Política
Avalie este item
(0 votos)
Prefeito de Itamarandiba se reúne com Secretário de Estado e cobra pavimentação do aeroporto local

Em meados de 2013, o Juiz de Direito da Comarca de Itamarandiba, atendendo pedido da Prefeitura Municipal, homologou a desapropriação de 28.5 hectares de terra que até então estavam em nome da empresa Aperam BioEnergia. Essa área refere-se ao local onde se encontra o aeroporto de Itamarandiba.

De acordo com o Prefeito itamarandibano, Erildo Gomes, o pedido de desapropriação da área foi apenas uma das etapas para que o município consiga buscar recursos que viabilizem a estruturação do local. Ou seja, outras ações devem ser feitas.

E uma delas já está sendo executada. Isso porque no último dia 24 de abril, o Prefeito, Erildo Gomes, esteve em Belo Horizonte para se reunir com o Secretário de Estado de Governo, Sr. Danilo de Castro, tendo como assunto central a pavimentação do aeroporto de Itamarandiba.

Com vasta documentação em mãos, o Prefeito Erildo ressaltou a importância da obra para a região e solicitou que o governo do Estado faça o asfaltamento do aeroporto, o qual, segundo o chefe do executivo municipal, atende cerca de 10 municípios que juntos totalizam uma população regional de aproximadamente 95 mil pessoas.

“É inacreditável, mas, é a realidade; não temos sequer um aeroporto asfaltado para atender aos municípios da região. Assim, pessoas que necessitam de um deslocamento urgente, seja ele decorrente de doenças ou não, políticos, empresários e possíveis investidores, para usarem o aeroporto mais próximo são obrigados a percorrerem mais de 50 km de estrada de terra; estas muitas das vezes em péssimas condições de uso.”, desabafou Gomes.

Destacando que a obra terá investimento relativamente baixo, uma vez que a topografia do local, o cascalhamento e a compactação do solo estão em excelentes condições de uso, o Prefeito Erildo Gomes pediu que o Secretário Danilo de Castro atentasse aos benefícios que a Capital Brasileira do Eucalipto e Mineira do Mel, bem como as empresas regionais, terão com a pavimentação. “Na realidade precisamos asfaltar 1 km da estrada que liga a MG-117 até o aeroporto e a pista do mesmo que é de 1.600 metros. Além, é claro, do custeio do projeto de execução.”, diz Erildo Gomes.

Fonte: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

 

Avalie este item
(0 votos)
Vereadores cobram quanto a má qualidade de serviços prestados pela Copanor e constantes quedas de energia por parte da Cemig

Após manifestação de repúdio à CEMIG enviada pelo legislativo municipal, a empresa presta esclarecimentos quanto às constantes quedas de energia

Na tarde de segunda-feira (31/03), foi realizada uma reunião, na Câmara Municipal de Itamarandiba, com representantes da CEMIG, do poder legislativo e executivo, para cobrar melhorias na prestação de serviço por parte da empresa fornecedora de energia elétrica. Apesar do esforço, a empresa está deixando muito a desejar, com os picos e a qualidade de energia que chega a Itamarandiba.
O Presidente da Câmara relatou que as constantes quedas de energia voltaram como era há alguns meses atrás, sempre no período da noite por volta das 19hs. Com isso, devido à cobrança por parte da população e a má prestação de serviço oferecido pela CEMIG, todos os vereadores fizeram uma nota de repúdio à empresa de energia elétrica.
Na reunião, vários assuntos foram discutidos, mas o principal foi o início das obras da subestação de energia, que já está em andamento, com o alargamento de 40 metros da rede elétrica nas plantações de eucalipto, o mapeamento da área e local onde será implantada a subestação. Porém, para avançar com a implantação, alguns obstáculos estão surgindo como a passagem das linhas de transmissão em terrenos particulares. Alguns proprietários destes terrenos, têm colocado empecilho à passagem das linhas, impossibilitando o progresso do município.
Entre as 18 e 22hs é um horário nacional de picos de energia, devido à grande maioria dos aparelhos ligados neste horário, além da iluminação dos postes, ligados ao mesmo tempo, fazendo com que os cabos abaixem e choquem com as arvores de eucalipto, causando constantes quedas de energia no período da tarde/noite.
Os vereadores relataram que os danos sofridos pela população com aparelhos queimados estão sendo constantes, e com isso, a população revoltada cobra do Executivo e Legislativo uma resposta, além de mostrar a sua indignação nas redes sociais. Com relação à queima de equipamentos, devido aos picos de energia, os clientes podem reclamar pelo telefone 116, e se for constatado que a perda do aparelho foi causada pelos piques de energia serão ressarcidos os valores do aparelho danificado.
Na oportunidade estiveram presentes o Presidente da Câmara, Eduardo Moreira, o Prefeito Municipal, Erildo Gomes, o Presidente da ACIAI/CDL, Betlei Breno, o diretor da ACIAI/CDL, José Edson Farnezzi, e os vereadores: Jacinto taxista, Ney Sena, Marquim Morais, Tõe do Ônibus, Tarcisio, Ciderley do Celular. Representando a CEMIG, estiveram presentes, Renaldo Vilela de Paula, Claudemiro Dantas Cunha, Valdete Cordeiro de Araújo e Tiago Ferreira da Cunha. 

