Política
Avalie este item
(0 votos)
Implantação do Instituto Federal do Norte de Minas (IFNMG) em Itamarandiba deve acontecer no ano de 2015, mas cursos estão previstos para começar em novembro deste ano

Em reunião no gabinete do Prefeito Erildo Gomes, na tarde desta quarta-feira, 3 de setembro, a Prefeitura Municipal de Itamarandiba e Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG), traçaram metas para a instalação de um campus do instituto na cidade.

Além do prefeito municipal, estiveram debatendo o assunto os representantes do IFNMG, pró-reitor de Desenvolvimento Institucional, Alisson Magalhães Castro, pró-reitor de Administração do IFNMG, Edmilson Cassani e o diretor geral do campus de Teófilo Otoni, Ronildo Félix, O Presidente da CâmaraMunicipal, Eduardo César Moreira, e os vereadores José Adauto Carneiro, Ciderley Nunes Cena e Jacinto de Fátia Alves, Secretária de Educação Jane Abreu e representante da Secretaria de Ação Social Sanyelle Araujo, além do líder político Ângelo Márcio.

Na oportunidade, foram tratados assuntos que levaram em um único objetivo: a implantação de uma unidade do IFNMG em Itamarandiba.

O Prefeito Erildo Gomes informou que a atual gestão municipal está apta a ajudar no que for necessário, inclusive, ressaltou que a Prefeitura em nenhum momento se opôs a dar apoio no decorrer dos procedimentos para que a unidade do IFNMG fosse implantada no nosso município. Erildo lembrou, ainda, que a Prefeitura e o Instituto já são parceiros e oferecem à população de Itamarandiba e região inúmeros cursos, dentre eles: pós-graduação em informática da educação, técnicos em alimentação escolar, em infraestrutura escolar, em secretaria escolar, em agente comunitário da saúde; e outros. “Estamos sempre à disposição para trazer e fazer o que for melhor para Itamarandiba e itamarandibanos. Já falei e repito, se é para o bem da nossa população não olho se é de partido A ou B. Queremos o melhor para nossa gente! Sendo assim, dentro das condições e responsabilidades, a Prefeitura se coloca totalmente a favor e comprometida na implantação da unidade do IFNMG em Itamarandiba.”, diz o Prefeito.

Para que isso aconteça três passos deverão ser tomados, o primeiro será o funcionamento do Bolsa-Formação/Pronatec, com cursos técnicos que serão ministrados em salas disponibilizadas pela Prefeitura como toda sua infraestrutura, com data prevista para o mês de novembro.

Na segunda fase, o município terá que doar um prédio para a instituição, para que possa servir como um centro de referência do IFNMG.

Na terceira fase a prefeitura terá que doar um terreno para a construção do campus, que será definitivo, mas com todo o custeio feito pela instituição, já que nas fases anteriores o município terá que arcar com grande parte dos gastos, com a terceira fase em andamento, o prédio doado na segunda fase voltará ao poder do município.

Para o ano de 2015, está prevista uma nova expansão do Instituto e a cidade de Itamarandiba está incluída no (PDI) Plano de Desenvolvimento e Expansão.

Outro fato que não pode ser ignorado foi a participação de líderes políticos de diferentes partidos e ideais, buscando um só objetivo que é a implantação do IFNMG, sendo um marco na história de Itamarandiba, para que o desenvolvimento e progresso da cidade possam acontecer, visando melhorias para a população itamarandibana.

Ângelo Márcio, participou da reunião e declarou a satisfação em fazer parte desse sonho que está sendo construído. “O dia 3 de setembro de 2014 foi um marco para história de Itamarandiba. Depois de cinco anos de muita luta, o sonho começa a se tornar realidade. Foram várias reuniões em Brasília, no Ministério da Educação, em Montes Claros, no Instituto Federal de Educação do Norte de Minas e, finalmente, o nosso projeto começa a ser implementado. Neste momento, quero agradecer às pessoas que fizeram parte desse projeto: o deputado Federal Leonardo Monteiro, os vereadores Ciderley e Guim Carneiro e os companheiros Gabriel e Toninho. Aproveito também para agradecer o nosso Prefeito Municipal com toda sua equipe e a Câmara Municipal de vereadores, que não estão medindo esforços para concretização do projeto,” relatou.
 

