Educação
Avalie este item
(0 votos)
Torneio Fair Play reúne alunos da zona rural de Itamarandiba e é sucesso em organização e competitividade

Teve fim no ultimo sábado, o primeiro “Torneio Fair Play”, que foi realizado em dois sábados distintos 10/06 e 21/10 realizados na cidade de Itamarandiba.

O torneio veio como uma forma de incentivar os alunos oriundos do campo na prática de esportes como o futsal e o vôlei, já que o campo carece de infraestrutura para a prática de esportes, e quando quadras são encontradas, não estão em um estado de conservação adequado para a prática dos mesmos. Somando a isso, grande maioria destes alunos precisam ajudar seus familiares com a atividade do dia a dia do campo e acabam tendo menos tempo para dedicar aos esportes.

Somando-se a esses fatores, há o fato da disputa dos Jogos Escolares de Minas Gerais – JEMG, e que o mesmo acaba causando um sentimento de inferioridade em grande parte dos alunos, já que, comparados aos alunos do meio urbano, possuem menos tempo para poder treinar e isso afeta diretamente em seu desempenho na competição.

Pensando nisso, as diretorias das escolas do campo de Itamarandiba se uniram e decidiram criar o “Torneio Fair Play”, que contou com a participação das seguintes escolas: Centro Estadual de Educação Continuada – CESEC de Itamarandiba; E.E. Alfredo Rabelo – Distrito de Santa Luzia de Minas; E.E. Betina Gomes – Distrito de Contrato; E.E. Maria Raimunda Andrade Neves – Distrito de Santa Joana; E.E. Mestra Bezinha Gandra – Sede do Municipio; E.E. Padre João Afonso – Distrito de Padre João Afonso; E.E. Professor Campos - Distrito de Penha de França.

O torneio foi realizado na E. E. Mestra Bezinha Gandra e contou com as modalidades de Futsal Masculino (módulos I. II e III) e futsal feminino e foi um sucesso.

 

Avalie este item
(0 votos)
Entre os dias 24 A 27 de outubro, pais deverão fazer um cadastro para INSCRIÇÃO COM A INTENÇÃO DE ESCOLHA DE VAGA NAS ESCOLAS para o ano de 2018

...

Veja a baixo o comunicado emitido pela Comissão de Cadastro Escolar do Município de Itamarandiba, referente ao cadastramento para o ano letivo de 2018.

 

COMUNICADO

 

SENHORES PAIS E OU RESPONSÁVEIS,

COMUNICAMOS QUE ESTARÁ SENDO REALIZADO NO PERÍODO DE 24 A 27/10/2017 ATÉ ÀS 17:00 HS A INSCRIÇÃO COM A INTENÇÃO DE ESCOLHA DE VAGA NAS ESCOLAS QUE SEU FILHO(A) ESTUDA.

ESTA INSCRIÇÃO É SOMENTE PARA OS ALUNOS CONCLUINTES DO 2º PERÍODO DA EDUCAÇÃO INFANTIL, 5° ANO E 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL.

DEVERÃO TAMBÉM FAZER ESTA INSCRIÇÃO OS PAIS DOS ALUNOS DAS ESCOLAS PARTICULARES CASO TENHAM INTERESSE EM COLOCAR SEU FILHO NA ESCOLA PÚBLICA.

 

ITAMARANDIBA, 21 DE OUTUBRO DE 2017 

Avalie este item
(0 votos)
Aluno Daniel de Azevedo da comunidade de Mandingueiro recebe homenagem pelo brilhante desempenho no JEMG

O aluno Daniel de Azevedo venceu quatro partidas e perdeu apenas uma, na etapa microrregional sendo justamente para o campeão de seu módulo. Com o ótimo desempenho alcançado na competição acabou conquistando à medalha de bronze e consequentemente a classificação para a etapa estadual do JEMG/2017, que foi realizada na cidade de Uberaba, no Triângulo Mineiro.

Após a participação na Etapa Estadual, o gerente de esporte, Vinicius Lima esteve na comunidade do Mandingueiro, em nome do Prefeito Luiz Fernando, homenageando o aluno-atleta, Daniel de Azevedo Cordeiro, pelo seu belo desempenho na Etapa Estadual do JEMG 2017 na cidade de Pirapora MG na modalidade de Xadrez.

