Cotidiano
Avalie este item
(0 votos)

Entre os dias 06 a 14 de novembro, aconteceu no Fórum de Itamarandiba o Tribunal do Júri, onde foram julgados quatro casos de (4) homicídios e três (3) de tentativa de homicídio, totalizando sete (7) julgamentos, todos com início às 8hs da manhã.

O Tribunal do Júri presidido pelo M.M. Juiz de Direito da Comarca de Itamarandiba, Dr. Eduardo Alvares, contou com forte esquema de segurança, e recebeu grande público que acompanhou os trabalhos durante os sete dias.

As penas variaram de acordo com a situação encontrada em cada crime, de 1 ano e 8 meses em regime aberto à penas mais severas, como em um caso de tentativa de homicídio com pena de 16 anos em regime fechado. Dois Réus obtiveram a absolvição

O Tribunal do Júri detém a competência para julgar os crimes dolosos contra a vida. Atualmente, são de sua competência os seguintes delitos: homicídio doloso, infanticídio, participação em suicídio, aborto - tentados ou consumados – e seus crimes conexos. O procedimento adotado pelo Júri é especial e possui duas fases: A primeira fase é o juízo de acusação, e a segunda fase o juízo da causa.

O Júri é uma instituição secular que tem origem nas primitivas sociedades humanas. No
Brasil foi instituído em 1822, época em que o país ainda era colônia de Portugal. Atualmente, é reconheci do constitucionalmente pelo inciso XXXViii do art. 5º, o qual prevê que sua organização será dada por lei e que nos seus julgamentos serão assegurados: a plenitude de defesa, o sigilo das votações, a soberania dos veredictos, a competência para o julgamento dos crimes dolosos contra a vida.

O Tribunal do Júri significa um mecanismo do exercício da cidadania e demonstra a importância da democracia na sociedade. Isso porque o órgão permite ao cidadão ser julgado por seus semelhantes e, principalmente, por assegurar a participação popular direta nos julgamentos proferidos pelo Poder Judiciário.
 

Avalie este item
(0 votos)
Operação Impacto: Polícia realiza mega operação em Itamarandiba, efetuando várias apreensões

Foi realizada uma mega operação pela Polícia Militar e Polícia Civil, durante o período da manhã desta sexta-feira 01/11 na cidade de Itamarandiba, denominada “Operação Impacto”.
Ao todo foram acionados setenta e cinco (75) policiais, sendo destes setenta (70) militares e cinco (5) civis, foram utilizadas vinte e duas (22) viaturas sendo vinte (20) da polícia Militar e duas (02) da polícia Civil, que trabalharam na operação.
No bairro Fazendinha foram apreendidos quatro (04) pés de maconha plantados, dois foram achados no quintal de uma residência e os outros dois em um terreno baldio. Já no bairro Primeiro de Maio, uma moto que fora roubada, foi recuperado e o condutor da motocicleta foi levado preso. No bairro São Geraldo, uma munição de cal. 7.62 foi encontrada pela Polícia.
A operação descobriu sete (07) veículos irregulares e sete (07) confecção de notificação de trânsito. Foram cumpridos vinte e três (23) mandados de busca e apreensão em diversas residências da cidade.
Segundo Comandante da Policia Militar em Itamarandiba, Tenente Rocha, disse que operações como essa continuarão sendo executada pela Polícia, afim, de combater a criminalidade no município. “A Polícia Militar observou que durante os últimos meses vem ocorrendo vários crimes como homicídios, tentativas de homicídios e apreensão de armas de fogo, com isso o comando sensibilizado diante dessa situação, resolveu realizar essa operação, que contou com a colaboração de vários militares das sedes de Capelinha, Turmalina, Veredinha, Minas Novas, Diamantina e Itamarandiba, montando uma força tarefa na cidade para o cumprimento dos mandatos. A operação contou com o apoio da Polícia Civil com a presença do Delegado, Dr. Vinícius de Barros. Com o desenvolvimento dos trabalhos foram encontrados drogas, veículos roubados e munição de arma de fogo, sendo feitas diversas prisões, na medida em que foram detectados os crimes e os seus autores” lembrou.
 

Avalie este item
(0 votos)

No dia 30 de setembro, a Caixa firmou contrato de 5 anos para atendimento da folha de pagamento integral dos servidores municipais de Itamarandiba (MG). A Prefeitura desse município realizou licitação pública para a venda da folha dos servidores municipais desse órgão público, sendo a Caixa vencedora do processo de concorrência para atendimento a 1.331 funcionários ativos e aposentados.

Para celebração do contrato, representando a Caixa, assinaram o Superintendente regional do Norte de Minas Marcelo Angelo de Paula Bomfim e o Gerente-Geral da Agência Itamarandiba Marcelo Gomes Dias.


O Gerente-Geral Marcelo Gomes Dias salientou "Nossa imagem, papel e atuação junto às prefeituras vem aumentando a cada dia, a cada conquista. A aquisição de uma folha significa uma parceria e confiança mútua, proporcionando um relacionamento seguro e duradouro. O compromisso de atender bem faz parte dos desafios da Caixa”, finalizou.

