Clínica Odontológica Karine Chaves: Aftas bucais: causas, diagnósticos e tratamento

Clínica Odontológica Karine Chaves: Aftas bucais: causas, diagnósticos e tratamento

Ago 06, 2018 Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

As incômodas aftas estão entre os tipos mais comuns de lesões orais e atingem boa parte da população mundial em algum momento da vida. Elas são pequenas úlceras dolorosas que aparecem na mucosa da cavidade bucal. Seu aspecto é de uma mancha esbranquiçada redonda com uma auréola avermelhada. É comum que se formem sobre o tecido macio, particularmente no interior do lábio ou da bochecha, sobre a língua ou no céu da boca e, raramente, na garganta, desaparecendo sem qualquer tratamento em poucos dias após o aparecimento, sem deixar qualquer marca ou sequelas (cicatrizes).

Ainda que se desconheça com exatidão a sua origem, no exame realizado e anamnese do paciente, apontam-se algumas possíveis causas para o aparecimento da lesão a ser tratada, como alguns alimentos mais condimentados, frutas cítricas/ácidas, stress, mudanças hormonais nos ciclos da mulher, alguma deficiência de vitamina, traumas mecânicos por pontas pontiagudas, escovas dentais, queimaduras por alimentos sólidos ou líquidos, predisposição genética familiar, refluxos estomacais, ansiedade, alguns medicamentos, substâncias cáusticas, vírus e bactérias.

Conforme já informamos não se conhece com precisão as suas principais causas, devendo-se ter um correto diagnóstico de aftas, com a orientação de um profissional da saúde, médicos/dentistas, pois existem outras patologias que se desenvolvem na cavidade bucal, que podem ser facilmente dada uma interpretação de uma lesão aftosa, sem no entanto ter a sua confirmação, como por exemplo, lesões labiais provocadas pelo vírus da herpes, que se apresentam na forma de vesículas superficiais, e a sífilis, que no seu estágio inicial se apresenta como uma lesão bastante semelhante com a afta bucal. Sendo assim, é de suma importância a realização de uma consulta precoce ao dentista para que este possa investigar a etiologia do problema.

Na maioria dos casos, as aftas não requerem nenhum tratamento, e não há nada específico que você precise fazer para se livrar de uma dor de afta, porque geralmente irá curar por conta própria.  Se uma pessoa já está passando por este problema, existem remédios caseiros que podem ser usados para ajudar a aliviar a dor ou irritação causada pela ferida e acelerar a cura. Medicamentos tópicos aplicados diretamente sobre a ferida, antissépticos bucais e medicamentos orais podem aliviar a dor ou a inflamação. Evitar alimentos ácidos, como frutas cítricas ou alimentos picantes que podem agravar a dor. Escove os dentes suavemente e use escova com cerdas macias. Mas, caso a úlcera dure mais de duas semanas ou se repetir mais do que três vezes ao ano o paciente deve procurar o dentista o mais rápido possível. 

Leonice Eliene Alves de Azevedo - Acadêmica do curso de Odontologia da Faculdade Estadual de Montes Claros

 

Redação

O Vale Hoje - A mesma qualidade para diversas realidades!

Website.: www.ovalehoje.com.br E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

 

{{galo}} {{face}} {{zero}}
HomeNotícias da RegiãoClínica Odontológica Karine Chaves: Aftas bucais: causas, diagnósticos e tratamento