Vereadora Marlene Moreira é denunciada por doar suas diárias e a diferença do subsídio para APAE

Nov 05, 2018 Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

A vereadora Marlene Moreira foi surpreendida na data de 27 de setembro de 2018, com Ofício do Ministério Público para que tomasse conhecimento da notícia de denúncia anônima de eventual ilegalidade e imoralidade da doação de diárias e de parte do subsídio.

A vereadora Marlene Moreira fez, no início de 2017, um compromisso com os itamarandibanos de doar suas diárias de viagens para as entidades se organizarem, ao longo dos 04 anos de mandato de vereadora. Marlene já fez doações para a Associação Comunitária São Cristóvão - AMFLOR, em que quitou todas as despesas para reativação e quase a totalidade das despesas acumuladas desde o ano de 2002. Fez doação para a Associação do Conjunto Habitacional Nova Itamarandiba, Associação dos Artesãos, Associação do Bairro Primeiro de Maio; Associação do Bairro Fazendinha –ACODEF, auxiliou e pagou os registros de cartório de criação da Associação de Moradores do Bairro Cidade Jardim, e Associação de Moradores do Distrito de Padre João Afonso. Pagou também os fretes de doações de camas, colchões, mesinhas, e cadeiras que foram doados para os Lares de Idosos Mali Martin, Idosos Amaral e Recanto do Vale e diversas famílias, somando um total de mais de R$ 7.000,00.

A Vereadora Marlene Moreira reafirma seu compromisso com os cidadãos de Itamarandiba, com a fiscalização, cobrança do executivo para atender as demandas e, acima de tudo, ajudar no que estiver ao seu alcance.

"É de causar grande espanto a atitude do denunciante, pois seria muito importante que os políticos, de forma geral, se preocupassem mais em exercerem suas obrigações, seja na fiscalização, cobrança, execução e honrar com seriedade a confiança depositada pelo eleitor no momento em que obtiveram o voto".

Outro ponto do denunciante foi o fato da vereadora estar doando a diferença do subsídio votada no início de 2017. Foi a única vereadora a ser contra e sua atitude já surtiu efeito, pois este ano não foi submetido à votação o reajuste/aumento do subsídio dos vereadores e a mesma deixou claro que “caso seja colocado em votação será contra e, mesmo sendo voto vencido, continuará doando a diferença para as entidades organizadas”.

Redação

O Vale Hoje - A mesma qualidade para diversas realidades!

Website.: www.ovalehoje.com.br E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

 

{{galo}} {{face}} {{zero}}
HomePolíticaVereadora Marlene Moreira é denunciada por doar suas diárias e a diferença do subsídio para APAE