Audiência Pública com representantes da COPASA é realizada na Câmara Municipal de Itamarandiba, água com a coloração escura foi o principal questionamento da população

Abr 06, 2018 Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Em atendimento ao Requerimento de n°047 e 049/2018, ocorreu na noite desta quinta-feira, 05 de abri, uma Audiência Pública com os representantes da COPASA para tratar de diversos assuntos com relação aos serviços prestados pela empresa no Município de Itamarandiba.

Compuseram a mesa, a Presidente da Câmara de Itamarandiba, Lourdes Gomes Vieira; Pedro Afonso, procurador do Município, representando o Poder Executivo; representantes do Distrito Regional da COPASA no Vale do Jequitinhonha em Diamantina, Sra. Jane Oliveira Lima, Engenheira de Produção; Amilar Nahas, Engenheiro, Luiz Carlos Limas, Gerente local da COPASA; Antônio Sergio, Técnico da COPASA; Fernando Vinícius Diniz Ribeiro, Engenheiro Ambiental, servidor do SEMAD, representando a SUPRAM de Diamantina, além dos vereadores Claudinei Alves, Douglas Messias, Heli Nunes, Juvenal Dias, Márcio Morais, Valdir Bispo, Vanderlei Carneiro e Vicente Andrade.

Durante as quase 5 horas de audiência foram tratados diversos assuntos, tais como: abastecimento de água nas residências de Itamarandiba, com coloração escura e cheiro anormal; paralisação das obras da Estação de Tratamento de Esgoto – ETE; Lei n°2803/2017 que Dispõe sobre a instalação de equipamento eliminador de ar nas tubulações do sistema de água da cidade de Itamarandiba; Recursos hídricos no presente e no futuro entre outras questões levantadas no momento das discussões.

As falas bastante calorosas foram no mesmo sentido, na má qualidade da água que chega às residências da população, e muitas das vezes com ar na tubulação. Os vereadores mostraram suas indignações e fizeram questionamentos dentro dos sub-temas da Audiência, do mesmo modo a população que compareceu também fizeram seus questionamentos, sendo que alguns levaram água em uma garrafa pet, mostrando a coloração da água que chegam a suas casas.

Os representantes da COPASA responderam as perguntas dos presentes e admitiram o problema, relataram ainda que um estudo já está sendo feito e medidas serão tomadas nos próximos dias para resolver a questão, mas sem previsão de prazo, no que se trata na coloração da água, mas afirmaram que mesmo com essa cor, a água está sendo tratada, mas que a coloração não está seguindo as normas do Ministério da Saúde, e por isso uma equipe de profissionais estão sendo enviadas a cidade para resolver o problema.

No final da reunião uma fala que se destacou foi a do Sr. Luiz da COPASA, que ressaltou que a água que chega às residências passou por todo processo de tratamento, porém não reagiu devido a qualidade da água que é retirada para tratamento. A água captada do Rio Itamarandiba não estava sendo distribuída com a qualidade padrão porque no momento da captação ela estava muito turva, a captação agora será feita na Barrinha até a resolução dos problemas de captação no Rio Itamarandiba. Disse que reclamar nas redes sociais não resolve em nada, pois a COPASA não usa as redes sociais para ver reclamações e não tem funcionários para isso, mas que o telefone 155 está disponível para qualquer reclamação e assim é feita diretamente a empresa. O cidadão que fizer sua reclamação deverá anotar e guardar o número do protocolo para que a empresa possa se organizar na melhoria da qualidade do serviço.

 

Redação

O Vale Hoje - A mesma qualidade para diversas realidades!

Website.: www.ovalehoje.com.br E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

 

{{galo}} {{face}} {{zero}}
HomePolíticaAudiência Pública com representantes da COPASA é realizada na Câmara Municipal de Itamarandiba, água com a coloração escura foi o principal questionamento da população