Notícias da Região
Avalie este item
(0 votos)
Secretaria Municipal de Saúde de Itamarandiba disponibiliza Teste da Orelhinha no CEM - Centro de Especialidades Municipal

A Secretaria Municipal de Saúde está disponibilizando gratuitamente o Teste da Orelhinha. O equipamento para o exame foi adquirido pela Prefeitura de Itamarandiba, a fim de oferecer mais qualidade de vida aos pequenos cidadãos itamarandibanos. Foram investidos R$15.000,00 reais na compra do aparelho que está disponível no CEM - Centro de Especialidades Municipal.

 Teste da orelhinha

O teste da orelhinha, chamado de Emissões Otoacústicas, é um exame simples, rápido e sem dor, utilizado na identificação de perda auditiva em recém-nascidos. O teste da orelhinha deve ser realizado preferencialmente até os três meses de vida, para que a intervenção fonoaudiológica aconteça até os seis meses, possibilitando a criança desenvolver a linguagem de forma muito parecida a de uma criança ouvinte. De acordo com a lei nº 12.303, 2 de agosto de 2010 é obrigatório a realização do teste de orelhinha em todos os bebês. A incidência da surdez congênita é bastante alta quando comparada com outras doenças que podem ser encontradas em recém-nascidos.

O teste da orelhinha é realizado todas às sextas-feiras no período das 13 às 17 horas no CEM- (Centro de Especialidades Municipal) na Rua Tabelião Andrade, 90; Centro de Itamarandiba.

Vale ressaltar que os interessados devem procurar a unidade de saúde mais próxima e conversar com seu médico ou enfermeira, para solicitar o exame.

Avalie este item
(0 votos)
Agora é Lei! Órgãos Públicos estão proibidos de exigir reconhecimento de firma e autenticação de documentos

Foi recentemente sancionada a Lei Federal nº 13.726/2018, que tem por objetivo desburocratizar e simplificar o atendimento aos cidadãos nos órgãos públicos federais, estaduais e municipais.

A partir de agora os órgãos públicos não poderão exigir reconhecimento de firma, autenticação de cópia de documento, além de apresentação de certidão de nascimento, título de eleitor (exceto para votar ou registrar candidatura) e autorização com firma reconhecida para viagem de menor se os pais estiverem presentes no embarque.

Para viabilizar seu cumprimento, a nova legislação determina que o servidor deverá comparar a assinatura do cidadão com a assinatura que consta no documento de identidade oficial.

Já para a dispensa de autenticação de cópia de documento, deverá o servidor público comparar o original e a cópia.

Já a dispensa da apresentação da certidão de nascimento deverá ocorrer quando o cidadão apresentar sua carteira de identidade civil, identidade expedida por conselho de fiscalização profissional, carteira de trabalho por tempo de serviço - CTPS, entre outras.

Quando não for possível fazer a comprovação de regularidade da documentação, o cidadão poderá firmar declaração escrita atestando a veracidade das informações. Em caso de declaração falsa, haverá sanções administrativas, civis e penais (falsidade ideológica).

A lei também determina que os órgãos públicos não poderão mais exigir a apresentação de documento expedido por outra entidade ou órgão do mesmo poder e esfera de governo, com exceção da certidão de antecedentes criminais, informações sobre pessoa jurídica e outras expressamente previstas em lei.

Vale a pena conhecer a íntegra da Lei Federal nº 13.726/2018 para se inteirar melhor sobre seus direitos.

 

Sabrina Ferreira

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Avalie este item
(0 votos)
Acodef do Bairro Fazendinha e Centro Social Mali Martin têm projetos aprovados e receberão recursos da Fundação Aperam Acesita

As 10 organizações sociais do Vale do Jequitinhonha contempladas pelo Edital de Projetos da Fundação Aperam Acesita 2018/2019 já se preparam para executar as ações dos seus projetos. Na tarde da última quinta-feira (1º/11), no escritório da Aperam BioEnergia em Capelinha, os representantes das entidades selecionadas nesta edição assinaram os convênios que autorizam o repasse dos recursos e a realização das iniciativas.

Na sétima edição do Edital de Projetos, a Fundação Aperam Acesita selecionou no total 13 instituições sociais, que incluem também três entidades do Vale do Aço, localizadas nas áreas de atuação da Aperam South America. Os investimentos para esta edição somam aproximadamente R$ 130 mil. Em média, 2 mil pessoas serão beneficiadas pelos projetos.