Avalie este item
(0 votos)
Vereador Ciderley do Celular conquista equipamentos para laboratório do Hospital de Itamarandiba

“Um mandato popular e participativo”

 

O vereador Ciderley do Celular vem realizando um trabalho respeitoso em seu mandato, com participação ativa na Câmara Municipal, tanto na cidade, como na zona rural. Prova disso são as constantes visitas às comunidades rurais em diversas associações do município, cujo lema é “Um mandato popular e participativo”.

Uma grande conquista do vereador é o recurso destinado ao Hospital Itamarandiba, conhecido como “Hospital velho”, no valor de R$143.000.00,00, por emenda de um deputado federal. Outra atuação importante realizada pelo vereador Ciderley foi a aquisição de equipamentos no valor de R$59.649,74 para o laboratório do Hospital Geraldo Ferreira Gandra, conhecido como “Hospital novo”. O recurso de emenda parlamentar por um deputado estadual foi utilizado na compra de um Microscópio Bionocular, Fotômetro de chama (centrífuga) e 14 computadores equipados de monitor LED 15,6 polegadas.

“Quero agradecer a todos por confiarem em meu trabalho, pois sempre estou lutando por uma saúde digna para todos como prometi antes de ser eleito. Vendo a necessidade da população, que vem sofrendo por um longo período por falta de atendimento laboratorial, me dispus a buscar recursos para que o problema fosse solucionado. Graças a Deus e ao meu esforço, obtive essa grande conquista de adquirir o valor de R$59.649,74 em equipamentos para o laboratório do Hospital Municipal”, disse o vereador Ciderley do Celular.

Também com papel de fiscalizador, o vereador Ciderley tem usado o mandato para lutar por uma saúde digna para todos. Esse fato pode ser confirmado através de um Boletim de Ocorrência feito pelo vereador quanto à falta de plantonista no Hospital de Itamarandiba (“Hospital velho”). O vereador foi solicitado por pacientes que aguardavam atendimento na portaria do hospital e presenciou várias pessoas de diversas faixas etárias e com vários tipos de doenças. O vereador se preocupou com o andamento da denúncia e encaminhou cópias do B.O. Para a Promotoria de Justiça, a qual tomou as devidas providências.

Para mais informações sobre o mandato do vereador acesse: www.ciderleyvereador.blogspot.com ou acompanhe suas ações no facebook: facebook.com/ciderleyvereador.

 


 

Avalie este item
(0 votos)
Queda no repasse do FPM e dívidas herdadas prejudicam município de Itamarandiba e Prefeito toma medidas drásticas

As constantes quedas no repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), feitos pelo Governo Federal, tem trazido enorme preocupação à grande maioria das prefeituras municipais do Brasil, dentre elas, a de Itamarandiba. Além da queda brusca, outro agravante que tem causado transtornos para a prefeitura itamarandibana, segundo o Prefeito Erildo Gomes, está relacionado a dívida de mais de 14 milhões de reais herdada de administrações anteriores.

Além de prejudicar em investimentos para a população, os prejuízos, vindo desses dois problemas, têm deixado a Prefeitura de Itamarandiba com grandes dificuldades a ponto de o Prefeito itamarandibano, Erildo Gomes, temer por não conseguir honrar as contas. Em entrevista exclusiva ao “Itamarandiba Hoje”, o Chefe do Executivo local explicou que para que isso não aconteça, ele teve que demitir servidores contratados, paralisar obras, rever acordos e convênios; além disso, ele não descartou a possibilidade de a Prefeitura começar a funcionar em meio expediente.

“A situação é muito incômoda e preocupante. O Governo Federal reduziu o repasse do FPM e para piorar herdamos uma dívida aproximada em 14 milhões de reais, a qual estamos fazendo de tudo para quitar. Resumindo: sem dinheiro do FPM e com dívidas a pagar não temos outra saída se não cortar gastos. E isso estamos fazendo! Dispensamos servidores, inclusive secretários, e os investimentos em infraestrutura, entre outros serviços, foram drasticamente reduzidos e a ordem do momento é priorizar apenas os serviços essenciais como limpeza pública e saúde.”, diz.