  

 

 

 

 

 

 

Vereadores cobram soluções da COPANOR, quanto a má qualidade dos serviços prestados nas comunidades rurais de Itamarandiba

 

Foi realizada na manhã de segunda-feira (31/03), na Câmara dos Vereadores, uma reunião para tratar de assuntos em defesa da população itamarandibana. A reunião teve como principal objetivo discutir e buscar soluções aos inúmeros problemas enfrentados pela população local, em relação à prestação de serviço de fornecimento de água e tratamento de esgoto no município de Itamarandiba pela COPANOR.

Inicialmente inúmeras reclamações foram feitas por diversos vereadores que relataram problemas principalmente nas regiões do Contrato, pelo vereador Delei do Contrato, Padre João Afonso, pelo vereador Ney Sena, Santa Luzia e Várzea de Santo Antônio, pelo vereador Tôe do Ônibus, e Santa Joana, pelo vereador Marquim Morais e demais vereadores que demonstraram preocupação em relação ao descaso da empresa com a população dos distritos de Itamarandiba.

Pela COPANOR, o Sr. Robson Raimundo Magela Reis, afirmou que o problema ainda não foi solucionado, em razão da burocracia em regularizar as indenizações com os proprietários dos terrenos, onde serão feitas as obras. Ainda afirmou que foi expedido um decreto estadual, e que em agosto do corrente ano será possível  proceder com as indenizações aos proprietário, ainda que irregulares (sem o registro do imóvel). Informou ainda que neste semestre serão feitas as reavaliações de imóveis.

Pelo executivo municipal foi requerido adoção de providencia imediata, já que a população não pode ficar a mercê de regularização de burocracias, uma vez que a água que está sendo consumida é imprópria, além do esgoto estar sendo lançado nos rios municipais.

Pelos vereadores foi cobrado o posicionamento sobre as obras, solicitando ao Sr. Robson que intermedeie junto à empresa em favor da população, que vem sofrendo com a péssima prestação de serviço da COPANOR, que só trouxe problemas para os munícipes.

Vale ressaltar que na Câmara dos Vereadores foi aprovado em reunião ordinária e assinado por todos os vereadores, uma moção de repúdio à COPANOR, quanto a má qualidade dos serviços prestados pela empresa em Itamarandiba.

Participaram da reunião o Presidente da Câmara, Eduardo Moreira, o Prefeito Municipal, Erildo Gomes, e os vereadores: Delei do Contrato, Jacinto taxista, Ney Sena, Dila, Marquim Morais, Tõe do Ônibus e Tarcisio. Representando a COPANOR, esteve presente o Sr. Robson Raimundo Magela Reis, gerente de divisão de negociação de áreas da COPASA. Também participaram da reunião os proprietários de terra, Sr. João de Fátima Araújo, de Padre João Afonso, Antônio de Jesus, Jerônimo e Bernarda Rodrigues, do Contrato.

Avalie este item
(0 votos)
Prefeito de Itamarandiba assina convênio de 800 mil reais para pavimentação das Ruas Diamantina, Independência e Senhor Franklin

Na segunda quinzena de março, do corrente ano, o Prefeito de Itamarandiba, Erildo Gomes, esteve na Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), para assinar convênio do Programa Pró-Município no valor de R$ 800.000,00 (oitocentos mil reais). Valor que será utilizado na pavimentação das Ruas Diamantina, Independência e Senhor Franklin. “O Pró-Município é um programa do Governo do Estado que auxilia os municípios mineiros. Após elaboração de projeto e muitas idas e vindas à Cidade Administrativa conseguimos a contemplação de 800 mil reais para realizar obra de pavimentação em três das mais movimentadas vias de Itamarandiba. E não é de hoje que elas necessitam de uma obra grandiosa como a que iremos executar.”, comentou Gomes.

A 1ª parcela do convênio, 560 mil reais, foi depositada na conta do município no dia 10 de abril. Com a chegada do dinheiro, o Prefeito Municipal, Erildo Gomes, informou que o próximo passo é elaborar o processo licitatório da obra. “Estamos muito felizes com essa conquista para a população. Com o dinheiro, já em caixa, vamos licitar e executar uma das mais importantes obras de pavimentação do nosso município. As Ruas Diamantina, Independência e Senhor Franklin são vias que há anos vivem de operação tapa buracos. Agora iremos refazê-las num todo.”, reiterou Erildo.

Além da pavimentação, em alguns pontos dessas ruas, a Prefeitura Municipal irá fazer e/ou refazer a rede pluvial.