O gestor de Responsabilidade Social da Aperam BioEnergia, Raimundo Lima, destacou os ganhos que o Edital de Projetos traz para o Vale do Jequitinhonha, viabilizado com o apoio da Empresa. “Temos orgulho em dizer que, nas últimas seis edições, alcançamos mais de 6 mil pessoas com os projetos realizados com recursos repassados pela Fundação Aperam. Isso representa a valorização dos moradores da nossa região e reforça as ações permanentes realizadas pela Aperam BioEnergia, que ao longo do tempo, promovem o desenvolvimento das nossas comunidades”, frisa Raimundo.

Educação

O projeto “Tocando em frente”, da Caixa Escolar Professora Ritinha Gomes, de Minas Novas está entre os projetos contemplados na edição 2018/2019 do Edital de Projetos. Voltadas para 48 alunos, divididos em duas turmas com idade entre 6 e 14 anos, as atividades serão realizadas de março a agosto de 2019. Incluem oficinas musicais de violão, instrumentos de sopro (flauta doce), percussão; e oficinas de danças e cantigas culturais, que despertem o interesse pela arte, cultura e meio ambiente.

Segundo a diretora da Escola Estadual de Ribeirão dos Santos e proponente do projeto Márcia Angélica Vieira, esta é a segunda vez que a unidade de ensino receberá atividades socioeducativas custeadas pelo Edital de Projetos da Fundação Aperam Acesita. “Esse recurso representa uma nova oportunidade de proporcionar aos nossos alunos novas  aprendizagens, habilidades com a música, dança e cultura, promovendo o desenvolvimento intelectual e social das crianças e adolescentes, com a expansão do período de permanência diária delas nas atividades da escola. Também aproxima os pais e toda comunidade escolar com participação efetiva nas atividades”, revela Márcia.

Trabalho e renda

A Associação dos Apicultores de Minas Novas (AAPIMN) também receberá recursos da sétima edição do Edital de Projetos da Fundação Aperam Acesita por meio do projeto aprovado “Trabalho, Renda e Sustentabilidade no Campo”. Com o apoio também da Aperam BioEnergia, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Minas Novas e Associação de Promoção e Apoio à Produção (Ascopi), a associação quer ampliar as oportunidades para mais moradores da cidade se tornarem apicultores.

O presidente da AAPIMN, José Júlio Lourenço Sampaio, conta que o projeto prevê a aquisição de colmeias, insumos e materiais necessários à atividade apícola, como indumentárias e algumas ferramentas indispensáveis para o manejo das colméias. “É motivo de muita alegria sermos contemplados pelo Edital da Fundação Aperam, pois cada pessoa que faz o curso de Apicultura, se associa à entidade e poderá ser beneficiado pelo projeto, se tornando um produtor em potencial, automaticamente trazendo renda para sua família e para o município. Assim, vamos desenvolvendo e fortalecendo a cadeia produtiva do mel em Minas Novas”, comemora José Júlio.

Desde 2012

Educar, gerar trabalho e renda, ensinar práticas sustentáveis, promover a inclusão social, a cidadania e o reconhecimento dos direitos humanos. Esses são os princípios que norteiam o Edital de Projetos da Fundação Aperam Acesita, que desde 2012 investe em projetos de organizações sociais do Vale do Jequitinhonha e do Vale do Aço. O objetivo é proporcionar melhorias das condições de vida para moradores das localidades de atuação da Aperam South America e da Aperam BioEnergia.

Avalie este item
(0 votos)
Aperam BioEnergia e Senar-MG promovem Curso de Brigadista de Emergência em Itamarandiba

As iniciativas de prevenção aos incêndios florestais realizadas pela Aperam BioEnergia ganham reforço como engajamento das comunidades. Além de conscientizar a população sobre formas de preservar as florestas e evitar incêndios, a Empresa viabilizou um curso de Brigadista de Emergência, pormeiodo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MG), para os residentes da Associação Amar e Renascer-Fazenda Aamar, de Itamarandiba.

De 23 a 27 de outubro, 11 residentes da instituição de acolhimento aprenderam técnicas de prevenção e com bate ao fogo, além de primeiros socorros. Comum a carga horária de 40horas, o curso também visa prevenir e reduzir os riscos de incêndios nas comunidades, explicando aos participantes as causas e os danos do fogo,esclarecendo também a diferença entre incêndio e queima controlada.

Segundo o gestor de Responsabilidade Social da Aperam BioEnergia, Raimundo Lima, o curso de Brigadista de Emergência complementa as ações realizadas pela Empresa. “A formação de brigadistas de emergência é uma das boas práticas que possuímos em nossa Empresa e conseguimos, juntamente com o Senar, levar a princípio para a Fazenda Aamar. Assim, podemos contar com mais pessoas capacitadas para ajudar a conter as causas de incêndios e proteger vidas”, explicaRaimundo.