Avalie este item
(0 votos)
Aperam BioEnergia oferta curso de formação para jovens de Itamarandiba

Mais 20 estudantes de Itamarandiba começaram a trilhar o caminho do sucesso com o início das aulas do curso de Aprendizagem Industrial em Manutenção de Máquinas Florestais pelo programa Jovem Aprendiz. Com início neste mês, a quarta turma do curso promovido pela Aperam BioEnergia conta com a parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg).

Realizado desde 2014 na Empresa, o programa Jovem Aprendiz oferta mão de obra capacitada ao mercado de trabalho, contribuindo para o desenvolvimento econômico da região do Vale do Jequitinhonha. Com os formandos deste ano, 98 estudantes tiveram a oportunidade de obter a formação profissional. A Aperam BioEnergia já investiu cerca de R$ 1 milhão, desde a primeira edição do programa Jovem Aprendiz.

O diferencial do curso de Aprendizagem Industrial em Manutenção de Máquinas Florestais é a modalidade dual, com teoria e prática na área de mecânica da Aperam BioEnergia. A experiência teórico-prática possibilita que os jovens cheguem ao mercado de trabalho preparados para executar as atividades da profissão. A Empresa já admitiu cinco profissionais que passaram pelo programa Jovem Aprendiz e, hoje, atuam na área de manutenção mecânica.

“O mercado de trabalho busca constantemente por profissionais qualificados e com experiência. Os estudantes que passam pelo programa Jovem Aprendiz têm um futuro promissor, pois são profissionais que aprendem a teoria e colocam os conhecimentos adquiridos em prática em uma empresa referência no mercado florestal”, ressaltou a gerente de Recursos Humanos da Aperam BioEnergia, Michele Rosa.

Vivian de Lurdes Mourão, de 20 anos, ingressou na turma de 2017 do Jovem Aprendiz e aguarda com ansiedade o momento de vivenciar a parte prática do curso dentro da Aperam BioEnergia. “Acredito que o conhecimento e a experiência profissional que estou recebendo vão ampliar meus horizontes. Em Itamarandiba, as oportunidades no mercado de trabalho, infelizmente, são reduzidas. Por isso, é um sonho poder trabalhar na Aperam BioEnergia ou em outra grande empresa e poder fazer uma faculdade de Engenharia”, conta a estudante.

Formação profissional

Além dos estudantes que cursam Aprendizagem Industrial em Manutenção de Máquinas Florestaisna Aperam BioEnergia, outros jovens têm a oportunidade de estudar e obter uma profissão no Senaide Turmalina, com o custeio da Empresa. Os cursos ofertados na unidade são de Marcenaria, Corte eCostura, Instalação Elétrica e Técnico em Segurança. 

Avalie este item
(0 votos)
Aperam BioEnergia: Representantes da E. E. Mestre João Silvério conhecem várias etapas do processo sustentável de produção do carvão vegetal

No último sábado (16/09), a Aperam BioEnergia abriu as portas para o corpo técnico da Escola Estadual Mestre João Silvério, de Itamarandiba. O grupo acompanhou várias etapas dos processos sustentáveis de produção de carvão vegetal. A iniciativa faz parte do “Conhecendo a Aperam BioEnergia”, projeto criado para fortalecer o diálogo da Empresa com diversos setores da comunidade.

A comitiva, recepcionada pelo gerente Raimundo Lima e pela analista técnico Fernanda Correia da área de Relações com as Comunidades da Aperam BioEnergia, visitou diversos setores da Empresa e entendeu melhor o conceito do Aço Verde. “É a qualidade do aço produzido com o carvão vegetal fabricado a partir das nossas florestas renováveis de eucalipto, sem emissão de poluentes e respeitando uma série de preceitos ligados à sustentabilidade”, destaca o gerente Raimundo Lima.

A visita do corpo técnico da Escola Estadual Mestre João Silvério contou com 20 representantes da instituição. Logo no início da manhã, o grupo acompanhou uma apresentação sobre o Aço Verde e recebeu orientações sobre segurança. A programação incluiu visitas à área técnica do Melhoramento Genético, viveiro de mudas, laboratório entomológico (controle biológico de pragas), Processo de Colheita Florestal, reserva e represa nas proximidades da Associação Amar e Renascer (Aamar), entidade que funciona em áreas cedidas pela Aperam BioEnergia, em regime de comodato. O grupo também conheceu a Fazenda Aamar e a Unidade de Produção de São Bento.

