Itamarandiba entra em alerta com aumento dos focos de dengue, agentes de endemias intensificam o trabalho de prevenção

Fev 11, 2019 Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Com a chegada do verão e a volta da época de chuvas, o risco de contágio da dengue retorna à Itamarandiba, devido aos fatores climáticos favoráveis à proliferação do mosquito Aedes aegypti em ambientes quentes e úmidos.  A dengue é uma doença viral transmitida principalmente pela picada da fêmea deste mosquito. Quando infectada, a vítima pode sentir uma série de sintomas como febre, dores de cabeça, tonturas e cansaço.

Apesar de não terem aparecido novos casos confirmados recentemente na comunidade, foi realizado um Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), que é uma metodologia proposta pelo Ministério da Saúde que ajuda a mapear os locais com altos índices de infestação do mosquito Aedes aegypti e, consequentemente, identificar os criadouros predominantes e a situação de infestação do município, permitindo o direcionamento das ações de controle para as áreas mais críticas. 
 
Por meio do levantamento, foi possível  observar que o risco de uma epidemia é alto e de acordo com os resultados, o bairro São Geraldo é o local mais afetado. A maior parte dos focos encontrados são na região intradomiciliar, sendo que os locais que lideram o número de criadouros do Aedes aegypti são ralos e tambores, dentre outros reservatórios (baldes e latões). Também foram encontrados focos nas caixas d’água, piscinas, ralos, vasos sanitários em desuso, bebedouros de animais, vasos de plantas, calhas e lixo.

Os Agentes de Combate a Endemias estão intensificando o trabalho preventivo de combate ao mosquito, visando reduzir ainda mais os casos das doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti em Itamarandiba. Para isso, estão sendo realizadas visitas domiciliares diariamente, orientando todos os moradores em relação aos possíveis focos. 

Diante dessa situação, a Vigilância Ambiental, pede a colaboração de todos para manter a higiene dos locais e evitar a água parada, pois é a melhor forma de prevenção da proliferação do mosquito. 

É fundamental e essencial a participação consciente e diária de toda a população. Já para quem vai viajar e deixar a casa fechada, a orientação é não deixar oportunidade para o vetor se proliferar. Medidas simples podem ser adotadas, como substituir a água dos pratos dos vasos de planta por areia; deixar a caixa d´água tampada; cobrir os grandes reservatórios de água, como as piscinas, e remover do ambiente todo material que possa acumular água (garrafas pet, latas e pneus).

Se trabalharmos juntos, podemos acabar com o mosquito!

 

Redação

O Vale Hoje - A mesma qualidade para diversas realidades!

Website.: www.ovalehoje.com.br E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

 

{{galo}} {{face}} {{zero}}
HomeCotidianoItamarandiba entra em alerta com aumento dos focos de dengue, agentes de endemias intensificam o trabalho de prevenção