Segundo o Prefeito Erildo Gomes, outra situação que ajudou a Prefeitura a conviver com os graves problemas de ordem econômica foram as fortes chuvas que assolaram Itamarandiba no final de 2013, isto por que os gastos com a recuperação do município não estavam nas previsões orçamentárias da Prefeitura Municipal.

“Todos se recordam que recentemente Itamarandiba foi castigada por temporais até então nunca vistos na região. Dezenas de pontes, inúmeras casas, ruas e estradas foram danificadas ou totalmente destruídas. A recuperação do município foi realizada basicamente com recursos próprios, pois, o Governo prometeu, mas, liberou uma quantia que mal dava para reformar as ruas que foram destruídas.”, desabafou.
 

Avalie este item
(0 votos)
Candidato ao governo de Minas pelo PT, Fernando Pimentel, visita Carbonita e outras cidade do Vale do Jequitinhonha

Durante todo o dia de 23 de agosto, sábado, o candidato a governador pelo PT, Fernando Pimentel esteve em terras do Vale do Jequitinhonha. Logo pela manhã o candidato esteve na cidade de Capelinha juntamente com candidatos a deputados estaduais e federais e foram recebidos por várias lideranças locais como o prefeito de Angelândia e presidente da Associação dos Municípios do Alto Jequitinhonha (Amaje), Thiago Pimenta (PMDB) e também de vários prefeitos da região, O prefeito de Capelinha, Zezinho da Vitalina (PMDB); de Veredinha, Nei do Vino (PSD); de Leme do Prado e Irineu Gomes Soares (PMDB).

No período da tarde o candidato esteve na cidade de Carbonita onde foi recebido pelos líderes políticos da região como o prefeito, Marquinhos, presidente da Câmara, Zé Cocada, vereador, Mazinho entre outros.

Na ocasião várias pessoas estiveram presentes e puderam acompanhar o candidato em carreata. Também estiveram presentes membros da Associação dos defensores e Amigos da Serra Negra de Itamarandiba e lideranças partidárias da cidade vizinha.

Segundo Pimentel, em palavras na cidade de Capelinha, disse que vai fazer um governo descentralizado, em que cada região terá autonomia para definir quais são as suas prioridades. “Eu quero a sede do Idene (Instituto do Desenvolvimento do Norte de Minas) aqui e não lá na Cidade Administrativa com pessoas de Belo Horizonte definindo o que deve ser feito”, afirmou


 

Avalie este item
(0 votos)
Prefeitura e Câmara Municipal de Itamarandiba discutem viabilidade de criação de consórcio para gestão associada da iluminação pública

À pedido do Prefeito itamarandibano, Erildo Gomes, aconteceu no último dia 18 de agosto, na Câmara Municipal de Itamarandiba, uma reunião cuja pauta era a avaliação da necessidade de criação de um consórcio para gerenciamento da iluminação pública.

Além do Prefeito, Erildo Gomes, e do Presidente da Câmara Municipal de Itamarandiba, Eduardo Moreira, participaram do encontro, os vereadores itamarandibanos, Delei do Contrato, Sebastião Amaro e Ciderley Cena, servidores de vários departamentos da Prefeitura de Itamarandiba, Advogado Especialista em Direito Público, Sr. Heder Cafetá, representante do consórcio Brastempus Energia, Engenheiro Eletricista, Igor Braga Martins, e, ainda, representantes do município de Carbonita, o Gestor Fiscal da Prefeitura, Sr. Genival Freires, Presidente da Câmara, Sr. José de Jesus Morais (Cocada) e o vereador Américo Tadeu.

O Advogado, Heder Cafetá, explanou sobre a importância da criação do consórcio público e como enfrentar os problemas oriundos da determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel); a qual decidiu que a partir de janeiro de 2015 os ativos da iluminação pública passem a ser de responsabilidade das Prefeituras.

