Imprimir esta página

Espaço Saber: Matemática com professor Geraldo Prado

Mar 06, 2018 Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

“As crianças nascem gostando de Matemática!

Os professores é que se encarregam de acabar com isto!”

 

Não...não fui eu quem disse isto!

Mas eu...quem?

 

Que falta de educação a minha!

Deixe eu me apresentar: Professor Geraldo Prado!

Professor de Matemática!

Mas depois eu falo mais sobre isto...por hora quero entender porque o Marcelo Viana, diretor do Impa (Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada), se saiu com essa, em entrevista à Folha de São Paulo em 2016.

Ele falou rindo...mas falou sério!

E eu (por motivos óbvios!) sou parte interessada nesta conversa!

Muita gente com quem convivo, principalmente estudantes de Ensino Médio, Cursinho ou do Ensino Superior, acredita fielmente que “saber matemática” é o mesmo que “saber de cor” quanto é a raiz quadrada de 2025 ou qualquer outra operação matemática.

Tudo bem!

Concordo que é útil saber algumas coisas de cor!

Por exemplo: saber quanto é 5 vezes 3, ou até alguma coisa mais “complicada” como por exemplo, que (a+b)2 é “o quadrado do primeiro, mais duas vezes o primeiro pelo segundo, mais o quadrado do segundo”...até que vai! Mas daí a ter que decorar cos (A – B)...

Se você alguma vez na vida já estudou Trigonometria e não se recorda disto; não se preocupe!

Você só esqueceu um detalhe que provavelmente não valia à pena decorar!

 

Para entendermos Matemática, precisamos nos esforçar para aprender como os objetos da matemática funcionam e como usá-los na resolução de problemas. Assim como advogados entendem como é o processo legal sem ter que decorar o Vade-mécum. O que decorarem com a prática, tá decorado...o que não decorarem, consultam! Nos livros, nos documentos...na internet!

 

E é agora que a fala do Marcelo faz sentido!

 

Se um professor inclui nas provas, perguntas que só podem ser respondidas com decoreba, então o estudante não tem outra escolha senão decorar o que o professor exige na prova.

Mas se este mesmo professor pode tentar em sua prova imitar as circunstâncias da vida real. E na vida real, para resolver problemas, consultamos dicionários, calculadoras, internet, amigos, colegas...porque mais importante que saber, é saber o telefone de quem sabe!

____________________________

 

Agora sim!

Vamos falar de mim!

Sou Professor de Matemática e Física, com quase duas décadas de sala de aula; discutindo números e equações com estudantes do ensino médio, de cursinhos pré-ENEM e universitários; na grande maioria, estudantes em Diamantina!

Por concordar com o Marcelo e gostar muito de Itamarandiba, que há 12 anos me acolheu, decidi ousar em uma proposta inovadora: um espaço dedicado ao ensino, aprendizagem e acompanhamento nas disciplinas de Matemática e Física. O ESPAÇO SABER foi pensado, planejado e organizado para ser aconchegante, instigante e motivador para o estudante destas exatas. O atendimento é personalizado, podendo ser individualizado ou em turma pequena, para alunos do FUNDAMENTAL 2, ENSINO MÉDIO ou SUPERIOR.

 

 

A gama de serviços será ampla:

* Oferecer acompanhamento pedagógico para alunos com deficiências nas disciplinas de Matemática e Física.

* Apoio em tarefas escolares nas referidas disciplinas.

* Apoio e acompanhamento para alunos de graduação, em disciplinas ligadas às exatas.

 * Cursos preparatórios rápidos para concursos.

* Intensivo de Matemática e Física para o ENEM, e outros vestibulares.

* Acompanhamento e treinamento de alunos para a OBMEP- Olimpíada Brasileira de Matemática.

* Oficinas e Palestras com temas ligados às exatas, Matemática e Física.

 

 

 

O endereço?

Sim!

Rua Aluízio Andrade Câmara, 168.

SALA 08

EDIFÍCIO ROCHA MOURÃO

Centro

Itamarandiba-MG

Sinta-se à vontade para uma visita e/ou contato pelo whatsapp (38) 9 9125 1403

_____________________________________________

 

E antes que me esqueça:

Raiz quadrada de 2025 é 45.

cos (A – B) = cos A . cos B – sen A . sen B e

“VadeMécum” é uma denominação para qualquer livro de referência de uso muito frequente e que instrui o leitor a fazer determinadas tarefas. A palavra origina-se numa expressão latina que significa “vem comigo” ou “vai comigo”, onde vade é “vai” em português, e mecum significa “comigo”. Em Direito refere-se a um compêndio das obras básicas para serem consultadas facilmente.

 

Até breve!

Redação

O Vale Hoje - A mesma qualidade para diversas realidades!

Website.: www.ovalehoje.com.br E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Mais recentes de Redação