Polícia Militar de Carbonita, em operação conjunta com a PM de Itamarandiba, realiza prisão de suspeitos de homicídio, tráfico de drogas e tentativa de invadir o quartel

Nov 13, 2018 Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

A Polícia Militar de Carbonita juntamente com os militares de Itamarandiba realizaram uma operação na cidade de Carbonita, depois que indivíduo tentou invadir o quartel.

Na data de 10/11/2018 o individuo  J.C.B. aproveitando da ausência dos militares da sede do quartel de Carbonita, devido o atendimento de ocorrência, tentou adentrar o quartel tendo conseguido acesso à garagem do quartel. Porém, pela segurança que possui as dependências ele conseguiu acessar apenas a garagem e foi surpreendido pela guarnição policial que conseguiu persegui-lo e prendê-lo.

Após a prisão o individuo informou aos militares que tentou invadir o quartel a mando de outra pessoa, indivíduo já conhecido no meio policial por envolvimento com o tráfico de drogas.

O homem preso informou ainda que o mandante do crime havia cometido  juntamente com outro menor, o homicídio ocorrido na data de 01/11/2018, no qual foi vítima o cidadão de nome Edson.

De posse de todas essas informações foram acionadas as viaturas de Carbonita e Itamarandiba que montaram uma operação no intuito de prender tais indivíduos. Após diligências e empenho das guarnições foram presos e apreendidos os demais indivíduos participantes dos crimes já citados anteriormente.  Os suspeitos confessaram o homicídio e relataram que a motivação teria sido por questões envolvendo drogas.

Redação

O Vale Hoje - A mesma qualidade para diversas realidades!

Website.: www.ovalehoje.com.br E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

 

{{galo}} {{face}} {{zero}}
HomeCotidianoPolícia Militar de Carbonita, em operação conjunta com a PM de Itamarandiba, realiza prisão de suspeitos de homicídio, tráfico de drogas e tentativa de invadir o quartel