Fonte:ASCOM: Prefeitura Municipal de Itamarandiba
 

Avalie este item
(0 votos)
Falta de efetivo policial, crescimento do tráfico de drogas e aumento da violência são temas da Audiência Pública da ALMG em Itamarandiba

Foi realizado na manhã desta segunda-feira, (14/04), na Câmara Municipal de Itamarandiba, uma Audiência Pública para debater o aumento da violência em nosso município e a falta de efetivo policial além do crescimento do tráfico de drogas.
Diversos temas foram abordados pela Comissão de Segurança Pública e população presente, como o deslocamento de viaturas para o plantão regionalizado na cidade vizinha Capelinha e a possível mudança da cidade de Aricanduva para Capelinha.
O autor do requerimento, deputado Sargento Rodrigues relatou sobre o crescimento de homicídios, roubo a mão armada e tráfico de drogas. Também explicou que é preocupante o plantão policial apenas em Capelinha, distante da cidade 50 quilômetros por estrada de terra. Conforme o parlamentar, em ocorrências com flagrante após as 18 horas, os policiais são obrigados a se deslocar, deixando Itamarandiba desguarnecida.
Com uma Audiência Pública bastante participativa por parte da população e autoridades presentes, foram muitos problemas levantados, além de sugestões para ações futuras.
Participaram da audiência o deputado Sargento Rodrigues, deputado Wander Borges, deputado Adelmo Leão, Prefeito de Itamarandiba, Erildo Gomes, Presidente da Câmara, Eduardo Moreira, representantes da polícia Civil e Militar, vereadores, comerciantes locais, advogados, estudantes e outros segmentos da sociedade.


 

Avalie este item
(0 votos)
Grupo de cidadãos colocam o pé na estrada e realiza projeto sobre a importância do asfaltamento da MG-214

O Grupo Democraticamente Correto fundado em outubro de 2012 tem o objetivo de elevar os níveis de conhecimento e participação política do cidadão, através de programas e projetos de intervenção junto à comunidade e escolas. O Grupo também se faz presente nas reuniões semanais da Câmara Municipal de Itamarandiba com a finalidade de acompanhar as votações dos projetos de nossa cidade. Os integrantes ainda participam de reuniões periódicas, e atualmente estão trabalhando no projeto “MG-214”.

Após o anúncio da liberação da licitação para o asfaltamento do trecho da MG-214 que foi uma grande conquista para as cidades da região, está sendo realizado um trabalho elaborado pelo grupo com o objetivo de mostrar a dificuldade do acesso dos moradores da zona rural à Itamarandiba e os prejuízos causados ao comércio pelo não asfaltamento da MG-214. O projeto também tem como objetivo sensibilizar as autoridades sobre a necessidade do asfaltamento do trecho, cobrando a realização da obra asfáltica e denunciar a situação de abandono nos últimos anos.

Vários integrantes botaram o pé na estrada e estão registrando com filmagens e fotografias o trecho Itamrandiba-Senador Modestino Gonçalves, colhendo depoimentos de moradores da zona rural e também de caminhoneiros que trafegam pelo local.

Após o termino do trabalho o grupo irá divulgar o vídeo contendo os depoimentos dos moradores da zona rural e comerciantes, relatando dificuldades enfrentadas em todos esses anos com muita poeira e péssimas condições das estradas.

Clique aqui e veja o projeto na integra:
http://www.democraticamentecorreto.org/#!br-214/c1y8h
 

  

Avalie este item
(0 votos)
Reunião na Câmara dos Vereadores recebe presença ilustre da vereadora Maria Diva de Minas Novas e vereador suplente Tarcisio do PT

Em reunião Ordinária realizada na noite desta sexta-feira, (28/03), na Câmara Municipal de Itamarandiba, foi marcada pela ilustre presença da vereadora com atuação na cidade de Minas Novas, a Sra. Maria Diva Primo Soares.

Após os trabalhos e as discussões em pauta na Câmara, a vereadora Sra. Maria Diva, disse que se sentiu muito honrada por estar mais uma vês na cidade, já que anteriormente esteve presente na reunião do recolhimento das assinaturas do “Assine Mais Saúde” no ano de 2013. “Sinto-me muito bem e feliz por estar aqui, quero agradecer a Itamarandiba pelo acolhimento pelos meus dois filhos “Lú e Dú” da Auto Escola Itamarandiba. A reunião de hoje serviu para ampliar meus conhecimentos e com certeza estou levando muita coisa boa comigo, irei convidar o Presidente desta Casa, Eduardo Moreira e demais vereadores para participarem das nossas reuniões para interação de conhecimento”. Relatou a vereadora.

A reunião que sofreu com algumas interrupções devido às quedas de energia elétrica, teve vários assuntos colocados em pauta como cobranças em relação aos serviços prestados pela Copanor, nas comunidades rurais do município e diversas indicações, foi marcada também pela presença do suplente da bancada do PT – Partido dos Trabalhadores, o vereador Sr. Tarcisio Vieira Rocha, que legislará entre os dias 28/03 à 12/04, no lugar do vereador José Adauto Carneiro, que pediu licença entre os dias 14/03 à 12/04.

 
 

 

{{galo}} {{face}} {{zero}}
HomePolítica