De acordo com Cafetá, existem 03 maneiras, mais viáveis, para amenizar a situação, sendo elas: 1ª) registro de preço; no qual prefeituras participam de compra conjunta, 2ª) a prefeitura faz contratação direta através de licitação e 3ª) através da criação de um consórcio; o qual, segundo ele, é o mais indicado por abranger várias prefeituras. “O consórcio é uma das alternativas. Quem define qual é a melhor saída é justamente o que estão promovendo aqui. Ou seja, a união da Prefeitura e Câmara Municipal.”, diz.

Enfatizando que a união dos municípios fortalece e barateia o serviço, o Engenheiro Eletricista, Igor Braga, assegurou que a grande vantagem em se criar um consórcio é a possibilidade de se aumentar a abrangência de números de pontos de iluminação pública e completou “com o consórcio existe a garantia de que um mesmo investimento geraria um melhor custo beneficio.”.

A determinação da Aneel tem trazido grandes preocupações aos gestores das municipalidades de todo o Estado de Minas Gerais a ponto de alguns, dentre eles o Prefeito de Itamarandiba, Erildo Gomes, e a Associação Mineira dos Municípios (AMM) se mobilizarem para tentar reverter a decisão. Contudo, o órgão diz estar amparado por Lei e que somente os Estados de Minas Gerais e São Paulo, ainda, não assumiram a iluminação pública. Inclusive tendo eles um prazo maior para se adequarem a determinação.

O Prefeito Erildo Gomes, tem demonstrado preocupação com a situação. Contudo, ele assegurou que a equipe do governo municipal vem tomando atitudes que tendem a contribuir na solução e busca de alternativas que amenizem o impacto financeiro que a questão trará aos cofres do município itamarandibano. “Tão qual se posicionou a AMM entendemos que essa medida é inconstitucional. Além do que a situação financeira da grande maioria dos municípios não está nada boa. Para piorar vamos ter que assumir, a partir de 1º de janeiro de 2015, a manutenção, os reparos e as melhorias da iluminação pública. É obvio que muitos municípios não têm condições para isso! Nós estamos buscando alternativas e juntamente com os nobres vereadores chegaremos ao consenso de qual será a melhor forma de atender a esta demanda.”, argumentou Gomes.

Ao findar da reunião, ficou decidido que novos encontros serão agendados, inclusive com a presença de representantes de outros municípios para que o tema seja tratado de maneira mais ampla e levando em consideração as características de cada município.

Fonte: Ernane Frois ASCOM: Prefeitura M. de Itamarandiba


 

Avalie este item
(0 votos)
Vereadores Delei do Contrato, Tõe do ônibus e Jacinto Taxista cobram agilidade das obras da subestação de energia em Itamarandiba

Em busca de melhorias no fornecimento de energia para as famílias itamarandibanas, os Vereadores Delei do Contrato, Tõe do ônibus e Jacinto Taxista estiveram em Belo Horizonte na sede da CEMIG, para cobrarem a agilidade do andamento das obras da construção da subestação de energia em Itamarandiba.

No dia 26 de maio, os vereadores foram recebidos pelo Gerente de Relacionamentos, engenheiro de comercialização, Sr. Daniel Brognaro Penido, e outros representantes da CEMIG. Na oportunidade, vários assuntos foram tratados, mas, o principal, foi o andamento das obras da subestação de energia.

Segundo os representantes da CEMIG, ficou definido o local onde se implantará a subestação, que será no final da Rua Laranjeira, a 700 metros das residências locais, na saída para o Distrito de Contrato. Entretanto, a empresa alega esbarrar em contratempos, uma vez que a rede precisa passar em terrenos particulares e está sendo estudado um meio para resolver a situação o quanto antes, devido à falta de diálogo por parte dos proprietários de terra.

“Nós, vereadores, queremos o melhor para a nossa cidade, e como o papel do vereador é fiscalizar e cobrar, estamos fazendo a nossa parte. Estivemos com representantes da CEMIG para cobrar mais agilidade na execução das obras. Com a implantação da subestação, Itamarandiba ganhará com o desenvolvimento em atividades comerciais e demais áreas que necessitam de um fornecimento de energia com qualidade, e estamos de olho para que as obras não parem”, disseram os vereadores.
 

 

{{galo}} {{face}} {{zero}}
HomePolítica