Notícias da Região
Avalie este item
(0 votos)
Prefeitura de Itamarandiba abre concurso com 77 vagas, salários variam de R$ 788,00 a R$ 7.145,46

...

Com a finalidade de preencher 77 vagas, a Prefeitura Municipal de Itamarandiba, em Minas Gerais, está promovendo o concurso público nº 001/2015, o qual conta com a organização da Absoluto RH. As oportunidades estão distribuídas entre cargos de todos os níveis de escolaridade.

Os cargos com vagas abertas são de Auxiliar de Obras e Serviços, Auxiliar de Serviços Gerais, Fiscal de Posturas, Pedreiro, Motorista CNH “B”, Oficial de Veículos e Máquinas Pesadas – Categoria A/D, Operador de Máquinas, Servente Escolar, Secretário Escolar, Escriturário, Fiscal de Tributos, Professor – Magistério, Técnico de Segurança do Trabalho, Técnico Agrícola, Técnico de Enfermagem, Técnico de Higiene Dental, Técnico de Informática, Técnico de Radiologia Médica, Especialista em Educação, Procurador, Professor, Médico Clínico Geral, Analista Ambiental, Assistente Social, Bioquímico, Contador, Enfermeiro, Engenheiro Civil, Médico Ginecologista/Obstetrícia, Médico Ortopedista, Médico Pediatra e Psicólogo. O salário mensal varia de R$ 788,00 a R$ 7.145,46

Os interessados poderão se inscrever pela internet, por meio do site www.absolutorhconcursos.com.br, no período de 15 de fevereiro até 16 de março de 2016. A taxa de participação varia entre R$ 30,00 e R$ 80,00.

As Provas Objetivas, de caráter classificatório e eliminatório, serão aplicadas nos dias 30 de abril e 1º de maio de 2016. Os locais e horários serão divulgados no quadro de avisos da Prefeitura Municipal de Itamarandiba e no endereço eletrônico da organizadora.

Para os cargos de Oficial de Veículos e Máquinas Pesadas (Operador de Máquinas) e Oficial de Veículos e Máquinas Pesadas (Categoria A/D), também haverá Provas Práticas, de caráter classificatório, sendo automaticamente reprovado o candidato que não comparecer na data prevista.

Edital Concurso Itamarandiba 2015 http://www.confiraconcursos.com/leitor-pdf/?edital=jc1yLF

Avalie este item
(0 votos)
Cartório de Itamarandiba é pioneiro no Vale do Jequitinhonha na emissão de certidão de nascimento com CPF para recém-nascido

O Cartório de Registro Civil, localizado na Rua Capitão Paula, nº 122, região central de Itamarandiba, já está emitindo certidão de nascimento com o número de Cadastro de Pessoa Física (CPF) para recém-nascidos.

De acordo com a Oficiala da serventia, Dra. Flavia Pignaton, o órgão itamarandibano é o primeiro cartório do Vale do Jequitinhonha a oferecer gratuitamente o serviço. Orgulhosa do feito, ela explicou que a iniciativa é reflexo de um convênio firmado entre a serventia e a Receita Federal e fez questão de divulgar a boa nova para a população do município. “A partir de hoje estamos habilitados a emitir o CPF acoplado à certidão de nascimento. Por sermos o primeiro cartório do Vale do Jequitinhonha a oferecer relevante serviço gostaria de compartilhar esse orgulho com todos os itamarandibanos.”, relatou Pignaton.

A pequena Júlia Emanuelle, filha de Walterlicio G. Honório e Edina L. Lages, foi a primeira itamarandibana a ter o CPF emitido junto com o registro. Com o serviço, prestado de forma gratuita, a família poderá usufruir de maneira tranquila dos benefícios que o novo procedimento pode ofertar; dentre eles: facilitar a vida do cidadão, evitando fraudes e problemas relacionados a homônimos, e agilizar o acesso a serviços públicos e benefícios sociais.

Fonte: Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Avalie este item
(0 votos)
Associação dos Moradores do Bairro Bom Jesus – AMBJE registra a segunda etapa da regularização fundiária

No dia 02 de dezembro, foi registrado perante o Cartório do Registro de Imóveis de Itamarandiba a 2ª Etapa da Regularização Fundiária do Bairro Bom Jesus, ação de iniciativa da Associação dos Moradores do Bairro Bom Jesus em parceria com o advogado Luiz Fernando Alves.

