Cotidiano
Avalie este item
(0 votos)
Polícia Militar apreende armas de fogo, usada em tentativa de homicídio em Itamarandiba

No dia 10 de Janeiro, a equipe da PM de Itamarandiba, durante a realização de batida policial, os militares receberam informações de que o autor L.I.F., estaria transitando no distrito de Santa Luzia, zona rural de Itamarandiba, portando arma de fogo.

Diante das informações a equipe Policial deslocou para a referida comunidade rural, local onde efetuou a prisão do autor por este estar portanto duas armas de fogo, sendo uma garrucha de fabricação artesanal (polveira) e um arma de fogo tipo "canhão" também de fabricação artesanal de cal .28, sendo estas duas armas feitas por ele próprio.

Vale ressaltar que segundo a polícia a garrucha apreendida foi utilizada pelo autor em duas tentativas de homicídio no dia 31/12/2017 em Itamarandiba.

Foram apreendidas 01 garrucha fabricação artesanal, 01 canhão fabricação artesanal, 01 espoleta, 01 cartucho .28 e 01 vareta, usada para fazer o carregamento da garrucha. Participaram da operação Sgt Luiz Campos, SD Barbosa, SD Fonseca e SD Fernando. 

Avalie este item
(0 votos)
Animal na pista: Acidente causa a morte de uma vaca na MGC-451 entre Carbonita e Itamarandiba, motorista e passageiro foram hospitalizados

Mais um acidente envolvendo animal na pista foi regirado pela polícia. O fato ocorreu na noite deste domingo, 07 de janeiro, na MGC-451, rodovia que liga Carbonita a Itamarandiba.

Por volta das 20 horas à polícia foi acionada, segundo informações, teria ocorrido um acidente de transito e com vitima não fatal. Ao chegar no local, a PM deparou com o veiculo Fiat/Strada, cor prata, na pista no sentido Carbonita/Itamarandiba, havia também um animal bovino, vaca, ao lado da pista, tal animal estava morto devido a colisão frontal com o veiculo.

As vitimas, um homem de 60 anos e uma mulher de 57 anos, ambos casados, tinham sido socorridas por pessoas que passavam pelo local na hora do acidente e encaminhadas ao Hospital de plantão. Segundo informações as vítimas se encontram internadas e passam bem.

Avalie este item
(0 votos)
Veja as duas versões do fato ocorrido no Centro de Itamarandiba ontem, envolvendo a PM e um cidadão Itamarandibano

Uma situação ocorrida ontem, 02 de janeiro de 2018, na Rua Tiradentes, Centro de Itamarandiba, chamou a atenção de todos no município. Com a imparcialidade de sempre, o site Itamarandiba Hoje apresenta a todos as duas versões dos fatos, sendo uma nota de esclarecimentos redigida pelo envolvido, Sr. Sebastião Oliveira, além do Boletim de Ocorrência, em sua íntegra, fornecido pela Polícia Militar de Itamarandiba.

 

