Cotidiano
Avalie este item
(0 votos)
Polícia Militar aborda veículo no Centro de Itamarandiba e após denúncias anônimas, apreende revólver cal 38 na casa do motorista

Na noite desta quinta-feira, 21, por volta das 21 horas, durante patrulhamento no Centro de Itamarandiba, militares abordaram um veículo em atitude suspeita. Após revistas foram encontrados um facão, um pino de cocaína e o veículo estava com licenciamento em atraso.

Após denúncias anônimas o motorista de 29 anos foi conduzido até sua residência. Após autorização de sua esposa a entrar na residência, no povoado de córrego fundo, a Polícia Militar encontrou um revólver cal 38 e 05 cartuchos.

O homem suspeito foi levado pela PM e os matérias apreendidos. Participaram da ação o Sgt Alcantara, Sd Cruz, Sd Michael, Sd Fernando e Sd Durães.

Avalie este item
(0 votos)
Polícia Militar de Itamarandiba prende dois homens de 22 e 42 anos, ambos com mandado de prisão em aberto

Na noite desta terça-feira, 19, a Polícia Militar de Itamarandiba, após receber informação sobre mandado de prisão em aberto em desfavor de um homem de 22 anos, passou a patrulhar a cidade no intuito de localiza-lo. Obtendo êxito em aborda-lo na quadra do bairro Bom Jesus e prende-lo.

O homem conta em seu histórico com passagens pela polícia por roubo a mão armada, tráfico de drogas, homicídio tentado, furto, infração de trânsito e direção perigosa. Participaram da ação os policiais Sd Cruz, Sd Durães,  Sd Fernando e Sgt Alcantara.

Já na manhã desta quarta-feira, 20, após receber novas informação sobre foragido da Justiça com mandado de prisão em aberto, localizaram na Rua Julia Goulart, bairro São Geraldo, um homem de 42 anos. O mesmo tinha passagem por porte ilegal de arma de fogo e encontrava-se foragido desde ano de 2014.

Nesta ação participaram os policiais Sd Cruz, Sd Durães,  Sd Fernando,  Sd Da Mata, Sd Michael, Sd Antunes e Sgt Alcantara.

Avalie este item
(0 votos)
Após denuncia, Polícia Ambiental apreende 23 aves em Itamarandiba

Após denúncia anônima, a Polícia Ambiental realizou a apreensão de 23 aves em uma residência na cidade de Itamarandiba, mais precisamente no bairro São Geraldo.

O fato ocorreu no final do mês de janeiro. Na oportunidade foram resgatados pelos policiais aves das espécies pintassilgo, patativo, baiano e fraudinho. O proprietário dos passados não estava no local.

Vale ressaltar que o valor da multa e 500 UFMG por cada ave apreendida, sendo que o papagaio verdadeiro e o periquito são considerados como animais em extinção, assim o valor da multa é de 3000 UFMG. 

Hoje o valor do UFMG, são R$ 3.5932m, além de o autor poder ser preso em caso de flagrante e responder criminalmente pelo crime do ART 29 lei 9605/98. 

Avalie este item
(0 votos)
Polícia Civil incinera 88,5 quilos de maconha em Itamarandiba

A Polícia Civil nesta terça-feira, 12 de fevereiro, em Itamarandiba, incinerou 88,5 quilos de maconha. A droga incinerada foi resultado de ações da Polícia Civil e Militar em repressão ao tráfico de drogas em Itamarandiba e Carbonita, que motivou a prisão e condenação de indivíduos envolvidos com o comércio ilícito de entorpecentes. Entre estas ações destaca-se a Operação Calcário da Morte 2, realizada pela Polícia Civil, responsável pela prisão de 26 traficantes em Itamarandiba, Carbonita e São Paulo no ano de 2016.

Segundo cálculos aproximados, caso os 88,5 quilos de maconha tivessem sido comercializados à usuários, os traficantes poderiam auferir a quantia de R$225.000,00.