Nesta etapa foram registrados 1.065 imóveis que até então não tinham registros, procedimento que beneficiará toda a população do Bairro. Somados aos 246 imóveis regularizados na primeira etapa, o Bairro Bom Jesus conta hoje com 1.311 imóveis regularizados, aptos a serem registrados pelos seus proprietários.

Foram mais de quatro anos de trabalhos, incluindo levantamento de dados, medições, confecção de mapas e memoriais descritivos, regularização de documentos, retificação de área, aprovação na Prefeitura e registro em Cartório.

Fruto da parceria entre Associação dos Moradores, o advogado Luiz Fernando Alves e apoio determinante do Município de Itamarandiba, a etapa registrada corresponde a maior regularização fundiária realizada por uma Associação no estado de Minas Gerais.

"Temos que agradecer a AMBJE pelo apoio que deu a esta causa, a maior regularização fundiária do Estado. Hoje em Itamarandiba podemos nos orgulhar de termos iniciado e concluído um trabalho decente e com a participação popular", disse o advogado autor do procedimento, Luiz Fernando Alves

O presidente da Associação, Sr. Walber Miranda Santos lembrou: "o nosso sonho, enquanto moradores do Bairro, era ter a escritura registrada do nosso imóvel, pois assim podemos comprar, vender, financiar e construir com segurança.  A Regularização Fundiária é mais um sonho concretizado pela AMBJE"

Agora só resta outorgar as escrituras para os proprietários dos imóveis, procedimento rápido, segundo o advogado da AMBJE.

No momento aguarda-se apenas a aprovação de um Projeto de Lei na Câmara dos Vereadores para viabilizar as transferências, projeto que vai ser votado dia 10/12, às 14:00 horas, na Câmara Municipal. Se aprovado, o Projeto de Lei reduzirá em até 60% (sessenta por cento) as despesas para a Regularização Fundiária dos imóveis.

Maiores informações poderão ser obtidas nas reuniões da AMBJE ou pelo site http://ambje.blogspot.com.br/p/projeto-bairro-leal-regularizacao.html

 
Avalie este item
(0 votos)
Secretaria de Fazenda de Minas Gerais divulga tabela do IPVA 2016

A Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais divulgou nesta terça-feira (1/12) a tabela e o cronograma de pagamentos do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2016. A escala começa no dia 13 de janeiro para os veículos com placas de finais 1 e 2.

O contribuinte que decidir quitar o imposto à vista terá 3% de desconto. O valor da Taxa de Licenciamento, com vencimento em 31 de março de 2016, é de R$ 85,81. Os agentes arrecadadores já estão aptos a receber os dois tributos.

Na comparação com 2015, a base de cálculo adotada para a apuração do imposto em 2016 sofreu uma redução média de 3,3%. Já as alíquotas não sofreram alteração. A tabela com os valores está disponível no Diário Eletrônico da SEF.

De acordo com o subsecretário da Receita Estadual, João Alberto Vizzotto, a frota - apurada em outubro - aumentou em 395 mil (4,56%) veículos e chegou a 9 milhões. Na comparação com 2015, isso representa um incremento de R$ 547 milhões (14,19%) no valor emitido do IPVA 2016, que é de R$ 4,4 bilhões. O valor total emitido da Taxa de Licenciamento é de R$ 787 milhões, o que representa aumento de R$ 107 milhões, em relação a 2015.

A apuração do valor venal da frota, que serve de base para o cálculo do IPVA, foi feita por técnicos da Secretaria de Estado de Fazenda, subsidiada por pesquisa de mercado da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), do Departamento de Economia da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP).

Destinação

Durante a apresentação dos dados, o subsecretário Vizzotto ressaltou que o IPVA não tem vinculação direta com estradas ou trânsito. Ele explicou que a confusão se faz porque o imposto substituiu a antiga Taxa Rodoviária Única.

Atualmente, do valor apurado com o IPVA, 20% são repassados ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb), 40% são destinados ao caixa único do Estado e 40% vão para o município de licenciamento do veículo.