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO – TIÃOZINHO DA MARILAC

Eu, Sebastião de Oliveira, popularmente conhecido como Tiãozinho de Marilac, 63 anos de idade, pai de 9 filhos, avô e bisavô, evangélico, trabalhador, caminhoneiro, empresário gerador de empregos e renda para a cidade e ex vereador por 4 mandatos, venho divulgar a seguinte nota de esclarecimentos sobre os lamentáveis fatos ocorridos na data de ontem. Como todo cidadão honrado de Itamarandiba, ontem precisei comparecer ao Banco Sicoob da Rua Tiradentes, para fins de efetuar um depósito para cobrir um cheque e demais compromissos (ex. pagamento de salários de empregados). Assim, me dirigi ao citado banco, onde estacionei nas proximidades, juntamente com a esposa e duas filhas pequenas (1 e 3 anos). Chegando lá, deixei a minha esposa e filhas no carro, com a chave no porta-trecos, para rapidamente efetuar o depósito e ir para a lida diária no "mato". Ocorre que, por conta própria e sem autorização, minha esposa resolveu puxar o carro para próximo ao supermercado Macol (antes da placa de estacionamento para deficientes), sendo imediatamente abordada pelos policiais militares, com palavras chulas como, por exemplo, "que ela levou ferro", etc. Logo em seguida, os militares determinaram que ela me chamasse na fila do banco, o que atendi prontamente, pois, como é sabido, nunca me ativei em atividades consideradas ilícitas/imorais, sou pessoa cumpridora dos meus deveres, sempre baseado na ética divina e na moral. Chegando na porta da Macol, fui surpreendido pelo Sargento Luiz e pelo Soldado Fernando, ambos jovens, considerando-se que sou pessoa idosa, os quais me deram voz de prisão sob argumento de eu ter entregado a chave do carro para pessoa inabilitada. Ora, primeiro, não entreguei a chave para minha esposa (carona) dirigir, não permiti que ela retirasse o carro do local (adequado - o veículo sequer foi multado por causa de estacionamento irregular), pelo que considerei a voz de prisão totalmente injusta, desproporcional, desrespeitosa e imoral, eivada de abuso de autoridade e de excessos. Fui agredido por dois jovens policiais, pisado, socado, jogado no compartimento de preso, humilhado e constrangido em praça pública, além de ficar 7 horas algemado na viatura, hospital, clínica e delegacia, o que é inaceitável nos dias atuais, já que a ditadura já findou-se há anos! Diante dos lamentáveis e abomináveis fatos perpetrados pelos policiais, não vou me amedrontar, não vou me calar, não vou aceitar a injusta agressão, pois você, cidadã e cidadão itamarandibano, pode ser a próxima vítima. Vou levar até às últimas consequências, tais como lavrar um boletim de ocorrências, acionar os policiais na corregedoria da PM, além de processá-los nas esferas cível, penal e administrativa, para que o que ocorreu comigo ontem não ocorra com você amanhã. Obrigado, Deus lhes pague pela força e apoio a mim conferidos neste momento difícil em minha vida. Abraços a todos, Tiãozinho da Marilac.

 

BOLETIM DE OCORRÊNCIA – POLÍCIA MILITAR DE ITAMARANDIBA

Após abordar a condutora Alcione que estava conduzindo o veículo retro qualificado após estar parado/estacionado, a equipe constatou que a mesma era inabilitada e que seu marido (Sebastião) havia deixado o veículo estacionado naquele local e a mesma achou que estava na vaga de deficiente, motivo pelo qual ela estava retirando o veículo.

A equipe deu um tempo hábil para a mesma providenciar a presença do proprietário do veículo (Sebastião) para que fosse tomadas as providências pertinentes sobre o fato. Após alguns instantes, o proprietário Sebastião compareceu no local e relatou que havia estacionado naquele lugar e deixou sua esposa Alcione dentro do automóvel para que ele fosse ao banco depositar um cheque, que era para PM deixar de tomar providência que ele era "pessoa de bem, ex vereador".

Diante dos fatos o sargento Luiz Campos deu voz de prisão por entregar/permitir posse/condução a pessoa inabilitada. Posteriormente o sargento Luiz campos pediu para que o autor Sebastião entrasse na viatura , o qual negou a ordem legal, começou a ficar agressivo e disse que "vocês são safados, vão prender bandidos".

Nesse instante, após o sargento Luiz dá novamente a ordem para ser algemado, o autor novamente negou em tom agressivo. A equipe usou de técnicas de imobilização para algemar o autor. Durante a tentativa da algemação, o autor Sebastião começou a golpear os militares com chutes e socos em que a equipe usou da proporcionalidade através de chutes e socos para conter o autor e algemá-lo. Após a algemação,  o soldado Fernando constatou que foi ferido em algumas partes do corpo pelos golpes que o autor Sebastião desferiu contra o militar, conforme prontuário médico, além disso o militar no momento da imobilização perdeu a tarjeta do colete.

O militar foi assistido ao médico de plantão, conforme prontuário 4453712, bem como o autor Sebastião foi assistido pelo médico de plantão, conforme prontuário 2296298, os quais seguem em anexo a este reds.

O autor foi dada voz de prisão além do crime supracitado, mais também por resistência, desacato, lesão corporal, vias de fato contra contra PMs.

Avalie este item
(0 votos)
Polícia encontra ladrões escondidos em cisterna de banco em Várzea Alegre, Ceará, e evita roubo que aconteceria após o Réveillon, um dos homens é natural de Itamarandiba

A Polícia Militar do Ceará realizou a prisão de dois homens que iriam furtar uma agência do Bradesco, na madrugada desta segunda-feira (1°), em Várzea Alegre, a 434 km de Fortaleza.