Benefícios para os servidores municipais - Isenção da tarifa da cesta de serviços por 12 meses, descontos especiais nas taxas de juros de crédito comercial e habitacional, isenção da primeira anuidade dos cartões de crédito, ampla rede de atendimento composta por pontos físicos e todos os canais de comunicação 0800, internet e suas aplicações e informações via celular, tablets e canais sociais. Além disso, o empréstimo consignado será importante para os servidores, para a prefeitura, para a Caixa e para o município. Trata-se da injeção de recursos que movimentam a economia local e levam ao desenvolvimento da cidade e da região.

Em Itamarandiba, os clientes contam com uma rede de atendimento composta por 01 agência bancária com 05 terminais, 01 unidade lotérica e 03 Correspondentes Caixa Aqui. Novos canais de atendimento estão previstos para funcionamento em breve.
 

Avalie este item
(0 votos)
Jovem de 18 anos morre apunhalado pelas costas, no Distrito de Padre João Afonso (Socorro),

O crime aconteceu na noite de domingo 06/10, por volta das 19h30min, na fazenda São Pedro, distrito de Padre João Afonso, zona rural de Itamarandiba. No momento da ação, vizinhos ouviram os gritos e saíram para ver o que estava acontecendo, quando se depararam com o autor do ataque, Antônio Júlio, ferido na mão e, a vítima, Lucas Pires caído no chão, com uma facada nas costas. Na tentativa de ajudar, os moradores do local usaram um cobertor para cobrir a vítima até que chegasse o socorro, porém minutos depois constataram que o rapaz já havia falecido. A polícia Militar foi chamada e após constatado o óbito foi acionado a perícia para solucionar detalhes do crime. Após os trabalhos, o corpo da vítima foi liberado e transportado por agentes funerários da empresa 2 Irmãos, que prestam serviços na região. Segundo consta no Boletim de Ocorrência, os dois envolvidos estavam brigando quando o agressor desferiu uma facada nas costas da vítima. O autor do golpe alega que teria sido agredido pela vítima, e sofrido uma lesão na mão esquerda, provocado por uma faca. Foi dada voz de prisão em flagrante delito ao autor, Antônio Júlio, que também era tio da vítima, por ser casado com a tia do jovem.

Avalie este item
(0 votos)

A igreja Congregação Cristã no Brasil, situada à Rua Progresso, no bairro Primeiro de Maio, teve suas dependências invadidas por ladrões, provavelmente na madrugada de terça para quarta-feira 16/10, isso por que membros da igreja só estiveram no local na tarde da quarta-feira para trabalhos rotineiros no templo, e quando chegaram se depararam com sinais de arrombamento. Durante a ação, os criminosos teriam entrado pelos fundos da igreja, por cima do telhado e descido em um corredor que dá acesso ao interior das dependências da Congregação. Uma segueta encontrada em uma caixa de ferramentas foi usada para serrar o cadeado de um portão, que dá acesso ao escritório da administração. Dentro da sala, o cofre foi revirado e documentos, como notas fiscais estavam espalhadas pelo chão. Um computador teve o monitor retirado do local, além das gavetas terem sido violadas, janelas e portas foram arrombadas. O prejuízo teria sido de apenas algumas moedas que estavam no cofre, e a porta que ficou destruída, não há suspeitos da ação criminosa. Há mais de três anos, a mesma igreja teria sido invadida, na época sofreu um prejuízo de mais de 4 mil reais, após o incidente, a administração da igreja resolveu não deixar mais dinheiro dentro do imóvel. Os bandidos perderam o respeito até mesmo por templos religiosos, no mês de junho a igreja Assembléia de Deus da Missão, foi alvo de vandalismo e teve prejuízo de portas arrancadas, a igreja católica de Santa Luzia próximo ao hospital Itamarandiba, também este ano, sofreu com atos de ladrões por duas vezes.

Avalie este item
(0 votos)

A ação policial aconteceu na segunda-feira 07/10, em uma rodovia no Sul de Minas, perto do trevo de Nepomuseno, próximo às cidades de Ribeirão Vermelho, Lavras e Coqueiral. No momento da apreensão, os policiais passavam pela Rodovia Fernão Dias, quando viram uma caminhonete parada em um posto de combustíveis. Ao vistoriar a carroceria, a Polícia encontrou 100 kg de pólvora, 220 fogos de artifício e 1 tonelada de chumbo. A Polícia Rodoviária Federal fez a apreensão da caminhonete usada no transporte, com a placa da cidade de Itamarandiba. O Delegado – Ailton Pereira, disse que o motorista fugiu ao avistar os policias, segundo ele não se sabe o destino da mercadoria, mas possivelmente seria usada no comércio , na fabricação de foguetes. O material apreendido foi encaminhado para o Exército na cidade de Três corações.

 

{{galo}} {{face}} {{zero}}
HomeCotidianoHomem é encontrado morto com 9 perfurações em Carbonita