Notícias da Região
Avalie este item
(0 votos)
Clínica Odontológica Karine Chaves: Descubra qual o jeito certo de usar o fio dental

Muitos o negligenciam, mas usar o fio dental diariamente é tão importante quanto escovar os dentes. Isso porque, em conjunto com a escova, o fio também é um grande aliado na batalha contra o tártaro e as cáries, causadores da gengivite e do mau hálito.

Para destacar a importância do fio dental, explicamos como usá-lo adequadamente e quais são seus principais benefícios!

Jeito certo de usar

Como tudo na vida, o fio dental precisa ser usado corretamente para que cumpra seu objetivo. Então, segue o passo a passo para você não errar na hora da higienização!

  • Utilize entre 20 e 25 cm de fio, amarrando as extremidades nos dedos indicador e médio;
  • Segure firmemente a linha em volta do dente a ser limpo, de maneira que lembre a letra “C”;
  • Faça movimentos para a frente e para trás, buscando remover a sujeira, seguindo cuidadosamente as curvas dos dentes.

Antes ou depois?

Sempre surge a mesma dúvida quando pensamos no fio dental: ele deve ser usado antes ou depois da escovação? Geralmente, escovar os dentes primeiro é mais comum, mas, na verdade, a ordem não importa muito. O importante mesmo é realizar corretamente os procedimentos, tanto na escovação quanto no uso do fio dental. Essa é a forma mais adequada de remover a placa bacteriana, responsável por causar a cárie dentária.

A culpa não é dele

É comum as pessoas acharem que, se a gengiva sangra durante a higienização bucal, a culpa é do fio dental. E por isso, acabando dispensando seu uso. Mas, os sangramentos costumam acontecer por outros motivos: passar o fio muito rápido ou com muita força, por exemplo.

Gengiva em dia

Sabe aquela dor de dente que ás vezes resolve atacar? Ela pode ser facilmente evitada com uma rotina diária de limpeza que inclua o fio dental. Problemas da gengiva, como gengivite e periodontite, também entram nessa lista, já que acontecem por causa da falta do fio na higiene bucal.

Por isso, use e abuse do fio dental na sua rotina de saúde bucal e conquiste um sorriso mais saudável!

Karine Chaves de Oliveira

Cirurgiã Dentista-Especialista em implantes.

CRO-MG:34130

Avalie este item
(0 votos)
“Diz ser cria, mas...”  brincadeira viraliza nas redes sociais relembrando momentos marcantes da história de Itamarandiba e outras cidades

Como começou? Quem começou? Por onde começou? São algumas das perguntas que muita gente está fazendo para saber de onde veio a nova moda da internet, mais precisamente no Facebook. Ao que tudo indica, a brincadeira se iniciou em uma cidade chamada Tapes, no estado do Rio grande do Sul.

Iniciando frases com o bordão “Diz ser cria, mas...”, as pessoas estão lotando suas páginas no Facebook com divertidas recordações de suas cidades. O certo é que a moda pegou e desde o último fim de semana muita gente entrou na brincadeira.

Os Itamarandibanos não ficaram de fora e muitos relembram momentos nostálgicos, personalidades de Itamarandiba, lugares marcantes, costumes, e há aqueles que até mesmo enviaram indiretas como forma de críticas sobre alguns assuntos.

Sem dúvida, por aqui todos recordaram um passado que estava no esquecimento da população, como momentos ocorridos entre 20 e 60 anos atrás, sempre com muito bom humor e interação entre os internautas.

E você já fez o seu “Diz que é cria de Ita”?

Avalie este item
(0 votos)
Clínica Odontológica Municipal Alberto Veras Gomes: Técnicas e auxiliares de saúde bucal recebem certificado após conclusão do Treinamento de Biossegurança

O conhecimento de rotinas (POP – Procedimentos Operacionais Padrão) apropriadas de Biossegurança proporciona um ambiente de trabalho mais saudável, seguro e eficaz, para funcionários e população atendida.

Com esse objetivo, iniciou em novembro de 2017, o treinamento e reciclagem das técnicas e auxiliares de saúde bucal, da Clínica Odontológica Dr. Alberto Veras Gomes, ministrado pela Coordenadora e Técnica de Saúde Bucal Adalgisa da Glória Araújo, CROMG: 2640 e a cirugiã-dentista Wilhelmina Soares Fonseca Matos CROMG: 14995.

Na manhã desta segunda-feira, 05 de março de 2018, foi realizado o encerramento do treinamento, juntamente com a entrega dos certificados.

“Agradecemos a Deus, ao Sr. Prefeito Luís Fernando, o Vice-prefeito Sr. Lete Monteiro, ao secretário de saúde Toninho, Vicentinho e  funcionários da Clínica, pelo apoio e incentivo, para a conclusão deste trabalho.”. Disse Adalgisa da Glória Araújo.

Avalie este item
(0 votos)
Confira os ganhadores do Show de Prêmios da Mercearia São Paulo

Foi realizado neste sábado, 24, o sorteio do Show de Prêmios da Mercearia São Paulo. O proprietário Ney ao lado do locutor Lindauvo, realizou o sorteio com a presença de várias pessoas que acompanharam o resultado.

Durante todo dia houve muitas brincadeiras para a criançada, com distribuição de guloseima e pula-pula para diversão dos pequenos.