A incineração da droga foi determinada pela Justiça Pública da comarca de Itamarandiba, através do juiz Dr.Roger Galino. O evento de incineração foi coordenado pelo Delegado Regional de Polícia Civil de Capelinha Dr. Thiago Rocha Ferreira com apoio dos Investigadores de Polícia Marcorelio Pires da Costa, William Vitor Fernandes Leal, Jonas Emanuel Barbosa dos Santos, Marcos Paulo Duarte, Ana Gabrielle Andrade Santos, Perito Criminal Bruno César Oliveira Ramalho e o Escrivão Chefe de Cartório Fernando Hermes Carneiro, contando também com a presença do Promotor de Justiça da comarca de Itamarandiba Dr. Julio Cesar de Oliveira e de outras testemunhas.

Delegacia Regional de Polícia Civil de Capelinha 

Avalie este item
(0 votos)
Polícia Militar de Itamarandiba apreende drogas próximo ao cemitério no bairro São Geraldo

Após diligências de algumas semanas sobre possíveis locais onde traficantes do bairro São Geraldo, escondem entorpecentes, os quais são comercializados próximos do cemitério no bairro e de posse dessas informações, a Polícia Militar de Itamarandiba iniciou uma operação com as equipes nesta segunda-feira, 11.

Na oportunidade foi realizada uma varreduras em lotes, cemitérios e imóveis abandonados.

Após um bom tempo realizando as buscas, as equipes lograram êxito em localizar vinte buchas de uma substância esverdeada, semelhante à maconha dentro de um lote próximo ao cemitério, seis pinos de plástico rígido, com uma substância branca no seu interior, semelhante à cocaína e onze buchas de uma substância esverdeada, semelhante à maconha dentro do cemitério do bairro São Geraldo.

Participaram da ação Tem Caldeira, Sd Fernando, Sd Durães, Sgt Luiz Campos, Sd Silveira, Sd Veríssimo e Sd Siste. 

 

Avalie este item
(0 votos)
Itamarandiba entra em alerta com aumento dos focos de dengue, agentes de endemias intensificam o trabalho de prevenção

Com a chegada do verão e a volta da época de chuvas, o risco de contágio da dengue retorna à Itamarandiba, devido aos fatores climáticos favoráveis à proliferação do mosquito Aedes aegypti em ambientes quentes e úmidos.  A dengue é uma doença viral transmitida principalmente pela picada da fêmea deste mosquito. Quando infectada, a vítima pode sentir uma série de sintomas como febre, dores de cabeça, tonturas e cansaço.

Apesar de não terem aparecido novos casos confirmados recentemente na comunidade, foi realizado um Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), que é uma metodologia proposta pelo Ministério da Saúde que ajuda a mapear os locais com altos índices de infestação do mosquito Aedes aegypti e, consequentemente, identificar os criadouros predominantes e a situação de infestação do município, permitindo o direcionamento das ações de controle para as áreas mais críticas. 
 
Por meio do levantamento, foi possível  observar que o risco de uma epidemia é alto e de acordo com os resultados, o bairro São Geraldo é o local mais afetado. A maior parte dos focos encontrados são na região intradomiciliar, sendo que os locais que lideram o número de criadouros do Aedes aegypti são ralos e tambores, dentre outros reservatórios (baldes e latões). Também foram encontrados focos nas caixas d’água, piscinas, ralos, vasos sanitários em desuso, bebedouros de animais, vasos de plantas, calhas e lixo.

Os Agentes de Combate a Endemias estão intensificando o trabalho preventivo de combate ao mosquito, visando reduzir ainda mais os casos das doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti em Itamarandiba. Para isso, estão sendo realizadas visitas domiciliares diariamente, orientando todos os moradores em relação aos possíveis focos. 

Diante dessa situação, a Vigilância Ambiental, pede a colaboração de todos para manter a higiene dos locais e evitar a água parada, pois é a melhor forma de prevenção da proliferação do mosquito. 

É fundamental e essencial a participação consciente e diária de toda a população. Já para quem vai viajar e deixar a casa fechada, a orientação é não deixar oportunidade para o vetor se proliferar. Medidas simples podem ser adotadas, como substituir a água dos pratos dos vasos de planta por areia; deixar a caixa d´água tampada; cobrir os grandes reservatórios de água, como as piscinas, e remover do ambiente todo material que possa acumular água (garrafas pet, latas e pneus).

Se trabalharmos juntos, podemos acabar com o mosquito!

 

 

{{galo}} {{face}} {{zero}}
HomeCotidiano