Pagamento

Os contribuintes terão a opção de pagar o IPVA em cota única, com desconto de 3% ou em três parcelas, nos meses de janeiro, fevereiro e março. O valor mínimo do imposto para parcelamento é de R$ 150.

O pagamento, incluindo a Taxa de Licenciamento, poderá ser feito a partir desta terça-feira (1/12), diretamente nos terminais de autoatendimento ou nos guichês de caixa dos agentes arrecadadores autorizados. Para isso, basta informar o número do Renavam do veículo. A emissão da guia de arrecadação do IPVA poderá ser feita pelo site da SEF, nas repartições fazendárias e Unidades de Atendimento Integrado (UAI).

Os agentes arrecadadores autorizados a receber os tributos são Banco do Brasil, Mais BB, Banco Postal, Bradesco, Itaú-Unibanco, SICOOB, Mercantil do Brasil, HSBC, Caixa Econômica Federal, Casas Lotéricas e Santander.

O não pagamento do IPVA nos prazos estabelecidos gera multa de 0,3% ao dia (até o 30º dia), e de 20% após o 30º dia. Os juros são calculados sobre o valor do imposto ou das parcelas, acrescido da multa, pela taxa referencial do Sistema Especial de Liquidação e Custodia (Selic).

Para a Taxa de Licenciamento, a multa por pagamento em atraso é de 0,15% ao dia (até o 30º dia), 9% do 31º até o 60º e 12% a partir do 61º dia. Os juros também são calculados pela taxa Selic.

Informações

As consultas de valores do IPVA podem ser feitas pelo Renavam ou marca/modelo no site da SEF, pelo telefone 155 do LigMinas para todo o estado de Minas Gerais e por meio do aplicativo gratuito IPVA-MG para smartphones e tablets, disponível para baixar gratuitamente nas versões IOS, Android e Windows Phone.

Avalie este item
(0 votos)
Impostos pagos por brasileiros chegam a R$ 1,8 trilhão este ano

O valor pago pelos brasileiros neste ano em impostos alcançou R$ 1,8 trilhão por volta das 12h30 deste sábado (21), segundo o “Impostômetro” da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

No ano passado, o mesmo valor foi alcançado 21 dias depois – o que aponta aumento da carga tributária, que tem gerado mais custos a empresas e cidadãos, segundo a ACSP. Em 2014, o painel ultrapassou a marca de R$ 1,8 trilhão no dia 7 de dezembro.

“Apesar do baixo nível de atividade, a alta dos preços vem fazendo com que a arrecadação cresça em valores nominais. Isso mostra que, a despeito da recessão, os consumidores continuam pagando muito imposto”, disse em nota Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo.

A marca de R$ 1,8 trilhão equivale ao montante pago em impostos, taxas e contribuições no país desde o primeiro dia do ano. O dinheiro é destinado à União, aos estados e aos municípios.

A previsão da ACSP é de que, no fim de 2015, o Impostômetro bata recorde e ultrapasse R$ 2 trilhões.

O Impostômetro completou uma década neste ano. O painel eletrônico que calcula a arrecadação em tempo real está instalado na sede da associação, na Rua Boa Vista, região central da capital paulista.

O objetivo da ferramenta é conscientizar o cidadão sobre a alta carga tributária e incentivá-lo a cobrar os governos por serviços públicos de qualidade.

Pelo portal www.impostometro.com.br, é possível descobrir o que dá para os governos fazerem com todo o dinheiro arrecadado. Por exemplo, quantas cestas básicas é possível fornecer, quantos postos de saúde podem ser construídos. No portal também é possível levantar os valores que as populações de cada estado e município brasileiro pagaram em tributos.

Fonte: G1

Avalie este item
(0 votos)
Chuva volta a cair com maior intensidade em Itamarandiba, confira a previsão para os próximos dias

Após dias secos e de bastante apreensão em Itamarandiba e região, a chuva voltou a cair, mas desta vez com maior intensidade.

A última vez que choveu em dias contínuos foi no mês de fevereiro, deste ano, de lá pra cá, houve algumas chuvas, mas apenas com duração de poucas horas.

Segundo informações do site Clima Tempo, a previsão é que chova ainda mais nos próximos dias. 

 

{{galo}} {{face}} {{zero}}
HomeNotícias da Região