Notícias da Região
Avalie este item
(0 votos)
Cultura do urucum ganha espaço em Itamarandiba e Prefeitura estimula o cultivo com a distribuição gratuita de mudas de qualidade aos pequenos agricultores

O urucum já é um “ouro vermelho”, sendo demandado principalmente pela indústria alimentícia, cosmética, farmacêutica e têxtil. Atualmente os estados de São Paulo, Rondônia e Bahia lideram a produção nacional. Entretanto, resultados do Censo Agro, do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), realizado no ano de 2017, confirmaram a crescente vocação da região de Itamarandiba na produção de urucum. De acordo com os dados divulgados pelo Instituto em 2018, a nova microrregião produtora reúne, ao menos, 10 municipalidades que já lideram a produção em Minas Gerais; sendo Felício dos Santos, município limítrofe à Itamarandiba, o maior produtor do estado.

Com apoio da Secretaria Municipal de Agricultura, que tem acompanhado e estimulado de perto o incremento do cultivo no município, a produção em Itamarandiba já alcança mais de duas (02) toneladas de sementes. “Estamos a incentivar nossos produtores com o plantio de mudas de qualidade para que despertem para essa nova cultura que já se revela promissora na região. Temos tudo para converter o município em um grande produtor, o clima contribui e nossos produtores já abraçaram a ideia. Itamarandiba já é o décimo município em número de propriedades com o cultivo de urucum no estado e nossa meta é avançar gradativamente com a distribuição de mudas e consolidar essa vocação.”, explicou o gerente municipal de agricultura, engenheiro agrônomo, Herculano Gusmão.

À frente do projeto de incentivo à produção de urucum na região, Gusmão ressaltou, ainda, que tão logo houve a identificação da expansão do cultivo no território itamarandibano, ainda em 2017, a Prefeitura adquiriu sementes de qualidade da variedade urucum piave e de imediato deu início a formação das mudas no próprio viveiro municipal. “Com esse trabalho, a Prefeitura já distribuiu, gratuitamente, mais de 22 mil mudas do fruto aos pequenos produtores das diversas localidades rurais do município.”, diz.  

Já o prefeito itamarandibano, Luiz Fernando Alves, argumentou que Itamarandiba possui base territorial extensa e com diferentes microclimas que permite a aposta em outros cultivos; nesse sentido, ele destaca que incentivar e incrementar métodos que fomentam a agricultura familiar sempre fará parte do plano de governo da atual gestão municipal. “Estamos localizados em uma área que nos permite investir em novas culturas produtivas. O urucum tem sido um exemplo marcante disso; muito embora a produção ainda seja modesta se comparada a de municípios vizinhos. Entretanto, o fato é que Itamarandiba está ao centro de uma microrregião produtora e o estímulo aos produtores rurais na diversificação da produção na pequena propriedade fortalece a agricultura familiar. E é justamente isso que propomos e estamos a fazer.”, enfatizou Alves.

Para mais informações quanto ao apoio ofertado pela Prefeitura, bem como ao cultivo do urucum, os pequenos produtores rurais de Itamarandiba podem procurar a Secretaria Municipal de Agricultura, situada à Praça Dr. Afonso Pavie, 120, centro, ao lado da Igreja do Rosário.

Fonte: Ernane Frois Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Avalie este item
(0 votos)
Paróquia São Sebastião inicia a demolição da Igreja para construção da nova Matriz de São Sebastião

Quem passar pela praça de São Sebastião nos últimos dias vai perceber que a praça está diferente: A Igreja foi demolida e o terreno será preparado para a fundação da futura Matriz, já que a pequena Igreja de São Sebastião não tinha o espaço suficiente para acolher todos os fiéis.

Desde que foi criada no ano de 2014, a Paróquia de São Sebastião tem trabalhado para sua estruturação, primeiro foi concluída a Construção da Casa e Escritório Paroquial e agora inicia-se a construção da nova Matriz.
Na oportunidade a Paróquia faz um apelo a todas as pessoas que de alguma forma queiram ajudar nesse grande projeto, basta entrar em contato no (38) 35212508.
 
"Tenho Certeza que vamos vencer essa etapa, não é o Padre que vai construir a igreja, eu sozinho não posso nada, é o povo que vai construir, essa obra é do Povo de Deus" disse o Padre Matusalém
Pároco da Paróquia São Sebastião.
 
----------------------------------------
Paróquia São Sebastião
Caixa Econômica Federal
Agência: 3846
Conta:01300003042-2 ( poupança)

 

Avalie este item
(0 votos)
Direito em Destaque: Sócio de empresa responde por dívidas trabalhistas?

Dentre as mais de uma centena de modificações realizadas no ano de 2017 pela chamada Reforma Trabalhista pode-se citar aquela que sem dúvidas trouxe maior segurança jurídica ao empresário quanto aos limites de sua responsabilidade trabalhista após decidir deixar uma sociedade empresária.