A Polícia Militar foi informada pelo operador de videomonitoramento do banco de que dois homens estavam tentando violar o cofre da agência. Então viaturas isolaram o perímetro, enquanto PMs entraram na agência.

Gilson Alves, natural de Itamarandiba-MG, e Antônio Augusto, de Nova Olinda-CE, ambos residentes em São Paulo, foram presos dentro da cisterna do Banco do Brasil, que fica vizinho ao Bradesco.

Com os homens, foram apreendidos dois revólveres calibre 38, dois coletes balísticos e uma mochila com ferramentas. Houve também a apreensão de um veículo F-1000, que iria servir para fuga. O veículo estava reforçado com chapas de aço na cabine. Os suspeitos foram conduzidos para a delegacia regional de Iguatu.

Fonte: tribunadoceara 

Avalie este item
(0 votos)
AMBJE decide, em reunião extraordinária, ajuizar Ação Civil Pública contra a COPASA

A AMBJE – Associação dos Moradores do Bairro Bom Jesus - tem recebido diversas reclamações dos moradores relatando a má qualidade da água que tem chegado em suas residências, serviço este prestado pela COPASA - Companhia de Saneamento de Minas Gerais.

A água tem apresentado uma aparência amarronzada/turva desde que se iniciou as primeiras chuvas, no começo de Novembro/2017.  Os moradores do Bairro Bom Jesus têm relatado problemas de saúde como: Dores intestinais, dores de cabeça, vômitos, diarréias, dentre outros. 

A AMBJE, atuando dentro do seu papel de defender os interesses da coletividade, especialmente dos moradores do Bairro Bom Jesus, decidiu, em assembleia extraordinária, ontem, dia 28 de dezembro, propor Ação Civil Pública em desfavor da COPASA. O presidente da AMBEJ, Sr. Paulo Afonso Silva, enfatizou o péssimo serviço que vem sendo oferecido a sociedade de Itamarandiba-MG, sobretudo na má qualidade da água. Outrossim, fortaleceu que além desse problema que emergiu, tem-se outro que agrava, ainda mais, a situação, qual seja: o da coleta do esgoto e sua ausência de tratamento impactando diretamente no meio ambiente. Foi aprovado, por unanimidade, na reunião, a decisão pelo o ajuizamento de Ação Civil Pública contra a COPASA , que deverá ser protocolada ainda hoje pelo advogado contratado Dr. Lucas Pietro Alves. 

Ainda segundo o presidente, a AMBEJ pretende ajuizar outra ação para tratar da prestação de serviço com o município no que tange o tratamento do esgoto. Por fim relatou que o clamor da população não está restrito somente ao Bairro Bom Jesus, mas sim toda a cidade de Itamarandiba-MG e que, portanto, a judicialização do caso seria extrema importância para salvaguardar os interesses da população, pois somente as reclamações nas redes sociais são insuficientes para solucionar o problema.

Avalie este item
(0 votos)
Itacred sofre assalto, Polícia Militar prende autor e recupera R$1.897,00 reais, mas comparsa que estava no indulto natalino ainda se encontra foragido

Na manhã de hoje, 28 de dezembro, por volta das 10h00, um homem efetuou assalto na Itacred e fugiu em seguida, sendo ajudado por outro comparsa. Imediatamente, a Polícia Militar de Itamarandiba se mobilizou com a participação de vários policiais que estavam de folga e foram iniciadas as buscas em mata fechada, próximo ao bairro Fazendinha.

Após longa procura em local de vegetação abundante e altas temperaturas, os policiais conseguiram localizar e prender um dos assaltantes e recuperaram R$1.897,00 reais em dinheiro.

O outro assaltante, que estava armado e possui diversas passagens por onze crimes diferentes, continua foragido. Importante mencionar que este obteve saída temporária da penitenciária de Teófilo Otoni em 22/12 por indulto natalino, e deveria retornar hoje 28/12 - data que efetuou o assalto.

Os dois autores são maiores e são naturais de Itamarandiba. O homem localizado na mata foi encaminhado para a Delegacia e os valores foram restituídos aos proprietários da Itacred. Participaram da ação sargento Alcântara, sargento Edson, soldado Tadeu, soldado Augusto, soldado Antunes, soldado Maia e soldado Da Mata.

 

{{galo}} {{face}} {{zero}}
HomeCotidiano