Confira a baixo a lista dos ganhadores:

1° TV 32: João Marcos, Rua Acre

2° Um ano de gás: Anália Vieira, Rua Campos Altos

3° Bicicleta: Cleuza Moreira, Dom Serafim

4° Microondas: Ataide, Rua Hortência

5° Panela elétrica: Maisa Madalena. Rua Jurema

6° Tanquinho: Alex, Rua Nô Carneiro

7° Liquidificador: Ana Clara, Rua Hortência 

Avalie este item
(0 votos)
Aperam BioEnergia: Sinalização facilita acesso de Itamarandiba à Lagoa do Bonga

Chegar à comunidade rural Lagoa do Bonga, em Itamarandiba, deixou de ser um problema para quem mora ou tem familiares na comunidade. O trajeto de 36 quilômetros, partindo do Centro da cidade à comunidade, recebeu 38 placas indicativas. Todo o projeto de sinalização da estrada foi elaborado e executado pela Aperam BioEnergia, conforme regras estabelecidas pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

A sinalização beneficia diretamente 14 famílias moradoras da comunidade. Um levantamento feito pela área de Relações com as Comunidades da Aperam BioEnergia apontou a necessidade e orientou a criação de um projeto de sinalização para atender às necessidades da comunidade.

“Relatos de moradores e visitantes da Lagoa do Bonga reforçaram a dificuldade de chegar à comunidade ao anoitecer e, principalmente, orientar os visitantes quanto a forma de acesso ao local”, esclareceu o gestor de Relações com as Comunidades da Aperam BioEnergia, Raimundo Lima.

O agricultor e presidente da associação de moradores da Comunidade Lagoa do Bonga, José Adão Gonçalves, de 54 anos, morou a maior parte da sua vida na localidade. Hoje reside em Carbonita, mas mantém o terreno na comunidade. “Já coloquei placas para ajudar sinalizar o local, com o apoio da Prefeitura, mas com o passar do tempo, as placas foram danificadas”, conta.

“Conheço bem a estrada e mesmo assim já me perdi diversas vezes. Já tive até que dormir no carro e esperar o dia amanhecer para tentar chegar à comunidade no dia seguinte. A Aperam BioEnergia fez um trabalho excelente, que será mantido por todos os moradores”, revela José Adão.

Boas condições

A estrada de Itamarandiba à comunidade Lagoa do Bonga, assim como as demais estradas rurais de toda região de atuação da Aperam BioEnergia, recebem manutenção da Empresa regularmente para garantir boa condições para tráfego. O objetivo é promover intervenções necessárias que possam contribuir para o desenvolvimento socioeconômico e equilíbrio ambiental da região.

 

Avalie este item
(0 votos)
R$ 1,51 e R$ 1,73 são os preços comercializados pela Petrobras na gasolina e diesel, mas até chegar ao consumidor cerca 45% são impostos estaduais e federais

A Petrobras passou a divulgar o valor em reais da gasolina e do diesel nas refinarias. A ideia é deixar claro para o consumidor como é formado o preço cobrado nas bombas.

O valor que a Petrobras cobra na porta da refinaria agora está no site da empresa. Nesta segunda-feira (19), por exemplo, está escrito que, com o reajuste que entrará em vigor na terça-feira (20), o preço médio do litro da gasolina, sem tributos, comercializado pela Petrobras será de R$ 1,51 e o do litro do diesel será de R$ 1,73.

Mas daí até chegar aos postos, quanta diferença.

Com a divulgação do valor cobrado pelos combustíveis nas refinarias, a Petrobras quer mostrar qual é a parte dela no aumento dos preços. De acordo com a empresa, de outubro para cá, por exemplo, o preço da gasolina nas refinarias subiu R$ 0,09. Enquanto isso, nesse mesmo período, o preço da gasolina nos postos, para os motoristas subiu R$ 0,54, ou seja, seis vezes mais.

O consumidor tem razão. De todos os itens que compõem o preço da gasolina, os impostos têm o maior peso no valor final.

Os impostos estaduais e federais representam em média 45% do preço da gasolina na bomba.

O governo federal entrou com uma representação no Cade, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica, para investigar uma possível combinação entre postos de gasolina, que estariam mantendo os preços elevados.

“É tudo o mesmo preço em uma área. Então deve ser que eles combinam”, diz a aposentada Ana Cristina Carvalho.

O Sindicato de Donos de Postos do Rio nega a existência de cartel.

“O mercado de combustíveis é um mercado de preços livres. O consumidor brasileiro tem muitas opções. A cada quilômetro, ele encontra um posto de combustíveis”, diz Cida Schneider, presidente do Sindicado dos Donos de Postos do Rio de Janeiro.

Para Alfredo Renault, especialista em petróleo da PUC-RJ, a decisão da Petrobras pode ajudar o consumidor a entender o salto dos preços, mas não resolve o problema dos abusos.

“É, agora ficou mais transparente. Nós temos não só o preço que sai da Petrobras, carga tributária, custo de distribuição e a margem do posto de gasolina. E obviamente nós sabemos que em alguns lugares este mercado tem desvios de relevância, que são questões vinculadas à defesa do consumidor e não ao setor de combustíveis”, explicou.

“Me parece que são muito dos impostos e um pouco do empresário, que quer tirar um pouquinho dessa vantagem em cima de nós brasileiros”, diz um consumidor. 

Fonte: G1

 

{{galo}} {{face}} {{zero}}
HomeNotícias da Região