Venilson Araújo Vitorino, Gerente Executivo - Fundação Aperam Acesita

O MudaMundo é viabilizado por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, e conta com o apoio das Secretarias Municipais de Educação.

Confira a agenda desta semana de oficinas no Vale do Jequitinhonha:

 

ITAMARANDIBA

3 de maio, quarta-feira, às 18h

Local: Escola Municipal Crianças Feliz

Rua Progresso, 250

 

4 de maio, quinta-feira, às 18h

Local: Escola Municipal Paraíso Infantil

Rua Carbonita, s/n

 

5 de maio, sexta-feira, às 13h30min

Local: Polo UAB

Rua Turmalina, s/n

 

Sobre a Fundação Aperam Acesita: criada em 1994, é uma instituição privada e sem fins lucrativos, que tem como missão fomentar o desenvolvimento integrado e sustentável das comunidades onde a Aperam South América concentra suas principais atividades. Atua em parceria com organizações públicas e instituições nacionais e internacionais. Por meio de programas próprios ou patrocinados por projetos aprovados por leis estaduais e federais, a Fundação promove o desenvolvimento das pessoas e da sociedade. Suas ações abrangem quatro áreas – educação, cultura, meio ambiente e promoção social, que trabalham em conjunto para criar propostas multidisciplinares e complementares. Os aços especiais produzidos pela Aperam então presentes em mais de 40 países

Avalie este item
(0 votos)
Universidade Pitágoras Unopar Anhanguera – Polo Itamarandiba – realiza Colação de Grau de 12 cursos, formando 60 novos profissionais

Em noite marcada pela alegria e emoção, a Universidade Pitágoras Unopar Anhanguera – Polo Itamarandiba –, realizou, no sábado, 25 de março, Colação de Grau de 12 cursos, formando 60 novos profissionais. 

Realizada no Plenário da Câmara Municipal de Itamarandiba, a emocionante solenidade serviu para conceder diplomação aos formandos dos cursos de: Segunda Licenciatura em Pedagogia; Administração; Ciências Contábeis; Educação Física Bacharelado; Educação Física Licenciatura; Matemática; Pedagogia; Gestão de Recursos Humanos; Gestão Pública; Gestão da Produção Industrial; Marketing Digital; Investigação e Perícia Criminal e Serviços Jurídicos, Cartorários e Notariais.

De acordo com a coordenadora do polo em Itamarandiba, Francielly Dantas, a cerimônia é um marco na vida dos graduandos e de muita alegria para todos que compõem a Universidade Pitágoras Unopar Anhanguera – Polo Itamarandiba. “Sentimo-nos honrados de ter contribuído para a formação de cada formando. Somos gratos por terem confiado a nós esta jornada! Desejamos que todos os formandos tenham uma carreira brilhante, de grandes conquistas e de sucesso pleno.”, diz Dantas. 

 

Avalie este item
(0 votos)
Centro Educacional Conexão vem comunicar que estão abertas as inscrições para o TRILHAS DE FUTURO III

O Trilhas de Futuro é um programa do Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Educação (SEE/MG), que oferece cursos técnicos gratuitos em instituições públicas ou privadas em diversas regiões do estado. O objetivo é capacitar jovens para alcançarem oportunidades no mercado de trabalho.

O público alvo do Trilhas de Futuro são alunos matriculados no 2º ou 3º ano do ensino médio, inclusive do Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI), estudantes de qualquer período da Educação de Jovens e Adultos (EJA) – Ensino Médio, e jovens que já concluíram o ensino médio. A inscrição não garante a vaga. O aluno se inscreve e aguarda pelo processo de seleção de critérios de prioridade. 

Em sua terceira edição do programa, em parceria com o Centro Educacional Conexão, serão ofertados na cidade de Itamarandiba os cursos de Técnico em Enfermagem, Técnico em Agropecuária e Técnico em Farmácia. 

O horário de funcionamento das aulas será:

Turmas Noite: Segunda a quinta-feira, de 19h00 as 22h30.

Turma Integral/final de semana: Sexta – feira, de 19h00 as 22h30 e Sábado de 07h00 as 18h20.

O estudante matriculado no Trilhas de Futuro tem isenção do pagamento da mensalidade, recebe material didático específico, além de receber uma ajuda de custo para o pagamento de vale-transporte e alimentação.

As inscrições vão até dia 15 de fevereiro de 2023, somente pelo site: https://www.trilhasdefuturo.mg.gov.br

 

Não permita que seu futuro conte com a sorte, comece a estudar e lutar pelo seu sucesso.

Pagina 1 de 62
HomeEducaçãoDica Harmonia Musical: Sugestões de músicas para serem tocadas com guitarra