Momento ímpar

Para a supervisora pedagógica Flávia Fernanda Onésimo Oliveira, “a visita às dependências internas da Empresa foi um momento ímpar” para os servidores da Escola Estadual Mestre João Silvério. “Tivemos a oportunidade de conhecer a dimensão da Empresa em nossa região, bem como de conhecer todo o processo da produção do seu carvão vegetal e o alto desenvolvimento tecnológico utilizado”, revela Flávia.

A supervisora também ressalta que o evento garantiu a interação e aprendizado. “Muitas informações foram repassadas por profissionais bem capacitados, que puderam esclarecer o que hoje a Aperam BioEnergia desenvolve dentro da sua especialidade. Foi um sábado proveitoso e descontraído. Parabenizamos a Empresa pela brilhante iniciativa e cordial receptividade em todas as atividades desenvolvidas”, conclui Flávia.

 

Avalie este item
(0 votos)
Aperam BioEnergia e Sebrae, levam palestra do professor Pachecão para mais de 2 mil pessoas do Vale do Jequitinhonha durante “Encontro com Educadores”

A relação ensino-aprendizagem, aliada à física e à cultura empreendedora, foi amplamente discutida durante o “Encontro com Educadores”, promovido pela Aperam BioEnergia e Fundação Aperam Acesita, em parceria com o Sebrae Minas. Na última semana, entre 11 a 14/09, o encontro itinerante reuniu mais de 2 mil educadores nos municípios de Itamarandiba, Minas Novas, Capelinha e Turmalina, que também contou com professores de Veredinha.

A principal atração do “Encontro com Educadores” foi a palestra do professor Pachecão, que com irreverência e criatividade, abordou o tema "Empreendedorismo é física pura". Nos quatro dias de evento, o precursor do estilo “aula show” detalhou em sua palestra motivacional as suas estratégias de empreendedorismo desenvolvidas a partir das leis da física e da natureza. A importância de criar ambientes favoráveis para incentivar a mudança de comportamento e estimular a criatividade como fatores fundamentais para realizar sonhos também foram abordagens da palestra.

Para a professora Juliana Rabelo, que atua em quatro escolas das redes estadual e particular de Itamarandiba, a palestra do professor Pachecão ampliou sua visão acerca da cultura empreendedora. “Foi uma grande oportunidade participar da palestra do Pachecão. Ele destacou a importância do amor próprio na vida do professor e, principalmente, as diversas formas de ensinar o mesmo conteúdo. Desde segunda-feira, dia que participei do ‘Encontro’, passei a trabalhar o conteúdo de forma dinâmica e o resultado foi imediato, meus alunos participaram mais das minhas aulas”, comentou.

Na avaliação do analista técnico do Sebrae Minas, representante da Microrregião Chapada de Minas, Julian Rodrigues, a principal lição trazida pela palestra do professor Pachecão é de que o educador também pode empreender. “A temática do empreendedorismo, de maneira geral, não está entre as capacitações voltadas para os educadores. No entanto, o nosso objetivo é sensibilizar os professores do Vale do Jequitinhonha sobre a importância de se ter uma visão minimamente empreendedora em sala de aula”, ressaltou Julian.

Raimundo Lima, gestor de Relações com as Comunidades da Aperam BioEnergia, por sua vez, reforçou a importância de iniciativas como o “Encontro com Educadores”. “O desenvolvimento das comunidades do Vale do Jequitinhonha é uma das prioridades da Aperam BioEnergia e Fundação Aperam Acesita. Por isso, realizar capacitações para educadores como forma de incentivar a cultura do empreendedorismo na rotina escolar dos estudantes é uma estratégia que vai ao encontro das necessidades das comunidades do nosso entorno, visando criar oportunidades para geração de renda dos moradores”, enfatizou o gestor.

Apoio

Para realizar o Encontro com Educadores, a Aperam BioEnergia, a Fundação Aperam Acesita e o Sebrae Minas, contaram com o apoio dos parceiros Superintendência Regional de Ensino de Diamantina e das prefeituras de Capelinha, Itamarandiba, Minas Novas, Veredinha e Turmalina.

 

{{galo}} {{face}} {{zero}}
HomeEducação