Não havia até então uma regulamentação segura que definisse de forma objetiva sobre qual seria o limite legal da responsabilidade do sócio retirante em relação aos débitos trabalhista da empresa quando os bens da sociedade e dos próprios sócios fossem insuficientes para quitar débitos para com o empregado. 

 
Como dito linhas atrás, com a vigência da Lei 13.467/2017 (Reforma Trabalhista), o sócio retirante responde subsidiariamente pelas obrigações trabalhistas da sociedade relativas ao período em que figurou como sócio, somente em ações ajuizadas até dois anos depois de averbada a modificação do contrato na Junta Comercial, observada a seguinte ordem de preferência: (a) a empresa devedora; (b) os sócios atuais; e (c) os sócios retirantes, exceto quando o sócio agir com fraude na alteração societária, momento em que responderá solidariamente pelas obrigações.
 
Dito de outro modo, agora, com a nova legislação laboral, o sócio que se retira de uma sociedade empresário responderá pelas obrigações trabalhistas dos seus ex-empregados até o limite de 2 () anos da averbação da modificação no contrato social. Mesmo assim dita responsabilidade é subsidiária, ou seja, compete ao credor tentar por todos os meios possíveis receber seu débito da empresa, após dos sócios atuais para, somente depois de esgotadas tais possibilidades, buscar a responsabilização do sócio retirante.
 
Obviamente que a alteração do contrato social com o objetivo de fraudar direitos trabalhistas é nula de pleno direito e importa na responsabilização solidária do ex-cotista, não se aplicando a ele o beneficio legal da responsabilidade subsidiária.

Por Thiago Andrade  

Avalie este item
(0 votos)
Clínica Reabilitar realiza atividades gratuitas para suas clientes no Dia Internacional da Mulher

Deste março de 2014, a Clínica Reabilitar vem inovando, após a reinauguração várias ações foram promovidas pela Reabilitar e novos serviços foram integrados, sendo oferecidos a população de Itamarandiba e região.

Durante todo o dia desta sexta-feira, 08 de março, a Clinica Reabilitar realizou diversas atividades em alusão ao Dia Internacional da Mulher.

Na oportunidade contou com a parceria com as Farmácias Indiana. Houve ainda hidratação, escova, massagem, pilem, aula funcional gratuito para os clientes, além de um delicioso coffee break.

Não deixe de conhecer as instalações da clínica e os serviços prestados, na Rua São Sebastião n° 108, bairro São Sebastião, em Itamarandiba. Ligue hoje mesmo e marque uma visita no telefone: (38) 3521 1576.

Avalie este item
(0 votos)
Polícia Militar e Unilab realizam blitz homenageando as mulheres de Itamarandiba

A Polícia Militar em parceria com o Unilab Laboratório de Itamarandiba entregaram flores em homenagem ao dia da mulher, na manhã desta sexta-feira, no centro de Itamarandiba. Juntamente um folheto com desconto especial para exames de rotina, além de esclarecimento sobre a importância da prevenção para a saúde da mulher.

Os organizadores da blitz, Gleide do Unilab Laboratório e o SGT Alcântara da Polícia Militar, disseram que o dia 8 de março sirva para valorizamos e darmos mais espaço as ações voltadas para as mulheres. Que seja um dia de reflexão para juntos construirmos um ambiente mais saudável onde todos somos iguais.

 

 

Avalie este item
(0 votos)
Abertas as inscrições para o programa de estágio da Aperam BioEnergia

A empresa Aperam BioEnergia,  especializada na produção e comercialização de carvão vegetal, madeira, mudas e sementes, a partir de florestas renováveis de eucalipto, está com seu processo seletivo de estágio aberto. São vagas para as cidade de Capelinha e Itamarandiba , na região do Jequitinhonha e as inscrições podem ser feitas até dia 28/02. O processo será feito pelo Sistema FIEMG por meio do IEL, que há mais de 40 anos seleciona e insere estagiários em indústrias de todo o estado.  

O estágio terá a duração de 6 meses e podem participar da seleção estudantes dos cursos de Engenharias (Florestal, Agrônoma, Produção, Mecânica, Elétrica, Civil, Ambiental e Eletromêcanica); Administração; Psicologia e Recursos Humanos. É preciso que os estudantes estejam cursando os dois últimos anos do curso. 

As inscrições devem ser feitas pelo site https://www7.fiemg.com.br/iel/Noticias/Detalhe/abertas-as-inscricoes-para-o-programa-de-estagio-da-aperam- até o dia 28 de fevereiro.

Pagina 1 de 103

 

{{galo}} {{face}} {{zero}}
HomeNotícias da Região