 

Avicultura e Horta Caseira

Acriação de galinhas caipiras também foi atividade ministrada na unidade de Capelinha da Fazenda Aamar. O curso de Avicultura foi ministrado no período de 29 a 31 de outubro, para 12 residentes em tratamento na instituição de acolhimento. As técnicas ensinadas pelo Senar incluem práticas adequadas de manejo para criação de frangos, cuidados com meio ambiente e controle sanitário, coleta e seleção de ovos, dicas de higiene pessoal,além dos métodos de planejamento e gestão.

Na Comunidade do Grilo,também em Capelinha,12 moradores participaram do curso Horta Caseira ministrado entre os dias 25 e 27 de outubro. Em uma carga horária de 24 horas, os participantes aprenderam todas as etapas para o cultivo de horta de verduras, legumes, raízes e frutos em casa, além de técnicas e informações sobre produção de mudas e substratos, planejamento da horta, calendário de plantio e rotação de cultura e propagação vegetativa.

Avalie este item
(0 votos)
DrogaCenter agora é farmácia de manipulação, atendendo à população de Itamarandiba e região

A DrogaCenter, que já se destacava no ramo farmacêutico em Itamarandiba, incrementa sua oferta de serviços! A drogaria foi ampliada e agora também é farmácia de manipulação.

“No início do ano de 2017, observando as necessidades e as dificuldades dos itamarandibanos em ter acesso rápido e de baixo custo à medicamentos manipulados, começamos um novo projeto. Nesse mesmo ano, no pavimento superior à drogaria, iniciamos a instalação de um laboratório de manipulação. Ao longo do tempo, através de muito trabalho, dedicação e investimento, adquirimos vários materiais e equipamentos com os mais altos padrões de qualidade do mercado, para produção dos medicamentos manipulados. Adquirimos matérias-primas procedentes das melhores indústrias farmacêuticas do Brasil, tudo isso para que hoje pudéssemos oferecer à população de Itamarandiba e das cidades vizinhas, medicamentos manipulados de qualidade, seguros, eficientes e ao mesmo tempo com preço justo.”, relata Lucas, farmacêutico responsável técnico.

Com instalações próprias, a DrogaCenter produz os mais diversos tipos de medicamentos manipulados, tais como: cremes, pomadas, géis, medicamentos fitoterápicos, sachês, shampoos, xaropes, soluções capilares, fórmulas em cápsula em geral, dentre vários outros. Além da garantia de qualidade de seus produtos manipulados, a DrogaCenter assegura agilidade na entrega.

“Estamos plenamente realizados com essa grande conquista. Agradecemos a Deus, colaboradores e a todos que contribuíram para a concretização desse sonho. Acho importante salientar que hoje a DrogaCenter é a única farmácia da cidade que detém um laboratório de manipulação em suas instalações e, portanto, para você que deseja comprar um medicamento manipulado, não há necessidade de adquiri-lo em outra cidade, já que as despesas com o transporte aumentará, e muito, o custo do seu medicamento. Basta vir ou ligar para a DrogaCenter que seu pedido será entregue no dia seguinte, com o preço acessível.”, disse Zezinho Bié, proprietário.

Além da novidade que é a manipulação, a DrogaCenter informa que mantém seus descontos especiais nas compras, convênios com os melhores laboratórios do Brasil, medicamentos de graça pelo Programa Farmácia Popular e o convênio ePharma para funcionários e beneficiários da empresa Aperam.

Venha visitar a DrogaCenter ou faça seu pedido pelo telefone 3521 1419 ou pelo whatsapp 9 9746 1512.

Avalie este item
(0 votos)
Adilson Zaqueu Vieira é eleito Servidor do ano 2018 da Comarca de Itamarandiba

Em solenidade comemorativa, a Comarca de Itamarandiba elegeu, no último dia 26 de outubro de 2018, ADILSON ZAQUEU VIEIRA, Gerente de Secretaria, o “Servidor do Ano de 2018”, como forma de valorização do profissional e reconhecimento de seus méritos, obedecendo a critérios de produtividade, competência, assiduidade, criatividade, relacionamento com o público, atualização e reciclagem profissional.

Durante a cerimônia, foram feitas homenagens ao agraciado Adilson, oportunidade em que os servidores da Comarca de Itamarandiba ressaltaram importantes momentos de sua trajetória, destacando sua importância como líder à frente da secretaria do Juízo, sendo a escolha do “Servidor do Ano de 2018” um reconhecimento legítimo e justo.  

Na ocasião, além do homenageado e seus familiares, estiveram presentes o Juiz de Direito da Comarca de Itamarandiba, Roger Galino, servidores e demais membros da sociedade.

Pagina 5 de 100

 

{{galo}} {{face}} {{zero}}
HomeNotícias da Região